Ir para o conteúdo

Luiz Muller Blog

Voltar a Blog
Tela cheia Sugerir um artigo

Possível Lockdown no RS: Eduardo Leite se enrola e tropeça nas bandeiras que criou a pedido da gente dele

3 de Julho de 2020, 11:09 , por Luíz Müller Blog - | No one following this article yet.
Visualizado 13 vezes

Pois como disse este Blogueiro a duas semanas, Eduardo Leite se enrolou mesmo nas bandeiras que criou. Tivesse tratado todo o Estado do mesmo jeito, mantendo tudo como começou, sob controle, preferiu seguir as pressões e abriu. O que veio depois da “abertura” a gente já sabe: Os hospitais estão ficando no limite e provavelmente neste fim de semana já vão faltar leitos. Os médicos vão ter que escolher ali, no corredor do hospital, quem vai ser entubado pra tentar sobreviver e quem não vai ser entubado e vai morrer ali no corredor mesmo.
O Leite começou até bem, se comparado com outros governadores como RJ, MG e SP por exemplo. Mas Eduardo Leite não tem compromisso com o povo e com os trabalhadores. Ele tem compromisso com os empresários que o pressionaram. Aí inventaram as tais das bandeiras coloridas e fincaram pelo Rio Grande. O Leite acreditou que a gente dele, os empresários que só pensam em ganhar dinheiro, iam respeitar. Não só não respeitaram as bandeirinhas, como passaram a pressionar para mudar as cores. E ai não teve jeito. Eduardo Leite e os Prefeitos mudaram as cores e abriram lojas, shoppings e outros que tais.
O Vírus que estava louco pra se propagar, mandou a fatura. E quem vai morrer são os mais pobres, que não tem como ficar em casa, por que se a firma tá aberta e o patrão cobra a presença do trabalhador, se este não for, vai pro olho da rua. Aí ele vai. E reza ou conta com o acaso pra não pegar o Vírus ou não ficar muito doente.
Já o patrão vai ficar em casa, é claro. E se for pra firma, vai de carro, não de busão lotado com um monte de gente espirrando,tossindo e largando “goticulas” pelo ambiente.
Eduardo Leite desfraldou as bandeiras de acordo com os interesses dos dele. Agora vai fazer o tal Lockdown no RS. Ou seja, vai fechar tudo mesmo.
Agora é tarde.
Eduardo Leite tropeçou nas bandeiras que desfraldou…

Na semana passada este blogueiro antecipou o que aconteceria com as bandeiras, Houve até prefeito sacaneando e computando Leitos de UTI privados como se públicos fossem, pra dizer que tal município estava em condições de saltar de bandeira “vermelha pra amarela”. Mas Leito privado é pra quem tem. Não pro povo que não tem dinheiro pra pagar plano de saúde.

Na verdade todos estes leitos deveriam estar para o povo todo. Mas não estão. A gente que apóia o Liberalismo do Eduardo Leite não aceita se misturar com o povo que trabalha pra produzir o seu próprio salario e ainda garantir o lucro e os dividendos deles.

Segue o artigo deste blog de 15 dias atrás:

Enquanto Bolsonaro pisoteia os mortos, Eduardo Leite vai se enrolando nas bandeiras que desfraldou a pedido de sua gente rica

Publicado em junho 15, 2020 por LUIZ MÜLLER

Eduardo Leite tentou fazer média com empresários e com o povo trabalhador ao mesmo tempo no meio da Guerra ao Corona Vírus. Pra isto inventou as tais bandeiras coloridas por região, que supostamente estariam baseadas em “dados técnicos” para liberar mais(bandeira amarela até bandeira vermelha) liberar pouco o tal “mercado” a pedido do empresariado gaúcho, mesmo antes de chegarmos ao pico da Pandemia aqui pelos pagos rio grandenses. Na verdade os dados técnicos falam de “leitos de UTI disponíveis”. E eis que aparecem leitos vagos em Municípios que não os tinham registrado junto ao SUS. Só em Uruguaiana, do nada, apareceram 8 destes leitos. Mas já aparecem também em outras cidades, assim do nada, para dar suporte a argumentação do empresariado local, que não contente nem com a bandeirinha colorida que lhe permite abrir um pouco, já decidiram abrir bem mais logo de cara.

A diferença na conta dos leitos é simples, mas o Eduardo Leite também vai esconder: Há leitos de UTI e muitos outros leitos vagos, mas não estão disponíveis pro povão. São leitos da Rede Privada, de quem tem grana pra pagar. Em qualquer outro país do mundo estes leitos já estariam todos sob o controle do governo, a serviço do SUS pra atender de forma universal e igual, todos que precisam, em função da pandemia. Mas não. E estes leitos que não estarão disponíveis pro povão quando o povão adoecer, como já esta acontecendo, servem de argumento pra botar uma bandeirinha colorida que libera mais ou menos gente pra ir se contaminar na rua, tendo que trabalhar, já que nem Bolsonaro e nem Eduardo Leite garantem o salário destes que precisam dele pra viver. Mas na hora que bater nos 100% de leitos do SUS ocupados, trabalhadores vão morrer por que não terão os respiradores e leitos de UTI que foram usados de argumento pra liberar o trabalho e obrigar a quem precisa ir pro trabalho, se sujeitar a se contaminar.

Na verdade os Gaúchos e Brasileiros estão entregues a própria sorte, por que não existe nenhuma estratégia nacional clara de amparo a vida. Bolsonaro segue Trump, que não se importa em colocar seu povo para ser contaminado, por que não se importa com quantos vão morrer. O que ele quer é que a turma que sempre ganhou dinheiro, ganhe mais ainda.

E a não ser as bandeirinhas coloridas por região, o que diferencia de fato Eduardo Leite e esta gente rica que tem Leito de UTI e rede privada a disposição, que manda os trabalhadores de forma obrigatória a frente de batalha, enfrentar o Vírus e se sujeitar a contaminar e contaminar sua própria família e que não terão leitos a disposição quando a tragédia bater?

Não é o COVID que transformou o Brasil nesta nhaca em que estamos. Isto começou antes, lá em 2016, quando Bolsonaro, Leite, Marchezan e toda esta curriola estavam juntos bradando “contra a corrupção”, num tempo onde todos tinham empregos e o SUS, apesar de não ser perfeito, era referência de Sistema Público de Saúde pro mundo todo.

Bolsonaro é fascista, como até a Rede Globo, que o apoiou, já mostra em seus programas. Mas Eduardo Leite e Marchezan são hipócritas, por que sabiam o que estavam chocando no seu ninho de tucanos e mesmo assim seguiram e seguem os passos do fascista, mas com bandeirinhas coloridas.

Logo logo as bandeiras coloridas do Eduardo Leite vão se transformar em bandeiras pretas de luto, principalmente pra aqueles que não recebem o mínimo pra viver do Estado em tempos de crise, e são obrigados a ir trabalhar.


Fonte: https://luizmuller.com/2020/07/03/possivel-lockdown-no-rs-eduardo-leite-se-enrola-e-tropeca-nas-bandeiras-que-criou-a-pedido-da-gente-dele/

Novidades