Ir para o conteúdo

Everton de Andrade

Voltar a Blog Ponto de Vista
Tela cheia

Cuidado com os biarticulados

23 de Julho de 2017, 22:43 , por Everton de Andrade - 0sem comentários ainda | No one following this article yet.
Visualizado 82 vezes
Licenciado sob CC (by)

Os curitibanos convivem há vinte e quatro anos com um grande veículo de transporte coletivo nas ruas da cidade, o ônibus biarticulado.

Parece-me que, com o passar do tempo, as pessoas se acostumaram com o biarticulado na paisagem urbana de Curitiba, a ponto de subestimarem as consequências de uma colisão com esse tipo de veículo.

De forma inédita para mim, nesse ano já estive em dois ônibus que sofreram acidentes, um com uma pedestre e outro com um motociclista. E, na minha interpretação, as vítimas se colocaram em situação de risco nas duas ocasiões.

Além disso, é comum observar os ciclistas utilizarem as vias exclusivas dos ônibus, o que também pode gerar acidentes fatais.

Ressalto que o tempo de frenagem de veículos longos e pesados é diferente da frenagem de carros ou motocicletas. Mesmo que o motorista do ônibus queira, o biarticulado poderá não ter condições de frear no tempo e espaço necessários para evitar um acidente, conforme a velocidade, a quantidade de passageiros no veículo e a condição de umidade da pista.

Portanto, é importante que todos estejamos atentos no trânsito, para evitarmos acidentes e transtornos desnecessários aos trabalhadores do transporte coletivo.


Tags deste artigo: segurança no trânsito transporte coletivo

0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos realçados são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar

    Everton de Andrade