Ir para o conteúdo

Correio do Brasil

Voltar a CdB
Tela cheia Sugerir um artigo

Seleção feminina da França bate recordes de audiência na TV

17 de Junho de 2019, 13:17 , por Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 15 vezes

Os ingressos para os jogos estão esgotando e redes de televisão estão aumentando o preço dos espaços para publicidade, à medida que milhões de pessoas ligam suas TVs para acompanhar o torneio.

Por Redação, com Reuters – de Paris

A França está mais uma vez vivendo a febre do futebol. Um ano depois de a equipe masculina vencer a Copa do Mundo da Rússia, o time feminino tem brilhado no Mundial realizado em casa e está alcançando recordes de audiência de TV.

Presidente francês, Emmanuel Macron, visita a seleção de futebol feminino do país

Os ingressos para os jogos estão esgotando e redes de televisão estão aumentando o preço dos espaços para publicidade, à medida que milhões de pessoas ligam suas TVs para acompanhar o torneio. As principais jogadoras estão rapidamente se tornando nomes comuns nas casas.

A TF1, principal emissora francesa do campeonato, esperava que a partida de estreia do time atraísse até 5 milhões de espectadores. Em vez disso, os números chegaram a 10,9 milhões, enquanto quase 1 milhão acompanharam o jogo no Canal+, uma plataforma de televisão paga da Vivendi.

A TF1

A TF1, propriedade do conglomerado familiar Bouygues, descreveu os números como um recorde francês para uma partida de futebol feminino.

Mas os recordes não ficaram por aí. No segundo jogo da França contra a Noruega, pela fase de grupos, os números de espectadores locais subiram a 11 milhões no TF1, em linha com o número de pessoas que assistiram às partidas de abertura da equipe masculina em 2018.

O surpreendente nível de interesse levou a TF1 a aumentar o custo dos espaços de publicidade em 50% a 60% no dia seguinte à primeira partida da França, reportou o jornal Le Parisien.

O crescimento

O crescimento no número de espectadores vai além dos jogos franceses. A partida da Inglaterra contra a Argentina atraiu quase 1,5 milhão de espectadores no TF1, enquanto até 1,1 milhão de pessoas ligaram suas TVs para assistir aos Estados Unidos.

O futebol feminino está solidamente crescendo em popularidade em muitas partes do mundo. A Fifa disse que recebeu um número recorde de manifestações de interesse para sediar o próximo campeonato feminino de 2023, incluindo uma candidatura conjunta das associações de futebol da Coreia do Sul e Coreia do Norte.

Rivalidade entre Índia e Paquistão

Fãs barulhentos de críquete de Índia e Paquistão trouxeram um gostinho das regiões à Manchester no domingo, com seu entusiasmo não afetado pela ameaça de chuva em torno de uma partida da Copa do Mundo entre os rivais regionais que atrairão uma enorme audiência global.

Os organizadores receberam quase 800 mil pedidos de ingressos no estádio com capacidade para 23 mil pessoas na cidade do norte da Inglaterra, para assistirem ex-campeões que jogam entre si apenas em torneios globais por causa de suas relações políticas azedadas.

Espera-se que outro bilhão de pessoas assista à partida pela televisão.

Old Trafford

O campo de críquete Old Trafford tinha uma atmosfera festiva, com os fãs de ambos os lados vestindo camisetas de réplica, chapéus coloridos e buzinas que soavam quando eles começaram a entrar.

O Paquistão nunca venceu a Índia em uma Copa do Mundo, mas os homens de Sarfaraz Ahmed receberam um incentivo do primeiro-ministro Imran Khan, ex-jogador de críquete que levou o país ao seu primeiro troféu da Copa do Mundo em 1992.

– Dada a intensidade da partida, ambas as equipes estarão sob grande pressão mental e o poder da mente decidiu o resultado do jogo – disse Khan em um de seus tweets.

Os vizinhos, armados com armas nucleares, entraram em guerra três vezes desde a independência em meados do século 20, e outro conflito quase eclodiu no início deste ano, aumentando as tensões em torno da ação no campo.


Fonte: https://www.correiodobrasil.com.br/selecao-feminina-franca-recordes-audiencia-tv/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias