Ir para o conteúdo

Correio do Brasil

Voltar a CdB
Tela cheia Sugerir um artigo

Rio faz ações e demolição de construções irregulares em comunidade 

20 de Outubro de 2021, 14:12 , por Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 17 vezes

O local fica ao lado da Clínica da Família Maicon Siqueira, na altura da comunidade Asa Branca. A ação, da Subprefeitura de Jacarepaguá, contou com a Secretaria de Ordem Pública e o apoio da Secretaria de Conservação, da Comlurb, da Guarda Municipal e do 18º Batalhão da Policia Militar.

Por Redação, com ACS – de Rio de Janeiro

Agentes da prefeitura do Rio realizaram uma operação na terça-feira para demolir um lava-jato, barracos de madeira e cercados que abrigavam animais às margens do Rio Pavuninha, na Avenida Salvador Allende.

Operação da Subprefeitura de Jacarepaguá

O local fica ao lado da Clínica da Família Maicon Siqueira, na altura da comunidade Asa Branca. A ação, da Subprefeitura de Jacarepaguá, contou com a Secretaria de Ordem Pública e o apoio da Secretaria de Conservação, da Comlurb, da Guarda Municipal e do 18º Batalhão da Policia Militar.

– Estão achando que isso é bagunça, mas não aceitaremos mais esses absurdos. A Prefeitura está atuante e não vai permitir a ocupação de áreas públicas, especialmente nas margens dos rios – disse a subprefeita Talita Galhardo.

Os fiscais encontraram 20 grades da Prefeitura, usadas para impedir a travessia de pedestres no corredor do BRT, que tinham sido transformadas em cercas para dois bodes, galinhas e um cavalo. No local havia sacos de lixo e material reciclável.

Equipes da Cedae e a Light encontraram e cortaram oito ligações clandestinas de água e energia. Dois carros que estavam estacionados com as quatro rodas sobre a calçada, impedindo a passagem de pedestres, foram rebocados.

Patrulha Ambiental

Os fiscais da Patrulha Ambiental, da Secretaria de Meio Ambiente, também notificaram mais de 20 estruturas irregulares ao longo da Rua Francisco de Paula, do lado oposto do rio, onde há garagens, depósitos e alguns comércios, todos irregulares.  Os responsáveis foram orientados a desocupar a área.

Participaram da ação mais de 60 agentes públicos. A Comlurb retirou três caminhões de material inservível, utilizado nas construções irregulares.


Fonte: https://www.correiodobrasil.com.br/rio-faz-acoes-demolicao-construcoes-irregulares-comunidade/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias