Ir para o conteúdo

Correio do Brasil

Voltar a CdB
Tela cheia Sugerir um artigo

Novos avanços de tropas da Otan não serão tolerados, adverte a Rússia

16 de Janeiro de 2022, 13:27 , por Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 33 vezes

O governo da Rússia considera que, devido ao atual clima de tensão, será necessário manter tropas estacionadas na região fronteiriça com a Ucrânia. O porta-voz informou, ainda, que a Rússia não está fazendo nenhum tipo de ameaça com suas operações militares mas, caso a Otan siga se expandindo, terá que tomar certas medidas em resposta.

Por Redação, com Sputniknews – de Moscou

O porta-voz do governo russo, Dmitry Peskov, afirmou neste domingo que após a reunificação da Alemanha foi feita uma promessa não oficial de que a Organização do Tratado Atlântico Norte (Otan) não faria nenhum tipo de expansão para o leste. Os sinais, no entanto, apontam para direções opostas.

UcrâniaPresidente da Ucrânia, o ultradireitista Volodymyr Zelenskiy visita área em conflito na região de Donetsk, em um claro desafio às forças russas

— Quando a Alemanha foi reunificada e quando a então União Soviética e o líder da União Soviética, sr. Gorbachev, concordaram com isso, houve uma promessa do lado norte-americano. Infelizmente, não foi oficializada em um documento legalmente vinculativo. Mas existiu uma garantia de que a Otan nunca iria expandir sua infraestrutura militar ou política para o leste — ressaltou Peskov, em entrevista à rede norte-americana de TV CNN.

O governo da Rússia considera que, devido ao atual clima de tensão, será necessário manter tropas estacionadas na região fronteiriça com a Ucrânia.

Linha vermelha

O porta-voz informou ainda que a Rússia não está fazendo nenhum tipo de ameaça com suas operações militares mas, caso a Otan siga se expandindo, terá que tomar certas medidas em resposta.

— Nós vimos a gradual invasão da Otan no território ucraniano com infraestrutura, com seus instrutores, com envio de armamentos defensivos e ofensivos, treinamentos do Exército da Ucrânia, entre outras situações. Isso nos levou à linha vermelha, uma situação que não podemos mais tolerar — disse Peskov.

Kaliningrado

A cooperação entre os presidentes da Rússia, Vladimir Putin, e dos Estados Unidos, Joe Biden, foi citada como esperança para que a situação envolvendo OTAN e Rússia consiga ser acalmada.

— Eu acredito sinceramente que a sabedoria política de Putin e de Biden é uma ótima base para a continuidade das tentativas de chegarmos a um consenso — acrescentou o porta-voz do Kremlin à CNN.

O porta-voz também sublinhou que “a Rússia não vai discutir com ninguém a retirada de quaisquer mísseis, quaisquer armamentos de Kaliningrado, uma vez que Kaliningrado é território da Rússia”.


Fonte: https://www.correiodobrasil.com.br/novos-avancos-tropas-otan-nao-serao-tolerados-adverte-russia/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias