Ir para o conteúdo

Blog do Miro

Voltar a Blog
Tela cheia Sugerir um artigo

O ultimo voo do clã dos marimbondos

11 de Outubro de 2018, 0:23 , por Altamiro Borges - | No one following this article yet.
Visualizado 29 vezes
Por Henrique Matthiesen

Um dos principais livros do ex-presidente e coronel do Maranhão José Sarney tem o titulo de “Marimbondos de fogo”; trata-se de uma coletânea de poemas, que compõe o seu acervo que contribuiu para ele há uma vaga na Academia Brasileira de letras e sua “imortalidade”

Conceito esse que em seu sentindo figurado é a perpetuação, e a conservação ininterrupta é a infinitude, e a negação cíclica da extinção é no caso do clã Sarney do poder.

Oriundo da política do patrimonialismo e do clientelismo o clã Sarney foi uma das oligarquias mais poderosas da Republica, caracterizado por sua incoerência bradou contra o golpe de João Goulart e se tornou governo com o regime dos Generais pela UDN, seu pragmatismo e destino o levaram inclusive a Presidência da Republica sem obter nenhum voto popular.

Seu domínio durou mais de 40 anos, teve como predicado ha hereditariedade, afinal o Maranhão tornou-se um patrimônio inegociável do clã dos Sarney, e os marimbondos voavam cada vez mais alto, e mais poderoso.

O primeiro grande anti-histamínico contra o veneno dos marimbondos do clã Sarney foi Jackson Lago, medico trabalhista que ousou contestar o domínio e o poder imensurável do clã, que transformou o Maranhão num dos estados mais atrasados e miseráveis do Brasil e os Sarneys em uma das famílias mais ricas e poderosas.

Jackson Lago ganhou as eleições de 2006, derrotando a filha do coronel, Roseana Sarney, com 51,82%%, mas a democracia nunca foram os conceitos mais apreciados dos oligarcas, que deram um golpe judicial contra o trabalhista, contanto inclusive com a omissão covarde de muitos setores da dita esquerda.

Em meio os inúmeros escândalos e desgaste do clã Sarney, Flavio Dino do PCdoB repete o feito de Jackson Lago e ganha às eleições ao governo de 2014, começa ai o fim do voo dos marimbondos.

Com uma gestão social, é uma ampla frente progressista Flavio Dino começa o resgate maranhense, escolas, hospitais, casas populares, cidadania são os anti-histamínicos, utilizados pelo governador.

Mas, 2018 com sua faceta conservadora testariam o poder do clã contra as forcas progressistas.

Numa demonstração irrefutável a filha do oligarca perde humilhantemente as eleições, Flavio Dino obtém 59,29% dos votos, o povo maranhense reafirma sua alforria da oligarquia.

Na outra frente do poder oligarquia, que é a disputa do Senado, o filho de uma professora e de um técnico agrícola, filho das lutas sociais e companheiro de Jackson Lago e da melhor cepa do trabalhismo Weverton Rocha obtém uma eleição consagradora com 1.997,443 votos derrota o outro filho do coronel.

Na outra vaga ao Senado, Eliziane Gama ganha também dos oligarcas.

Finalmente o Maranhão derrota a política do atraso, do clientelismo em todas as suas frentes, o anti-histamínico iniciado por Jackson Lago, ganha mais uma vez

Porquanto a imortalidade não pertence as oligarquias e aos coronéis.

Fonte: https://altamiroborges.blogspot.com/2018/10/o-ultimo-voo-cla-dos-marimbondos.html