Ir para o conteúdo

Blog do Miro

Voltar a Blog
Tela cheia Sugerir um artigo

A marcha dos sem-terra por Lula-Livre

12 de Agosto de 2018, 12:04 , por Altamiro Borges - | No one following this article yet.
Visualizado 8 vezes
Do site do MST:

Já em seu terceiro dia, os mais de cinco mil trabalhadores rurais organizados no Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e nos demais movimentos da Via Campesina seguem em marcha na manhã deste domingo, percorrendo uma média de mais 15 Km rumo à Brasília.

As Colunas Teresa de Benguela, Prestes e Ligas Camponesas partiram caminhada às seis da manhã das localidades de Samambaia, Valparaíso e Planaltina, respectivamente. As atividades deste domingo deverão se concentrar em debates acerca da reforma agrária popular e os entraves à democratização da terra.

“Nenhuma área foi destinada à reforma agrária desde o início do governo de Temer. Além disso, a violência no campo - com a morte de trabalhadores e trabalhadoras - aumentou de forma recorde, fruto da aliança entre o golpismo e os ruralistas. Estamos perdendo vidas para o agronegócio e a pistolagem”, afirma Marco Barata, integrante da coordenação nacional do MST.

Ainda segundo Barata, há o esforço governamental em enganar o povo brasileiro, ao apresentar resultados ao Programa Nacional de Reforma Agrária que não correspondem a processos de democratização da terra concentrada, mas sim à distribuição de títulos. Inclusive, títulos de assentamentos criados em governos anteriores.

“Ainda em 2017, o mesmo Governo Federal sancionou a lei 13465/2017, que trata da regularização fundiária no Brasil. A lei limita os processos de Reforma Agrária no país, anistia a grilagem de terras e incentiva a privatização de assentamentos rurais. O governo golpista hoje tem autonomia para alienar propriedades da união sem obedecer ao princípio social da terra”, completou.

Concentração fundiária
Análises preliminares do censo agropecuário de 2017 mostram o aumento da concentração fundiária. As propriedades rurais com até 50 hectares representam 81,3% do total de estabelecimentos agropecuários, ou seja, mais de 4,1 milhões de propriedades rurais. Juntas, elas somam 44,8 milhões hectares, o que equivale a 12,8% do total da área rural produtiva do país. Por outro lado, 2,4 mil fazendas com mais de 10 mil hectares que correspondem a apenas 0,04% das propriedades rurais do país, ocupam 51,8 milhões de hectares, ou 14,8% da área produtiva do campo brasileiro.

Marcha Lula Livre
A Marcha se articula com uma série de outras movimentações da classe trabalhadora para influírem no contexto político do país e lutar pela liberdade de Lula e seu direito de ser candidato. Desde o último dia 31/7, sete militantes da Via Campesina, do Levante Popular da Juventude e da Central dos Movimentos Populares (CMP) estão em greve de fome cobrando justiça ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Fonte: https://altamiroborges.blogspot.com/2018/08/a-marcha-dos-sem-terra-por-lula-livre.html