Ir para o conteúdo
ou

Thin logo

João Alberto Farias da Fontoura

Tela cheia
 Feed RSS

Blog do JAFFONTOURA

3 de Abril de 2011, 21:00 , por Desconhecido - | No one following this article yet.

Militante do Partido dos Trabalhadores e da Central de Movimentos Populares(CMP), Conselheiro Municipal de Justiça e Segurança(COMJUS). Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil. Twettes@jaffontoura


Marcha de la dignidad

24 de Março de 2014, 19:43, por João Alberto Farias da Fontoura - 0sem comentários ainda



Quilombo do Sopapo

22 de Março de 2014, 17:11, por João Alberto Farias da Fontoura - 0sem comentários ainda
Objetos Poéticos: Oficina de artes visuais e poesia com Alfonso Sánchez-Martinéz, no Quilombo do Sopapo. Inscreva-se!
 
O Ponto de Cultura Quilombo do Sopapo realiza, no período de 27 a 31 de Março de 2014, a Oficina de Artes Visuais e Poesia “Objetos Poéticos”com o artista chileno de artes integradas Alfonso Sánchez-Martínez.
 
Fonte: Guayí

 LEANDRO SILVA

Artista Bonequeiro
Contato: + 55 51 3024.3058 | + 55 51 8269.4614
Blog Fuzuê: www.fuzue-rede-animada.blogspot.com
oficina_objeto2


Porto Alegre

22 de Junho de 2013, 19:07, por João Alberto Farias da Fontoura - 0sem comentários ainda

20/06/2013

 




DEMOCRATIZAÇÃO DA COMUNICAÇÃO

24 de Abril de 2013, 21:00, por João Alberto Farias da Fontoura - 0sem comentários ainda

Projeto de iniciativa popular por democratização da mídia vai às ruas dia 1º

O documento trata da regulamentação de rádio e televisão, além dos artigos sobre comunicação da Constituição, como os que tratam da defesa de conteúdo nacional, diversidade regional e a produção independente. Para ser apreciado pelo Congresso, projeto deve recolher no mínimo 1,3 milhão de assinaturas. Leia mais...

Fonte: Carta Maior



Viva a Revolução

15 de Abril de 2013, 21:00, por João Alberto Farias da Fontoura - 0sem comentários ainda

Nicolás Maduro e a vitória da Revolução Bolivariana

Por Erick da Silva

Nicolás Maduro venceu as eleições presidências na Venezuela. Neste domingo (14), Maduro, o candidato da Revolução Bolivariana, venceu o direitista Henrique Capriles por 50,66% a 49,07%. A diferença é de cerca de 200 mil votos. O comparecimento às urnas foi de 78,71% dos eleitores.
Foi uma vitória apertada, muitos acreditavam que Maduro poderia ampliar (ou igualar) a vantagem obtida por Hugo Chávez de 12% (56 a 44%) das eleições de outubro do ano passado, quando Capriles enfrentou Chávez em sua última disputa. Esta vitória, por uma pequena margem, foi um tanto quanto inesperada. Pode ter sido uma vitória apertada, mas ainda sim foi uma vitória de inegável legitimidade.

Leia na íntegra

Fonte: Aldeia Gaulesa