Ir para o conteúdo

Correio do Brasil

Voltar a CdB
Tela cheia Sugerir um artigo

Lesão de Anthony Lopes ressalta falhas em protocolo de concussões, diz FIFPro

14 de Março de 2019, 13:24 , por Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 126 vezes

Lopes se machucou ao se lançar aos pés de Philippe Coutinho, do Barça, aos 22 minutos da partida de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões.

Por Redação, com Reuters – de Zurique

A lesão de Anthony Lopes, goleiro do Olympique de Lyon, no jogo de quarta com o Barcelona expôs falhas na maneira como o futebol profissional lida com concussões, disse o sindicato global de jogadores FIFPro nesta quinta-feira.

Philippe Coutinho disputa bola com goleiro Anthony Lopes em jogo Barcelona x Lyon pela Liga dos Campeões

Lopes se machucou ao se lançar aos pés de Philippe Coutinho, do Barça, aos 22 minutos da partida de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões.

Embora inicialmente parecesse que ele sairia de campo, o goleiro continuou em ação por mais 11 minutos até ser substituído.

Em um comunicado à agência inglesa de notícias Reuters, a FIFPro disse que o incidente “ressalta mais uma vez as falhas do protocolo de concussões atual no futebol profissional”, acrescentando que estas falhas “criam o risco de prejudicar seriamente a saúde dos jogadores”.

A Uefa, entidade organizadora do futebol europeu, e o Lyon não responderam de imediato a pedidos de comentário.

A FIFPro pediu um médico independente nas partidas para ajudar a decidir se um jogador com suspeita de concussão deveria continuar em campo, ao invés de deixar a decisão para os médicos dos times, como ocorre atualmente.

A entidade acrescentou que se deveria permitir a entrada de um substituto temporário para que a equipe médica tenha tempo de analisar se o jogador sofreu uma concussão.

– Receamos que, embora tais procedimentos sejam empregados com sucesso em diversos esportes, ainda não foram adotados pelo futebol profissional –, disse o comunicado.

Em seu protocolo para lidar com uma possível concussão, a Uefa diz que o árbitro deveria interromper o jogo por até três minutos “para permitir que o jogador lesionado seja avaliado pelo médico do time”.

Messi brilha

Lionel Messi marcou dois gols, deu assistência para mais dois e o Barcelona alcançou as quartas de final da Liga dos Campeões da Europa com estilo, esmagando o Olympique de Lyon por 5 a 1 em casa na quarta-feira.

Capitão do Barça, Messi abriu o placar em um pênalti cobrado com uma cavadinha aos 17 minutos do primeiro tempo, após Luis Suárez sofrer falta dentro da área, colocando seu time à frente no confronto após um jogo de ida sem gols na França.

Suárez, então, fintou o goleiro do Lyon, Anthony Lopes, para dar um passe perfeito ao desmarcado Philippe Coutinho, que empurrou para um gol vazio e dobrou a vantagem do Barcelona, ainda que o Lyon tenha voltado à disputa no segundo tempo, com gol de Lucas Tousart.

Messi, porém, logo acabou com qualquer esperança de uma improvável reação dos franceses, penetrando pela defesa para marcar mais um aos 33 minutos da etapa final, antes de brincar com a zaga do Lyon mais duas vezes e dar passes para Gerard Piqué e Ousmane Dembélé completarem a goleada.


Fonte: https://www.correiodobrasil.com.br/lesao-anthony-lopes-ressalta-falhas-protocolo-concussoes-fifpro/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias