Ir para o conteúdo

Correio do Brasil

Voltar a CdB
Tela cheia Sugerir um artigo

Embaixador norte-americano minimiza expectativa de reunião com Coreia do Norte

8 de Julho de 2020, 12:51 , por Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 14 vezes

O vice-secretário de Estado norte-americano, Stephen Biegun, refutou nesta quarta-feira as reportagens segundo as quais ele está tentando se encontrar com autoridades norte-coreanas durante uma visita à Coreia do Sul nesta semana, mas reiterou que seu país está disposto a retomar as conversas.

Por Redação, com Reuters – de Seul

O vice-secretário de Estado norte-americano, Stephen Biegun, refutou nesta quarta-feira as reportagens segundo as quais ele está tentando se encontrar com autoridades norte-coreanas durante uma visita à Coreia do Sul nesta semana, mas reiterou que seu país está disposto a retomar as conversas.

Vice-secretário de Estado dos EUA, Stephen Biegun, em Seul Vice-secretário de Estado dos EUA, Stephen Biegun, em Seul

Principal autoridade dos Estados Unidos para a Coreia do Norte, Biegun está em Seul para reuniões com autoridades sul-coreanas, ofuscadas pela insistência norte-coreana de que não tem intenção de voltar às negociações de desnuclearização enquanto os EUA se ativerem a “políticas hostis”.

Biegun se reuniu brevemente com a ministra das Relações Exteriores sul-coreana, Kang Kyung-wha, antes das conversas formais com o vice-chanceler, Cho Sei-young, e o principal negociador nuclear, Lee Do-hoon.

As conversas abrangeram desde a reação ao coronavírus até a divisão de custos da mobilização de militares norte-americanos na Coreia do Sul, mas o vizinho do norte dominou a pauta, disseram autoridades sul-coreanas.

As conversas com Pyongyang

A visita de Biegun despertou especulações a respeito de uma tentativa de retomar as conversas com Pyongyang antes da eleição presidencial dos EUA em novembro, mas ele minimizou as expectativas de novas reuniões.

– Permitam-me ser absolutamente claro, nós não pedimos uma visita – disse Biegun em uma coletiva de imprensa depois de se encontrar com Lee. “Esta visita nesta semana é para encontrar com nossos amigos e aliados próximos, os sul-coreanos.”

Mas ele disse que está pronto para retomar as conversas a qualquer momento que os norte-coreanos determinarem.

– Torcemos para continuar nosso trabalho para um desfecho pacífico na península coreana, acredito que isto é perfeitamente possível – disse, acrescentando que o presidente dos EUA, Donald Trump, deu seu apoio total.

Acordo equilibrado

Biegun reiterou que seu país está disposto a ser flexível e chegar a um “acordo equilibrado” com a Coreia do Norte caso esta decida voltar a conversar, disse Lee.

Também é provável que Biegun se reúna com Suh Hoon, o novo conselheiro de Segurança Nacional e chefe de espionagem do presidente sul-coreano, Moon Jae-in, que foi fundamental para encaminhar as cúpulas entre Trump e o líder norte-coreano, Kim Jong Un, disse uma autoridade sul-coreana.

As conversas com a Coreia do Norte travaram desde então, e suas autoridades, incluindo Choe Son Hui, um diplomata graduado com quem Biegun se encontrou nas negociações, dizem não ter intenção de se reunir com os EUA.


Fonte: https://www.correiodobrasil.com.br/embaixador-norte-americano-reuniao-coreia-norte/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias