Ir para o conteúdo

Correio do Brasil

Voltar a CdB
Tela cheia Sugerir um artigo

Suspeitos são presos em ação policial na comunidade do Jacarezinho

20 de Setembro de 2018, 14:26 , por Correio do Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 21 vezes

Segundo o balanço do Comando Militar do Leste (CML), também foram apreendidas duas armas e mais de 60 quilos de drogas.

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro

Uma operação das Forças Armadas e da Polícia Militar prendeu nesta quinta-feira três suspeitos na comunidade do Jacarezinho, Zona Norte do Estado do Rio. A ação tem o objetivo de remover barricadas, revistar pessoas e veículos, e checar antecedentes criminais.

Três suspeitos são presos em operação na comunidade do Jacarezinho

Segundo o balanço do Comando Militar do Leste (CML), também foram apreendidas duas armas e mais de 60 quilos de drogas.

Ao todo, cerca de 420 militares e 90 policiais participaram da operação. De acordo com o CML, os policiais trabalharam na verificação de denúncias de atividades criminosas, principalmente relacionadas à venda de drogas.

Ainda segundo o Comando Militar, existe a possibilidade de que algumas vias e acessos à região sejam interditadas durante a ação. Mandados judiciais também poderão ser cumpridos.

Angra dos Reis

As Forças Armadas já prenderam 16 pessoas em uma operação realizada em oito comunidades de Angra dos Reis, na costa sul Fluminense. A ação, que faz parte das medidas da intervenção federal na segurança do Rio de Janeiro, começou na semana passada.

Além das prisões, os militares apreenderam uma pistola, três espingardas e cinco granadas, além de munição e drogas. Um corpo foi encontrado  na comunidade de Sapinhatuba II. Segundo o Comando Conjunto das Forças Armadas, a vítima foi morta durante um confronto entre facções rivais na noite de quarta-feira.

Ainda de acordo com o Comando Conjunto, não foram registrados confrontos entre criminosos e militares. A ação contou com o apoio das polícias Civil e Militar.

Cerca de 2,2 mil militares, 160 policiais militares e 70 policiais civis participaram da operação, que começou de madrugada e contou com o apoio de blindados e aeronaves.

Além das prisões e apreensões, eles revistaram 2,1 mil pessoas, nas comunidades de Parque Belém, Areal, Sapinhatuba (I, II e III), Lambicada, Camorim Grande e Camorim Pequeno, onde vivem cerca de 23 mil pessoas. Também foram removidas barricadas montadas por traficantes.


Fonte: https://www.correiodobrasil.com.br/suspeitos-presos-comunidade-jacarezinho/

Rede Correio do Brasil

Mais Notícias