Ir para o conteúdo

Correio do Brasil

Voltar a CdB
Tela cheia Sugerir um artigo

Força apoiada pelos EUA diz ter tomado posições em campo do EI na Síria

18 de Março de 2019, 12:37 , por Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 341 vezes

Fumaça emergiu do pequeno enclave enquanto aviões de guerra e artilharia o bombardeavam. Outra testemunha disse que os jihadistas haviam contra-atacado mais cedo.

Por Redação, com Reuters – de Baghouz, Síria

Combatentes apoiados pelos Estados Unidos disseram ter tomado posições no último enclave do Estado Islâmico no leste da Síria, e ataques aéreos atingiram o pequeno trecho de terra ao lado do rio Eufrates na manhã desta segunda-feira, disse um jornalista da agência inglesa de notícias Reuters.

Fumaça em acampamento no vilarejo de Baghouz

Fumaça emergiu do pequeno enclave enquanto aviões de guerra e artilharia o bombardeavam. Outra testemunha disse que os jihadistas haviam contra-atacado mais cedo.

– Várias posições capturadas, e o depósito de munições foi explodido – disse Mustafa Bali, um porta-voz da milícia Forças Democráticas Sírias (FDS), no Twitter na noite de domingo.

O enclave lembra um acampamento, repleto de veículos estacionários e abrigos grosseiros feitos com cobertores ou lonas que se podia ver balançando ao vento durante uma pausa nos combates enquanto pessoas caminhavam entre elas.

Apoiadas pelo poderio aéreo e por forças especiais de uma coalizão liderada pelos EUA, as FDS expulsaram o Estado Islâmico de quase todo lado nordeste da Síria, derrotando-o em Raqqa em 2017 e repelindo-o para seu último bastião de Baghouz no ano passado.

Se por um lado a derrota em Baghouz encerrará seu controle sobre terras habitadas no terço da Síria e do Iraque que capturou em 2014, o grupo continuará sendo uma ameaça, disseram autoridades regionais e ocidentais.

As FDS vêm realizando uma ofensiva escalonada contra o enclave, fazendo longas pausas nas últimas semanas para permitir que combatentes se rendendo, suas famílias e outros civis deixassem a localidade.

Desde 9 de junho mais de 60 mil pessoas já partiram, cerca de metade delas apoiadores do Estado Islâmico que se renderam, incluindo cerca de 5 mil combatentes, disseram as FDS no domingo.


Fonte: https://www.correiodobrasil.com.br/forca-apoiada-eua-posicoes-campo-ei-siria/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias