Ir para o conteúdo
ou

Thin logo

#BlogueDoSouza

Gleise Hoffmann

Tacla Duran

Pimenta e Damous

EUA no Golpe

Guerra Híbrida no BR

#BlogueDoSouza

 Voltar a BlogueDoSouza
Tela cheia

Greve geral começa forte e paralisa o País nesta sexta

14 de Junho de 2019, 9:43 , por #BlogueDoSouza - | No one following this article yet.
Visualizado 9 vezes


O País amanheceu parcialmente paralisado nesta sexta-feira para dizer não à reforma da Previdência (14), com alta adesão à Greve Geral. Em doze Estados mais o DF, não há transporte público. Em São Paulo, várias ruas, metrôs, fábricas e empresas estão paralisadas; metalúrgicos, químicos, petroleiros, urbanitários, professores, bancários e servidores públicos estão apresentando altos índices de adesão em São Paulo. O MST, em conjunto com o MTST, bloqueia diversas rodovias no País. A mobilização faz parte da Greve Geral convocada pelas centrais sindicais, com o apoio de organizações sociais e estudantis, da Frente Brasil Popular e da Frente Povo Sem Medo.

O sindicatos dos rodoviários (ônibus) de São Paulo e Rio de Janeiro, que haviam se comprometido com a greve, voltaram atrás, e os ônibus circulam nas duas cidades.

Além do direito à Previdência, os grevistas reivindicam do governo federal o fim dos cortes na educação pública, o respeito à soberania nacional e medidas efetivas para geração de empregos.

Conforme noticiou o site Brasil de Fato, A lista de trabalhadores mobilizados é extensa: bancários, professores, metalúrgicos, trabalhadores da educação, estudantes e docentes de universidades federais e estaduais, trabalhadores da saúde, de água e esgoto, dos Correios, da Justiça Federal, químicos e rurais, portuários, agricultores familiares, motoristas, cobradores, caminhoneiros, eletricitários, urbanitários, vigilantes, servidores públicos estaduais e federais, petroleiros, enfermeiros, metroviários, motoristas de ônibus, previdenciários e moradores de ocupações por todo o Brasil.

Acompanhe as principais mobilizações no País:
Petroleiros da Refinaria Duque de Caxias (RJ) já estão na #GreveGeral14J. Não houve troca de turno às 23h. Os petroleiros lutam contra a reforma da previdência e contra o desmonte e privatização da @petrobras #PetroleirosNaGreve14J #GrevePeloBrasil pic.twitter.com/Z5kX9QqQpH
— Ronaldo T Pagotto (@RonaldoPagotto) 14 de junho de 2019
Trabalhadores fecham a entrada das garagens do transporte coletivo, em Curitiba, na madrugada desta sexta-feira (14), dia da Greve Geral. Fotos: Gibran Mendes / CUT Paraná. #GreveGeral14J pic.twitter.com/oUnj3nE5Ng
— Frente Brasil Popular (@frentebrasilpop) 14 de junho de 2019
Bom dia. Por uma luta justa. Em São Paulo diversas linhas sem funcionar. Estação Itaquera fechada. 🔒 #GreveGeral14J pic.twitter.com/Yp0i6Oy8Bp
— Jornalistas Livres (@J_LIVRES) 14 de junho de 2019
Movimentos Sociais fecham a Av 23 de maio em São Paulo em apoio a greve geral. Lucas Martins / Jornalistas Livres e Guilherme Gandolfi @Guifrodu / Mídia NINJA#GreveGeral14J pic.twitter.com/CndN5CsXsP
— Mídia NINJA (@MidiaNINJA) 14 de junho de 2019
Volkswagen parada! Greve Geral em São Carlos-SP #GreveGeral14J pic.twitter.com/k2WzK3FFKW
— Mídia NINJA (@MidiaNINJA) 14 de junho de 2019
Trabalhadoras e trabalhadores bloqueiam a Avenida Sapopemba, na zona Leste de São Paulo neste momento.
Fotos: Elineudo Meira#GreveGeral14J pic.twitter.com/0H26XsDo6l
— Mídia NINJA (@MidiaNINJA) 14 de junho de 2019
COMEÇOU! A Regis Bittencourt acordou assim na altura de Taboão da Serra / SP. Hoje o Brasil vai parar!#GreveGeral14J pic.twitter.com/LwE8Yd0YRm
— Mídia NINJA (@MidiaNINJA) 14 de junho de 2019]
O maior complexo operacional dos Correios, o Complexo de Benfica, em São Paulo está paralisado desde as 4h30. #GreveGeral14J pic.twitter.com/8yn8uUSGjY
— Brasil de Fato (@Brasil_de_Fato) 14 de junho de 2019
Do 247 
#BlogueDoSouza - Democratização da Comunicação, Reformas de Base e Direitos Humanos.

Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/BlogueDoSouza/~3/PQ4vkyVzlEA/greve-geral-comeca-forte-e-paralisa-o.html