Ir para o conteúdo

Luiz Muller Blog

Voltar a Blog
Tela cheia Sugerir um artigo

Com malária, Camila Pitanga diz que SUS é o melhor lugar para tratar doença rara

11 de Agosto de 2020, 10:24 , por Luíz Müller Blog - | No one following this article yet.
Visualizado 15 vezes
Camila Pitanga Foto: Tavinho Costa/ reprodução/ instagram

Do DCM :

Camila Pitanga usou as redes sociais nesta segunda-feira, 10, para contar que ela e a filha testaram positivo para malária. Elas estavam em isolamento social em uma zona de Mata Atlântica, no litoral de São Paulo.  Ambas foram atendidas no Hospital das Clínicas e Camila Pitanga elogiou o tratamento no Sistema Único de Saúde (SUS).

“Foram 10 dias de muito sufoco. Entre picos de febre alta, calafrios e total incerteza. Havia a sombra da possibilidade de estar com covid-19. Somente no domingo recebi o resultado negativo do meu PCR. Mas no lugar de me aliviar, permanecia a agonia pois eu não fazia ideia do que eu poderia ter. Estava à deriva. Pois bem, uma amiga minha suspeitou que esses picos de febre associados ao fato de estar em isolamento social numa zona de Mata Atlântica no litoral de São Paulo podia ser malária. Fui indicada a conversar com dois infectologistas”, conta.

Camila Pitanga disse que conversou com dois médicos ainda no domingo à noite, por telefone. Um deles a orientou a procurar o Hospital das Clínicas da USP.

“Uma vez que a suspeita era malária, doença muito rara, não há melhor lugar para você ser tratado do que a rede SUS, local de referência e excelência para doenças endêmicas. No HC, fui prontamente atendida por uma mulherada. Sim, uma equipe 100% de mulheres fantásticas do laboratório da Sucen. Faço questão de dar seus nomes: Ana Marli Sartori, Silvia Maria di Santi, Dida costa, Simone Gregorio, Renata Oliveira e tão importantes quanto, as agentes de saúde Cida Kikuchi e Gildete Santos. Todas foram extremamente profissionais, eficientes e gentis”, relata.


Fonte: https://luizmuller.com/2020/08/11/com-malaria-camila-pitanga-diz-que-sus-e-o-melhor-lugar-para-tratar-doenca-rara/

Novidades