Go to the content

Correio do Brasil

Go back to CdB
Full screen Suggest an article

Novo presidente do BNDES é solução da cozinha de Paulo Guedes

June 17, 2019 18:42 , by Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Viewed 25 times

Joaquim Levy pediu para deixar a presidência do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), neste domingo, um dia após o presidente da República, Jair Bolsonaro, ameaçar publicamente demiti-lo se ele não afastasse um executivo do banco de fomento.

Por Redação – do Rio de Janeiro

O secretário especial adjunto do Ministério da Economia, Gustavo Henrique Moreira Montezano, assume o lugar do economista Joaquim Levy, na Presidência do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Montezano é economista, graduado em engenharia no IME e atuou como SEO de grupos econômicos; além de ser sócio do banco BTG Pactual. A solução doméstica para o escândalo em que se transformou a demissão de Levy, pela imprensa, quando soube do presidente Jair Bolsonaro que estava com sua “cabeça a prêmio”, segundo analistas ouvidos pela reportagem do Correio do Brasil, mostra o nível de repulsa dos quadros econômicos do país à gestão do mandatário neofascista.

Joaquim Levy foi ministro da fazenda da presidenta cassada Dilma Rousseff (PT)Joaquim Levy foi ministro da fazenda da presidenta cassada Dilma Rousseff (PT) e, agora, fritado até queimar por Jair Bolsonaro

Joaquim Levy pediu para deixar a presidência do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), neste domingo, um dia após o presidente da República, Jair Bolsonaro, ameaçar publicamente demiti-lo se ele não afastasse um executivo do banco de fomento.

No comunicado, Levy disse que já encaminhou o pedido de desligamento ao ministro da Economia, Paulo Guedes, responsável por nomeações na área econômica. Em comunicado, Levy agradeceu ao ministro pela confiança e disse que espera sucesso do país na aprovação de reformas.

“Agradeço também, por oportuno, a lealdade, dedicação e determinação da minha diretoria. E, especialmente, agradeço aos inúmeros funcionários do BNDES, que têm colaborado com energia e seriedade para transformar o banco”, disse Levy.

Uma das razões para a demissão de Levy, segundo analistas econômicos ouvidos pela reportagem do Correio do Brasil; além do viés político, foi a inexistência de uma ‘caixa preta’ no BNDES, mais uma denúncia vazia do presidente Bolsonaro, durante a campanha eleitoral.


Source: https://www.correiodobrasil.com.br/novo-presidente-bndes-cozinha-paulo-guedes/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias