Ir para o conteúdo

Correio do Brasil

Voltar a CdB
Tela cheia Sugerir um artigo

Sterling pede desculpas a árbitro por pênalti inexistente em jogo do Manchester City

8 de Novembro de 2018, 13:08 , por Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 25 vezes

Quando o City vencia por um gol no primeiro tempo, Sterling entrou na área e tropeçou ao tentar chutar a bola por baixo para encobrir o goleiro Andriy Pyatov.

Por Redação, com Reuters – de Londres/Turim

O ponta Raheem Sterling, do Manchester City, pediu desculpas ao árbitro húngaro Viktor Kassai pela marcação de um pênalti que claramente não ocorreu na vitória de 6 a 0 sobre o Shakhtar Donetsk, na quarta-feira, pela Liga dos Campeões.

Raheem Sterling cai na área em lance que juiz marcou pênalti

Quando o City vencia por um gol no primeiro tempo, Sterling entrou na área e tropeçou ao tentar chutar a bola por baixo para encobrir o goleiro Andriy Pyatov.

Nenhum jogador o marcava, muito menos o tocou, mas Kassai apontou para a marca do pênalti.

– Fui chutar a bola por baixo e não sei o que aconteceu. Não senti nenhum contato. Raspei na bola. Desculpas ao juiz – disse Sterling após o jogo.

O técnico português do Shakhtar, Paulo Fonseca, riu quando foi indagado sobre a decisão.

– É difícil falar de um pênalti depois de um resultado desse – mas é ridículo, é tudo que posso dizer.

– Todo mundo viu, mas não foi por causa do pênalti que perdemos o jogo – acrescentou.

O treinador do City, Pep Guardiola, concordou que o árbitro errou feio e disse que o incidente ressaltou a necessidade da adoção do árbitro de vídeo (VAR).

– Percebemos que não foi um pênalti. Não gostamos de fazer gols nesta situação –, disse Guardiola, que reconheceu que Sterling poderia ter alertado o juiz na ocasião.

– Vocês conhecem o VAR e o que é, o árbitro precisa ser auxiliado porque não quer cometer erros.

– O jogo é muito rápido, muito veloz hoje em dia. Levaria 10 segundos para alguém dizer algo ao árbitro – acrescentou.

Cristiano Ronaldo

O atacante Cristiano Ronaldo, da Juventus, disse que seu ex-time Manchester United não fez nada para merecer a vitória de 2 a 1 sobre o clube de Turim na partida de quarta-feira da Liga dos Campeões.

– Dominamos a partida, tivemos mais chances e poderíamos ter vencido – disse o português em entrevistas à televisão após o jogo.

– O Manchester não fez nada para merecer a vitória, nem sequer tiveram sorte, porque você faz a própria sorte. Foi só nosso presente para eles.

A derrota foi a primeira da Juve em 15 jogos em todas as competições desde que Ronaldo chegou ao clube oriundo do gigante espanhol Real Madrid em julho.

– A Liga dos Campeões é especial, você nunca pode relaxar, tudo pode acontecer – afirmou.

Ronaldo havia colocado a Juventus na frente aos 20 minutos do segundo tempo com um ataque tipicamente espantoso, mas os visitantes reagiram duas vezes nos últimos cinco minutos.

– Não percebi que foi um gol fantástico até ver o replay – disse. “Fiquei feliz com o gol, mas decepcionado porque deveríamos ter ganhado o jogo facilmente por três ou quatro gols”.


Fonte: https://www.correiodobrasil.com.br/sterling-desculpas-arbitro-penalti-jogo-manchester-city/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias