Ir para o conteúdo

Correio do Brasil

Voltar a CdB
Tela cheia Sugerir um artigo

Dicas para manter seu WhatsApp seguro

15 de Janeiro de 2022, 10:54 , por Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 61 vezes

Da Redação

O mundo da era digital ganhou muita confiança e visibilidade por trazer para os seus milhares de usuários ao redor do mundo todo, diversas formas muito práticas, ágeis e dinâmicas de se comunicar com seus contatos de forma completamente simples e online.

Em um mundo que enfrenta um momento de extremo isolamento social, dado a pandemia da COVID19, poder contar com ferramentas online de troca de mensagens instantâneas, auxilia e muito, as pessoas poderem manter os seus contatos e relações sociais saudáveis e ativos, mesmo que seja de uma forma mais distante e não fisicamente.

Dentre as diversas ferramentas existentes neste vasto mundo online, podemos destacar como uma das mais utilizadas e baixadas, o aplicativo de troca de mensagens instantâneas WhatsApp e o Telegram.

Mas você sabe quais são as principais diferenças entre eles? Nesse artigo, iremos discorrer acerca dos dois e entender suas diferenças e quesitos de segurança, que são extremamente importantes para que os usuários os compreendam da melhor forma.

O aplicativo Telegram

O aplicativo de troca de mensagens Telegram conta, atualmente, com mais de 500 milhões de usuários ativos em todo o mundo. Essa plataforma contém muitos recursos e facilidades para os seus milhares de usuários.

Ele é considerado uma plataforma de programa de nuvem, o que significa, de uma forma geral, que todo o conteúdo das conversas trocadas pelos seus usuários ficam armazenadas nos servidores da própria empresa, o que pode trazer algumas questões importantes acerca da sua segurança.

Nesse aplicativo de troca de mensagens, como as conversas trocadas entre os seus usuários ficam salvas nos servidores da empresa, se o usuário acessar a sua conta em qualquer outro dispositivo (como outro aparelho celular ou computador), ele poderá baixar todo o seu histórico de conversas já trocadas no aplicativo, tanto ele, como qualquer outra pessoa que tiver esse acesso.

As trocas de mensagens do Telegram não são criptografadas (protegidas) de ponta a ponta (como o WhatsApp é), pois quando essas mensagens chegam ao servidor do Telegram, as mesmas serão completamente descriptografadas (desprotegidas) para serem salvas na nuvem do Telegram.

Com essa alteração na segurança das mensagens na chegada delas ao servidor da empresa, se houver qualquer problema de ataque na segurança que o Telegram possa sofrer, isso pode causar um sério problema em relação às mensagens dos usuários.

Se alguma pessoa invadir os dados da plataforma, essa pessoa terá acesso ilimitado às contas dos usuários, podendo também acessar instantaneamente todo o histórico de mensagens trocadas desses usuários com seus contatos.

Com o ponto acima mencionado já sendo preocupante, outra questão é que o aplicativo permite que uma mesma conta esteja ativa em vários aparelhos distintos ao mesmo tempo, tanto no celular quanto no PC, o que pode permitir que outra pessoa tenha acesso fácil as mensagens do usuário, se ela possuir os dados de acesso da conta.

Além de também funcionar nos computadores sem precisar do dispositivo celular por perto. O único modelo de conversa existente no Telegram que pode ser considerado mais seguro e não fica armazenado na sua nuvem, é a opção de conversa denominada de chat secreto.

O aplicativo WhatsApp

O WhatsApp é considerado o mais famoso e utilizado aplicativo de troca de mensagens instantâneas do mundo, e é considerado também muito mais seguro que o aplicativo Telegram com relação a segurança das mensagens mais antigas trocadas pelos seus usuários.

O famoso aplicativo opta por armazenar as mensagens trocadas pelos usuários apenas no dispositivo celular em que a conta estiver instalada e ativa, diferente do Telegram que os salva em sua nuvem.

As mensagens não ficam armazenadas nos servidores da empresa do WhatsApp e são criptografadas (completamente protegidas) de ponta a ponta.

Uma pessoa que invada o sistema de segurança do WhatsApp, terá acesso apenas às contas ativas, mas nunca as mensagens que já foram trocadas com outros contatos anteriormente àquele momento.

O WhatsApp também não permite que quaisquer outros aparelhos de telefone sejam ativados com o mesmo número do usuário, ele tem como exigência primordial que os seus usuários ativem um telefone como principal referência, que envie e receba todas as mensagens que serão trocadas.

A plataforma WhatsApp também pode ser utilizada em PCs (no modo de WhatsApp Web), mas essa opção não funciona se o dispositivo celular estiver desligado ou sem conexão com a internet, garantindo assim a privacidade e segurança dos seus usuários.

Por ser um aplicativo muito famoso e utilizado em todo o mundo, desenvolvedores terceirizados, sem ligação com a empresa WhatsApp e sem a autorização da mesma, acabaram por desenvolver versões modificadas acerca dele, que possuem muito mais vantagens e benefícios adicionais que a versão original.

Mas ter acesso a essas vantagens pode trazer riscos à segurança da conta e do uso do aplicativo em si.

Versão modificada WhatsApp Plus

É considerada a versão modificada mais famosa e baixada dentre as modificações do Whatsapp, possui diversas ferramentas adicionais de personalização de temas e layout do aplicativo WhatsApp.

Ela também possui configurações de privacidade entre suas melhorias, mas o seu foco principal é a personalização com temas exclusivos e ilimitados do aplicativo para os usuários.

Versão modificada WhatsApp GB

A versão do WhatsApp GB não fica atrás da mencionada acima, sendo uma das mais baixadas pelos usuários atualmente, essa versão também possui configurações adicionais de personalização, mas o seu verdadeiro foco é na privacidade do usuário.

Possui configurações de privacidade que permitem que o seu usuário esconda as conversas que desejar em uma tela secreta, liberada a possibilidade de retirada do status online, permite que o usuário retire o aviso que o mesmo está gravando e escrevendo alguma mensagem.

Essa versão também permite que o usuário utilize duas contas distintas do WhatsApp no mesmo dispositivo celular, sendo que uma delas pode ser a própria versão do WhatsApp original.

A maioria das versões modificadas, excluindo a do WhatsApp GB PRO, não permite que o usuário tenha a versão original instalada no mesmo dispositivo celular, fazendo com que o mesmo tenha que escolher entre possuir a versão original ou a versão modificada do aplicativo.

WhatsApp Modificado é seguro?

Em um contexto de análise geral, nenhum aplicativo modificado por empresas terceirizadas de forma não permitida é completamente seguro, pelo fato de não serem submetidos aos rigorosos testes de segurança que as versões oficiais de aplicativos disponibilizam e submetem as suas versões originais. Não sendo possível atestar a segurança das versões modificadas.

Um outro ponto também, é que usuários que optam em possuir uma versão modificada do WhatsApp, se forem descobertos pela versão oficial, podem ser banidos da plataforma por  tempo indeterminado.

Se mesmo assim o usuário, já levando em consideração os riscos que o dispositivo celular pode correr, optar em baixar uma versão modificada do aplicativo WhatsApp, é muito recomendado que ele nunca utilize o seu número principal para usar o aplicativo modificado.

Na versão modificada do WhatsApp GB, o aplicativo possibilita a utilização de duas contas distintas no mesmo dispositivo celular, sendo que a outra pode ser do aplicativo oficial do WhatsApp.

Uma dica que pode auxiliar, é a do usuário utilizar o seu número principal no aplicativo oficial do WhatsApp, e um número secundário no aplicativo modificado do WhatsApp GB, tendo acesso às duas contas no mesmo dispositivo celular (mesmo assim existe o risco de banimento).

Dicas para baixar com segurança a versão do WhatsApp modificado

Mesmo possuindo riscos de segurança em sua utilização, algumas dicas simples podem auxiliar em aumentar a segurança do usuário ao utilizar um aplicativo modificado do WhatsApp.

A primeira e fundamental dica, é sempre procurar baixar o link do aplicativo modificado em um site confiável e seguro, dado que os aplicativos modificados não são encontrados para download nas lojas oficiais de aplicativos dos sistemas Android e iOS, que são a Play Store e a Apple Store, respectivamente.

O link deve ser pesquisado e baixado de um site que se preocupa com a segurança dos seus usuários, disponibilizando links que são testados antes de serem lançados no ar para o download dos mesmos.

Outra dica extremamente importante, é a de sempre manter o aplicativo modificado atualizado, para ter acesso às atualizações, o usuário deve acessar o mesmo site que baixou a sua primeira versão modificada, e verificar se há mais alguma atualização disponibilizada para o download.

Essas dicas não garantem, com 100% de certeza, que o usuário não possa correr riscos, mas auxiliam em manter a boa saúde do dispositivo celular com melhores chances de bom uso.

 

 


Fonte: https://www.correiodobrasil.com.br/dicas-para-manter-seu-whatsapp-seguro/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias