Ir para o conteúdo

Alinesau

Voltar a Blog
Tela cheia

O perigo do açúcar

27 de Julho de 2016, 6:56 , por Aline Saudanha - | No one following this article yet.
Visualizado 138 vezes
Licenciado sob CC (by-nd)

Viciados em açúcar! Você já percebeu como tem pessoas que tem verdadeira neura por alimentos ultra-açucarados? É tanto vicio que até mesmo a ciência já mostrou que o seu vicio pode ser equiparado ao vicio que drogas como maconha e cocaína.

O açúcar se tornou o grande vilão contra o emagrecimento e a boa saúde. Seu consumo exagerado é sem dúvida o caminho mais rápido para atingir a obesidade. Hoje ele é carinhosamente apelidado de “perigo branco”.

 

Doce é o nosso primeiro sabor

O doce é o sabor mais fácil de ser identificado pelas pessoas e sem dúvida é o primeiro sabor a ser inserido ao recém-nascido através do leite materno. O doce é o sabor mais antigo e as crianças acabam gostando pelo fato de ser mais agradável ao paladar.

 

O grande problema do açúcar

O excesso de açúcar é um grande fator a obesidade porque o açúcar não tem nenhum valor nutritivo, e, portanto considera ele apenas calorias. Os cientistas classificam o açúcar como “caloria vazia”. Outro agravante são inúmeros problemas de saúde e de pele (botox instantâneo).

O açúcar é carboidrato e como tal, aumenta a produção de glicose pelo corpo, que é a fonte principal para a energia no corpo.

Como funciona a relação do açúcar consumido e a obesidade? Sua ingestão é rápida e com isso há a elevação nos índices de glicemia e com isso facilita o deposito de gordura nas células. Outra decorrência desta e a insulina aumentada abaixa a taxa de glicemia, fazendo com que a pessoa sinta mais fome e volte a comer mais e consequentemente engordando mais ainda.

 

O açúcar nos produtos industrializados

Não sei você, mas algumas coisas que comemos cada dia estão cada vez mais com gosto de remédio. (Vou virar engenheiro químico)

O grande problema hoje é que há um acesso facilidade ao açúcar pelos produtos industrializados que comemos, como refrigerantes e sucos de caixinha. A indústria descobriu que açúcar e a gordura misturada tornam qualquer produto ultra viciante, como por exemplo, sorvetes, tortas, bolos, rosquinhas, dentre outros.

A taxa de açúcar que consumimos hoje é tamanha que não conseguimos acompanhar visto o quanto de energia gasta no nosso dia-a-dia. E por isso o alto consumo de açúcar é o grande provocador de obesidade.

 

O que fazer no caso do consumo de açúcar

Assim temos um grande dilema entre adultos e crianças: o consumo excessivo de açúcar.  A melhor escolha é de evitar alimentos industrializados que mesmo sem dizer nos rótulos sabemos que tem grande incidência de açúcar. Hoje a lista destes alimentos é bem extensa: são biscoitos, balas, refrigerantes, pães, bolos, sucos de caixinha que estão na lista do que deve ser deixado de lado.

Fuja de adoçantes o mais rápido possível, por que para chegar à falsa sensação de doce, é necessária mais de 15 elementos químicos prejudiciais a saúde. Os ditos “alimentos diet” também fazem isso. A sensação do açúcar vem de várias misturas químicas como o sódio.

Outra solução é aprender a comer menos açúcar e já ensinar isto aos seus filhos também. É importante incentivar o consumo de frutas entre adultos e crianças. Para os pequenos uma dica é fazer sucos naturais com eles para que aprendam o nome das frutas e qual é o seu gosto natural.

Outra dica é trocar o açúcar refinado (esse branco) pelo açúcar mascavo porque neste podemos contar com as vitaminas e minerais da cana de açúcar. Outra solução é usar stevia para adoçar seus líquidos como café e chás. Stevia é uma folha doce que ao ser aquecido libera uma substancia própria da folha que é adocicada. Ela pode ser encontrada em casas de produtos naturais.

O controle do açúcar deve ser feito deste a infância para que as pessoas não se tornem adultos obesos.

 


Alinesau

Posts do blog

0 amigos

Nenhum(a)

1 comunidade