Ir para o conteúdo

Correio do Brasil

Voltar a CdB
Tela cheia Sugerir um artigo

Cuba indica oficialmente Miguel Díaz-Canel para substituir Raúl Castro

18 de Abril de 2018, 14:45 , por Jornal Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 33 vezes

A proposta foi votada ainda nesta quarta-feira pela Assembleia Nacional, e o resultado será anunciado formalmente na quinta-feira. Votações desse tipo normalmente são aprovadas por unanimidade, ou quase sem nenhuma objeção

Por Redação, com Reuters – de Havana:

Cuba indicou nesta quarta-feira Miguel Díaz-Canel como candidato único para substituir Raúl Castro como presidente do país, o que fará dele o primeiro não membro da família Castro a governar a ilha desde a revolução de 1959.

Cuba indicou nesta quarta-feira Miguel Díaz-Canel como candidato único para substituir Raúl Castro como presidente

A proposta foi votada ainda nesta quarta-feira pela Assembleia Nacional; e o resultado será anunciado formalmente na quinta-feira. Votações desse tipo normalmente são aprovadas por unanimidade, ou quase sem nenhuma objeção.

Cubanos

Muitos creem que o substituto do presidente Raúl Castro será o primeiro vice-presidente Miguel Díaz-Canel; engenheiro de 57 anos que tem entusiasmo por tecnologia e parece ser liberal socialmente; mas que é considerado um nome confiável para seguir os passos dos líderes históricos da revolução de 1959 que agora saem de cena.

O próximo presidente deve ser cauteloso a princípio e tentar consolidar o apoio dos conservadores, apesar do anseio por um desenvolvimento mais acelerado de uma economia menor do que era em 1985, quando a ilha recebia subsídios da União Soviética.

Reunidos em um centro de convenções de um bairro arborizado de Havana; 605 parlamentares da Assembleia Nacional essencialmente simbólica selecionarão 30 outros membros do Conselho de Estado cubano; e o sucessor de Raúl, que assumiu o lugar de seu irmão Fidel em 2008.

Mudanças

Raúl, de 86 anos, realizou mudanças abrangentes; melhorando consideravelmente as relações com os Estados Unidos pela primeira vez desde que os rebeldes liderados por Fidel derrubaram um ditador apoiado pelos EUA, e fazendo reformas de mercado cautelosas em uma das últimas economias de estilo soviético do mundo.

Mas como a economia está sendo afetada pela crise na aliada Venezuela e as relações com Washington voltaram a se tensionar no governo do presidente Donald Trump, alguns cubanos estão descrentes de uma melhoria de vida e se sentem apreensivos com o que virá adiante.

Futuro

– Neste momento não sabemos o que o futuro nos reserva –  disse Adriana Valdivia, professora de 45 anos de Havana. “Raúl é assunto encerrado e Fidel é história antiga”.

– Não enxergo uma saída para ajudar os cubanos a viverem melhor, os salários estão iguais e não pagam as contas, e agora Trump está apertando o cerco com o bloqueio, imaginem só – disse Adriana, que recebe cerca de US$ 24 por mês.

O próximo presidente deveria “aumentar a velocidade das mudanças em Cuba e ao mesmo tempo preservar as coisas boas”, opinou o blogueiro Harold Cardenas, de 32 anos, acrescentando que a resistência às reformas econômicas impulsionadas por Raúl vem travando o país.

O post Cuba indica oficialmente Miguel Díaz-Canel para substituir Raúl Castro apareceu primeiro em Jornal Correio do Brasil.


Fonte: https://www.correiodobrasil.com.br/cuba-indica-oficialmente-miguel-diaz-canel-para-substituir-raul-castro/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias