Ir para o conteúdo

Correio do Brasil

Voltar a CdB
Tela cheia Sugerir um artigo

Barcelona não tem planos de recomprar Neymar, diz vice-presidente

19 de Outubro de 2018, 12:55 , por Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 28 vezes

 

Neymar conquistou dois títulos da liga espanhola e a Liga dos Campeões de 2015 em seus quatro anos no Barça.

Por Redação, com Reuters – de Barcelona/Munique

O Barcelona não tem planos de recomprar Neymar do Paris St Germain, disse o vice-presidente do time, Jordi Cardoner, nesta sexta-feira, desmentindo reportagens segundo as quais os campeões espanhóis estão dispostos a cortejar o atacante do Brasil para que ele volte ao Camp Nou.

Neymar durante amistoso do Brasil contra a Arábia Saudita em Riad

Neymar conquistou dois títulos da liga espanhola e a Liga dos Campeões de 2015 em seus quatro anos no Barça, formando uma parceria letal com Luís Suárez e Lionel Messi, e partiu em julho de 2017 quando os gigantes de Paris aceitaram pagar sua cláusula de liberação.

– Ninguém no conselho do Barça falou na possibilidade de trazer Neymar de volta, neste momento não podemos dar uma resposta porque ninguém sequer a mencionou – disse Cardoner à rádio SER da Catalunha nesta sexta-feira.

Neymar, hoje com 26 anos, ajudou o PSG a conquistar uma trinca de troféus domésticos na França neste ano, mas sua temporada na França foi ofuscada por uma desavença pública com o colega Edinson Cavani por causa da cobrança de pênaltis e uma lesão no pé sofrida em março que o afastou pelo resto da campanha.

Segundo a manchete de quarta-feira do jornal espanhol Mundo Deportivo, o jogador disse ao Barcelona que quer voltar por estar desiludido com a vida em Paris.

– Foi ele quem partiu, seria diferente se não tivéssemos acreditado nele e agora o quiséssemos de volta, mas não é o caso – acrescentou Cardoner.

– Se de fato quiséssemos contratá-lo o conselho teria que debatê-lo, mas até agora ninguém falou disso.

Dirigentes do Bayern

Os dirigentes do Bayern de Munique expressaram seu apoio ao técnico Niko Kovac e seus jogadores nesta sexta-feira, apesar da sequência de quatro jogos sem vitórias em todas as competições, acusando a mídia de publicar reportagens “desrespeitosas”.

Os campeões alemães, que conquistaram os últimos seis títulos da liga mas estão em sexto lugar na tabela, viajam para enfrentar o Wolfsburg no sábado sabendo que qualquer resultado que não seja uma vitória aprofundará sua crise.

Mas o presidente do time, Uli Hoeness, e seu diretor-executivo, Karl-Heinz Rummenigge, acusaram a mídia de reportagens “revoltantes, desrespeitosas e polêmicas” e alertaram para possíveis medidas legais.

– Quando leio sobre Manuel Neuer fico sem palavras. Gostaria de lembrá-los que Manuel foi o melhor goleiro do mundo quatro vezes – disse Rummenigge aos repórteres. “O mesmo vale para Jérôme Boateng e Mats Hummels”.

Falando em uma coletiva de imprensa marcada com pouca antecedência, os dirigentes disseram que agora os repórteres devem esperar “correspondência de nosso advogado de mídia” por qualquer reportagem falsa ou imprecisa.

– Não sei se existem leis especiais para a mídia, mas não aceitaremos mais este tipo de reportagem – disse Rummenigge.

– Hoje é um dia importante, já que informamos vocês que não toleraremos mais reportagens depreciativas e zombeteiras. Protegeremos nosso técnico, nossos jogadores e o clube. É revoltante, desrespeitoso e controverso.

Mais cedo nesta sexta-feira Kovac disse que tudo de que o Bayern precisa é de um pouco de sorte para se recuperar.


Fonte: https://www.correiodobrasil.com.br/barcelona-recomprar-neymar-vice-presidente/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias