Ir para o conteúdo

Luiz Muller Blog

Voltar a Blog
Tela cheia Sugerir um artigo

Estudantes pedem Destituição de Reitor nomeado por Bolsonaro para a Universidade da Fronteira Sul

19 de Setembro de 2019, 11:31 , por Luíz Müller Blog - | No one following this article yet.
Visualizado 12 vezes

Consuni aprova acordo proposto por estudantes e convoca sessão para aprovar o pedido de destituição no dia 30 de setembro

A UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL tem Campi em Cerro Largo, Erechim e Passo Fundo no RS e Chapecó, Laranjeiras do Sul e Realeza em Santa Catarina.

Mostrando disposição de seguir as vias legais, Estudantes ocuparam a Reitoria da Universidade e exigiram o cumprimento dos ritos legais. Assim, o Conselho Universitário foi instado a pautar a Destituição do INTERVENTOR nomeado por Bolsonaro e na sequencia empossar o Reitor Eleito pela Comunidade Universitária.

Não há outro caminho para a salvação das Universidades Brasileiras a não ser ações deste tipo e também a unificação dos Movimentos em todas as Universidades, construindo uma Grande Greve Geral da Universidades Brasileiras. Este é o caminho para SALVAR A EDUCAÇÃO E A PESQUISA NO BRASIL,. Senão, a 90% da população ou mais, restará a barbárie absoluta. E não falo só da Educação e da pesquisa em si, mas de tudo que dela advém, como combate a endemias, epidemias e doenças as mais variadas.

A narrativa a seguir, é do SINDUFFS

Apesar de resistência do reitor nomeado, inclusão de votação na pauta foi aprovada por maioria absoluta do Conselho Universitário

Reunido nesta quarta-feira (18), em Sessão Ordinária, o Conselho Universitário da UFFS (Consuni), analisou as condições apresentadas pelos estudantes para um acordo que leve à desocupação do prédio da Reitoria, ocupado desde o dia 30 de agosto pelo Movimento Ocupa UFFS, contrário à nomeação como reitor de Marcelo Recktenvald, terceiro colocado em consulta pública.
Com 43 votos favoráveis, 4 contrários e 3 abstenções, após longa discussão, dificultada pelo reitor nomeado, foi incluída na pauta o debate das condições dos estudantes do Movimento Ocupa UFFS para acordo entre as partes. O Conselho convocou sessão para aprovar o pedido de destituição no dia 30 de setembro.
Em reunião, o reitor declarou: “Não irei renunciar, se o Conselho quiser indicar ao presidente, tem esse direito, mas acredito que só irá gerar desgaste”.

A proposta de acordo enviada pelos estudantes do movimento Ocupa UFFS para que o prédio da Reitoria fosse desocupado e aprovadas na reunião, foram:

1 – Convocação de sessão especial do Conselho Universitário para deliberação do pedido de recomendação da destituição de Marcelo Rocktenvald do cargo de reitor, a qual deverá ocorrer até a data limite de 30 de setembro de 2019;
2 – Convocação de assembleia da comunidade acadêmica para, em caráter consultivo, se manifestar sobre a proposta de destituição de Marcelo Rocktenvald do cargo de reitor, a qual deverá ocorrer antes da sessão mencionada no item 1.
3 – Convocação de sessão especial do Conselho Universitário para deliberação da não adesão da UFFS ao programa Future-se, a qual deverá ocorrer até a data limite de 30 de setembro de 2019;
4 – Convocação de assembleia da comunidade acadêmica para, em caráter consultivo, se manifestar sobre a não adesão da UFFS ao programa Future-se, a qual deverá ocorrer antes da sessão mencionada no item 1;
5 – Compromisso do Conselho Universitário de não haver prejuízos disciplinares e acadêmicos aos estudantes e aos servidores devido ao envolvimento em manifestações.


Fonte: https://luizmuller.com/2019/09/19/estudantes-pedem-destituicao-de-reitor-nomeado-por-bolsonaro-para-a-universidade-da-fronteira-sul/

Novidades