Ir para o conteúdo

Correio do Brasil

Voltar a CdB
Tela cheia Sugerir um artigo

John Isner é eliminado na estreia do ATP 250 de Auckland

9 de Janeiro de 2019, 13:49 , por Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 22 vezes

O principal favorito ao título, atual décimo colocado do ranking mundial, caiu diante do jovem, de 21 anos e 50º na classificação do circuito, por 2 sets a 0, com parciais de 7-6 (3) e 7-6 (5).

Por Redação, com EFE – de Auckland

O norte-americano John Isner, cabeça de chave número 1 do ATP 250 de Auckland, na Nova Zelândia, foi eliminado nesta quarta-feira, ao perder para o compatriota Taylor Fritz, em dia de abandono do espanhol David Ferrer, que disputou o primeiro torneio da última temporada da carreira.

O norte-americano John Isner, cabeça de chave número 1 do ATP 250 de Auckland, na Nova Zelândia, foi eliminado nesta quarta-feira

O principal favorito ao título, atual décimo colocado do ranking mundial, caiu diante do jovem, de 21 anos e 50º na classificação do circuito, por 2 sets a 0, com parciais de 7-6 (3) e 7-6 (5). A batalha entre os representantes dos Estados Unidos teve duração de uma hora e 39 minutos.

Nas quartas de final, Fritz terá pela frente o britânico Cameron Norrie, que, após despachar o francês Benoit Paire, hoje superou o português João Souza, também em sets diretos, em partida fechada com 7-6 (5) e 6-4, em uma hora e 33 minutos.

Ferrer, por sua vez, se despediu do torneio um dia após quebrar jejum de vitórias do circuito da ATP iniciado em julho do ano passado. O espanhol enfrentou o compatriota Pablo Carreño, mas, abandonou a partida no terceiro game do primeiro set, quando o placar marcava 1-1.

O veterano 36 anos, atualmente número 124 do mundo, que já anunciou a aposentadoria no fim deste ano, apresentou problema na panturrilha direita, e abriu caminho para o adversário avançar na competição. O quarto cabeça de chave pegará na sequência o alemão Jan-Lennard Struff, que despachou o neozelândes Rubin Statham por 2 sets a 0, com 6-2 e 6-1.

Ainda nesta quarta-feira, o italiano Fabio Fognini, favorito número 2, venceu o alemão Peter Gojowczyk, em jogo fechado com 6-2, 3-6 e 7-6 (5) e se classificou para encarar nas quartas um compatriota do rival desta quarta-feira Philipp Kohlschreiber, que superou o francês Ugo Humbert por 2 sets a 0, com duplo 6-4.

Outro representante da Itália Marco Cecchinato, terceiro cabeça de chave e confirmado ontem como participante do Rio Open, se despediu na segunda rodada, ao perder para o americano Tennys Sundgren em sets diretos, com duplo 6-3.

O tenista dos Estados Unidos jogará na próxima etapa contra o argentino Leonardo Mayer, que bateu de virada o também italiano Matteo Berrettini, fechando partida por 2 sets a 1, com 5-7, 7-6 (5) e 6-3, em longas duas horas e 24 minutos.

Halep perde para australiana em Sydney

A romena Simona Halep, atual número 1 do mundo, foi eliminada nesta quarta-feira do WTA Premier de Sydney, logo na estreia, para a australiana Ashleigh Barty e, com isso, segue em jejum de vitórias iniciado em agosto do ano passado.

A tenista da casa, que ocupa a 15ª colocação na classificação do circuito feminino, passou pela adversária por 2 sets a 0, com duplo 6-4, em uma hora e 27 minutos de partida.

A última vez que Halep saiu de quadra vencedora de jogo foi nas semifinais do WTA Premier de Cincinnati, nos Estados Unidos, quando superou a bielorrussa Aryna Sabalenka. Depois disso, foi derrotada na decisão pela holandesa Kiki Bertens.

Posteriormente, vieram reveses nas estreias do US Open, diante da estoniana Kaia Kanepi; do WTA Premier de Wuhan, para a eslovaca Dominika Cibulkova; do WTA Premier de Pequim, para a tunisiana Ons Jabeur, e agora em Sydney.

Apesar do novo resultado negativo, a romena não tem ameaçada nesta semana a liderança do ranking mundial, mesmo se a alemã Angelique Kerber conquistar o título, já que defende os pontos por ter sido campeã no ano passado.

Barty, por sua vez, terá pela frente nas quartas de final a belga Elise Mertens, décima cabeça de chave, que superou hoje a estoniana Anett Kontaveit por 2 sets a 0, com 6-3 e 6-1. As duas tenistas tiveram que enfrentar maratona hoje, pois, entraram em quadra mais cedo para disputar complemento de partidas de primeira rodada.

Outra cabeça de chave, a norte-americana Sloane Stephens, quarta favorita, se despediu ao perder para a cazaque Yulia Putintseva, proveniente do qualifying, de virada, em jogo de três sets, fechado com 3-6, 7-6 (4) e 6-0.

A tenista do Leste Europeu enfrentará nas quartas a holandesa Kiki Bertens, número 7 da lista do chaveamento, que avançou graças a desistência da espanhola Garbiñe Muguruza, que sofreu com um quadro de gastroenterite aguda.

Já a tcheca Petra Kvitova escapou do dia de zebras, ao vencer a taiuanesa Su-Wei Hsieh por 2 sets a 0, com parciais de 7-6 (2) e 6-2, em uma hora e 38 minutos, entrando assim no caminho de Kerber na próxima etapa da competição.

A suíça Timea Bacsinszky, por sua vez, despachou a australiana Samantha Stosur, com 5-7, 6-4 e 6-3, e enfrentará nas quartas a bielorrussa Aliaksandra Sasnovich, que passou por outra tenista da casa Priscilla Hon, com 0-6, 6-3 e 6-3.


Fonte: https://www.correiodobrasil.com.br/john-isner-eliminado-estreia-atp-250-auckland/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias