Ir para o conteúdo

Claudio Andre O

Voltar a Blog do Claudio André O Poeta
Tela cheia

ILHA DO OURO, SERGIPE, ONDE ACONTECE O ENCONTRO DOS RIOS IPANEMA E SÃO FRANCISCO

13 de Fevereiro de 2018, 11:39 , por CLÁUDIO ANDRÉ O POETA - | No one following this article yet.
Visualizado 31 vezes
A Ilha do Ouro é um povoado do município de Porto da Folha, Sergipe. Veja na foto que existe no leito do Rio São Francisco uma parte que está bem rasa, devido as chuvas que caíram na cabeceira do Rio Ipanema e a enxurrada jogou muita areia no Velho Chico, deixando essa espaço sem condições de navegabilidade.
Relatos históricos constam que nesse lugar, no pé do monte, antes era coberto por água e os navios no início do século XVII, quando chegavam trazendo os Holandeses, atracavam e levavam material para construção da Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres no cume do morro, bem no meio do Rio São Francisco.

A serra toda de pedra e a vegetação da caatinga encravada em cima, impressiona como há vida e sobrevivência com tanto pedregulho.
Nas minhas andanças pelo sertão de Alagoas, durante a segunda-feira de carnaval, encontrei em uma das árvores próximo às margens do Rio São Francisco, ninhos feitos pelo pássaro "casaca-de-couro". O pássaro Casaca-de-couro, ou João-pimpão, é um engenhoso animal, sabe como ninguém tecer seu ninho de garranchos.

A vegetação rasteira e bastante verde se confunde com o cinza da caatinga, deixando o meio ambiente ainda mais encantador.

Desse ponto observa-se um desnivelamento proporcional no encontro dos Rios Ipanema e São Francisco. Quando o Rio Ipanema deságua no Velho Chico da imaginar o tamanho da força da enxurrada, já que vários outros pequenos rios e riachos desaguam desde a sua nascente em Pesqueira, agreste de Pernambuco.

A diferença de coloração das águas, pode-se observar o encontro de dois importantes rios do Nordeste. De um lado, Alagoas, do outro, Sergipe. O Rio São Francisco desde sua nascente em Minas Gerais, percorre cerca de 2. 700 Km até a Foz, localizada no município de Piaçabuçu-AL, enquanto que o Ipanema percorre mais de 200 Km até a foz no município de Belo Monte.

O Rio Ipanema percorre pouco mais de 200 Km desde sua nascente no agreste de Pernambuco. No seu percusso pode-se ver muita degradação, muita poluição, muito desmatamento. Esse rio é temporário, mas, no seu auge por onde passa deixa sua marca, pena, que nas cidades que ele margeia, o ser humano não tem cuidado, deixando o rio virar deserto.

Nessa foto registrei os metros finais do Rio Ipanema para desaguar no Rio São Francisco. Essa água que vocês podem ver, é um restante das chuvas caídas em 2017 em sua cabeceira. Há locais que o rio passa com mais de 10 metros de largura.

Nesse local, final do leito do Rio Ipanema ele chega a marcar mais de 5 metros de largura. Toda essa areia e vegetação já estão dentro da área que compreende o Velho Chico.

Um mar de areia. Uma vegetação própria de beira de rio. Interessante, que ao andar por esse "areial", a gente se sente como estivesse andando num pântano, pois, aonde se pisa, a água surge naturalmente.

Depois de uma caminhada longa e que se exigiu muito esforço, não resisti a um banho no encontro dos dois rios. Nesse local, Rio Ipanema e Rio São Francisco, se misturam e deixam o lugar ainda mais sensacional. 
Raso, água cristalina, fria e uma correnteza suave, tudo isso nos cativou para mergulhamos nessa aventura e darmos uma pausa para a hora do almoço, pois, na próxima postagem, verás como foi enfrentar a caminhada de mais uma hora pelo curso do Rio Ipanema.

Fonte: http://claudioandreopoeta.blogspot.com/2018/02/ilha-do-ouro-sergipe-onde-acontece-o.html