Ir para o conteúdo

Cúpula dos Povos

Voltar a Notícias da ONU
Tela cheia Sugerir um artigo

Delegações de 194 países se reúnem em Genebra para definir futuro da OMS

21 de Maio de 2018, 11:43 , por ONU Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 24 vezes
Assembleia Mundial da Saúde começou nesta semana em Genebra. Foto: OPAS

Assembleia Mundial da Saúde começou nesta semana em Genebra. Foto: OPAS

Teve início nesta segunda-feira (21), em Genebra, a 71ª Assembleia Mundial da Saúde. Evento reúne até o próximo sábado (26) delegações dos 194 países que fazem parte da Organização Mundial da Saúde (OMS). Representantes nacionais definirão o programa de trabalho da agência da ONU pelos próximos cinco anos. Com iniciativas de prevenção e tratamento, a OMS pode salvar 29 milhões de vidas até 2023.

“Este é um ano muito importante para a Assembleia. Por ocasião do 70º aniversário da OMS, estamos celebrando 70 anos de progresso na saúde pública, que aumentaram 25 anos de expectativa de vida no mundo, que salvaram a vida de milhões de crianças e que alcançaram enormes avanços na erradicação de doenças mortais como a varíola, e em breve, a poliomielite”, avalia o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

O encontro na Suíça acontece em meio a um novo surto de ebola na África. Segundo a agência das Nações Unidas, o reaparecimento da doença é um lembrete de que os riscos de saúde global podem emergir a qualquer momento. Um sistema de saúde frágil em qualquer país pode representar um perigo para o mundo.

A assembleia discutirá as atividades da OMS para lidar com diferentes problemas de saúde — do enfrentamento à pólio à promoção da atividade física, do combate à escassez de medicamentos e vacinas à prevenção e tratamento de picadas de cobras. Debates abordarão como o trabalho da agência da ONU pode ajudar os países a cumprir das metas de saúde dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Os ministros e autoridades de saúde também foram convidados a falar no plenário “Saúde para todos: compromisso com a cobertura universal de saúde”. Pelo menos 20 delegações das Américas participarão do debate geral. As representações de cada país receberão relatórios técnicos sobre atenção primária à saúde como elemento-chave para alcançar a saúde universal; saúde, meio ambiente e mudança climática; e o papel dos parlamentares na conquista da saúde universal e da segurança sanitária global.

A assembleia é o órgão de decisão máximo da OMS. Sua principal função é determinar as políticas da organização, nomear o diretor-geral, supervisionar as políticas financeiras e revisar e aprovar o orçamento.

No domingo (20), a OMS promoveu uma caminhada em Genebra para conscientizar sobre a importância dos exercícios físicos. Corrida teve a participação de dirigentes da ONU, como Tedros Ghebreyesus, e ministros.

Agências da ONU participam do encontro

Além das delegações e de especialistas da OMS, também participam da reunião equipes da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS).

A OPAS terá exposições itinerantes durante os dias da Assembleia. As missões de países das Américas promoverão diferentes eventos paralelos sobre saúde universal, doenças não transmissíveis, tuberculose, transplante de órgãos, resistência antimicrobiana e acesso a medicamentos, entre outros temas.

Ao longo da semana, o UNAIDS participará de diálogos sobre câncer cervical, atenção primária e cobertura universal de saúde, com foco na eficiência de agentes comunitários de saúde.


Fonte: https://nacoesunidas.org/delegacoes-de-194-paises-se-reunem-em-genebra-para-definir-futuro-da-oms/

Rio+20 ao vivo!