Ir para o conteúdo

Blog do Miro

Voltar a Blog
Tela cheia Sugerir um artigo

Quem se indigna com o terrorismo de direita?

20 de Março de 2019, 19:32 , por Altamiro Borges - | No one following this article yet.
Visualizado 20 vezes
Por Patrícia Soares, na revista CartaCapital:

O massacre na mesquita na Nova Zelândia, na sexta feira, 15, deixou um saldo de 50 mortos e dezenas de feridos. Todos muçulmanos. Um dos atiradores, Brenton Tarrant, de 28 anos, esteve em 2016 nos campos de refugiados da Palestina como agente infiltrado, mercenário a serviço de Israel. Também participou de reuniões de extrema-direita na Europa.

A mídia sempre classifica os muçulmanos, de forma indiscriminada, como terroristas. Agora tem sido obrigada a mostrar que, na verdade, eles são os maiores alvos dos terroristas.

O terrorismo não passa de crime organizado, negócio sujo de venda de armas que alimenta a barbárie. Também pressiona governos a votar leis racistas, que perseguem e retiram direitos dos imigrantes, dos pobres e das minorias.

Donald Trump e sua ideologia de supremacia branca e ódio aos imigrantes é o chefe desta campanha desesperada para continuar a manter os lucros da venda de armas e munições.
O governo de Jair Bolsonaro é um braço desta política.

No Rio de janeiro foi encontrado um grande arsenal de armas no condomínio no qual vive o presidente, o que levou a pistas, provas e prisões dos assassinos de Marielle Franco. Falta apontar o mandante.

Como os M-27, de “uso exclusivo” dos marines dos EUA, foram parar nas mãos dos assassinos da vereadora? No Brasil as milícias são modelos de mercenários de direita.

As consequências desta política de ódio racial são os atentados sangrentos contra inocentes, homens, mulheres e crianças, apenas por serem muçulmanos, ou negros, ou imigrantes ou defenderem os direitos humanos.

É urgente uma campanha internacional contra o terrorismo. O islã condena o terrorismo.

Fonte: https://altamiroborges.blogspot.com/2019/03/quem-se-indigna-com-o-terrorismo-de.html