Ir para o conteúdo

Correio do Brasil

Voltar a CdB
Tela cheia Sugerir um artigo

Medvedev diz que decisão de banir Rússia de Jogos de Inverno visa abalar clima pré-eleitoral

7 de Dezembro de 2017, 14:26 , por Jornal Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 27 vezes

Medvedev fez referência à eleição presidencial de março, na qual o presidente russo, Vladimir Putin, irá concorrer à reeleição

Por Redação, com Reuters – de Moscou:

O primeiro-ministro russo, Dmitry Medvedev, disse nesta quinta-feira que a decisão do Comitê Olímpico Internacional (COI) de banir a Rússia dos Jogos Olímpicos de Inverno do ano que vem foi tomada deliberadamente para abalar o clima pré-eleição no país.

Medvedev disse que as alegações de que a Rússia teria conduzido um programa de doping patrocinado pelo Estado, são “uma mentira descarada”

Medvedev fez referência à eleição presidencial de março, na qual o presidente russo, Vladimir Putin, irá concorrer à reeleição.

– Isso é política – disse Medvedev, em comentários transmitidos na TV estatal.

– A decisão foi tomada no aquecimento das eleições presidenciais no nosso país; visando criar um certo clima na nossa sociedade. No exterior, eles entendem muito bem a importância que o nosso país atribui a grandes conquistas nos esportes. Para milhões da nossa população, a decisão foi um golpe pesado.

Medvedev disse que as alegações de que a Rússia teria conduzido um programa de doping patrocinado pelo Estado, são “uma mentira descarada”.

Atletas

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse na quarta-feira que seu país não impedirá; que seus atletas participem da Olimpíada de Inverno de Pyeongchang de 2018 se quiserem; frustrando os clamores de alguns russos que pediam um boicote aos Jogos.

Na terça-feira o Comitê Olímpico Internacional (COI) baniu a equipe russa da Olimpíada devido ao surgimento de indícios de uma “manipulação inédita e sistemática” do sistema antidoping. Mas ofereceu como opção que alguns russos participem como competidores neutros se demonstrarem não ter um histórico de doping.

– Sem dúvida nenhuma, não declararemos um bloqueio, não impediremos que nossos olimpianos participem (dos Jogos); se um deles quiser participar em caráter pessoal – disse Putin na televisão estatal. Em seus primeiros comentários desde o banimento, Putin se voltou contra Grigory Rodchenkov, ex-diretor do laboratório antidoping de Moscou; cujas alegações de dopagem com patrocínio estatal e de acobertamento na Olimpíada de Inverno de Sochi de 2014 desencadearam investigações que acabaram levando à decisão do COI.

COI

Sem identificar Rodchenkov pelo nome, Putin disse que a decisão do COI foi “baseada principalmente nos testemunhos de uma pessoa cujas atitudes moral e ética e cujo estado psicológico provocam muitas dúvidas”. “A maioria das acusações são baseadas em fatos que não foram provados e são em grande parte infundadas”, afirmou Putin. O líder disse que a Rússia tem parte da culpa pela medida do COI por ter dado a autoridades olímpicas internacionais um pretexto para banir o país.

– Colocando com sutileza, acho que esta desculpa não foi usada de maneira honesta – disse Putin, sem entrar em detalhes.

Ele não recuou na insistência russa de que não existiu um sistema antidoping patrocinado pelo Estado.“Por que nossos olimpianos estão sendo proibidos de competir sob a bandeira russa e símbolos nacionais se não há apoio estatal ao doping? Então punam aqueles que são culpados”. Putin, que anunciou nesta quarta-feira que concorrerá à eleição presidencial do ano que vem, disse não ter orientado as autoridades a concederem vitórias à delegação russa nos Jogos de Sochi.        

O post Medvedev diz que decisão de banir Rússia de Jogos de Inverno visa abalar clima pré-eleitoral apareceu primeiro em Jornal Correio do Brasil.


Fonte: https://www.correiodobrasil.com.br/medvedev-diz-que-decisao-de-banir-russia-de-jogos-de-inverno-visa-abalar-clima-pre-eleitoral/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias