Ir para o conteúdo

Cúpula dos Povos

Voltar a Notícias da ONU
Tela cheia Sugerir um artigo

Em Washington, chefe da ONU assina acordo com Banco Mundial e se reúne com Trump

21 de Maio de 2018, 15:40 , por ONU Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 11 vezes
O secretário-geral da ONU, António Guterres, e o presidente norte-americano, Donald Trump, em reunião na Casa Branca, em Washington. Foto: Casa Branca

O secretário-geral da ONU, António Guterres, e o presidente norte-americano, Donald Trump, em reunião na Casa Branca, em Washington. Foto: Casa Branca

As Nações Unidas e o Banco Mundial assinaram na sexta-feira (18) um acordo para trabalharem juntos no apoio aos países na implementação da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável e para atingir resultados mensuráveis na transformação de suas economias e sociedades.

O acordo, conhecido como Estrutura de Parceria Estratégica (SPF, na sigla em inglês), inclui quatro áreas de cooperação.

As duas instituições irão cooperar para encontrar recursos necessários para ajudar os países a atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e aprimorar os dados disponíveis para melhorar os resultados de desenvolvimento.

Eles também estimularão conjuntamente a ação global sobre a mudança climática e trabalharão lado a lado em situações humanitárias.

Adotada pelos Estados-membros da ONU em 2015, a Agenda 2030 e seus 17 ODS são um apelo universal à ação para acabar com a pobreza, proteger o planeta e garantir que todas as pessoas desfrutem da paz e da prosperidade.

O SPF, assinado pelo secretário-geral da ONU, António Guterres, e pelo presidente do Grupo Banco Mundial, Jim Yong Kim, em Washington, é baseado em colaborações passadas entre as duas entidades e impulsionam nova parceria.

O objetivo da iniciativa é mobilizar maior e melhor financiamento de todas as fontes, inclusive por meio de recursos internos, e ajudar os países a atrair e administrar capital privado; melhorar a capacidade de implementação para alcançar os ODS, particularmente nos níveis nacional e local.

Outros objetivos incluem promover ações conjuntas e investimentos para melhorar a infraestrutura e impulsionar o capital humano, incluindo educação e saúde; convocar governos, instituições financeiras, investidores privados e bancos de desenvolvimento para mobilizar, coordenar e fornecer financiamento para ajudar os países a fazer a transição para um futuro resiliente e de baixo carbono.

Também prevê reforçar a colaboração e a ação conjunta em contextos de crise humanitária para criar resiliência para as pessoas mais vulneráveis, reduzir a pobreza e a desigualdade, aumentar a segurança alimentar, prevenir conflitos e manter a paz; melhorar os sistemas estatísticos nacionais e melhorar as capacidades de dados digitais dos países para melhorar a implementação e maximizar os impactos positivos do desenvolvimento.

Também sugere expandir e aprofundar parcerias em políticas de desenvolvimento e de advocacy, análise e avaliação conjunta e concepção e entrega de programas.

Paralelamente, o chefe da ONU se reuniu com o presidente norte-americano, Donald Trump, na Casa Branca.

“O secretário-geral (da ONU) e o presidente (dos Estados Unidos) discutiram a situação no Oriente Médio, na Península Coreana e da reforma das Nações Unidas em andamento. O secretário-geral expressou seu agradecimento pelo envolvimento contínuo dos EUA no trabalho das Nações Unidas”, de acordo com comunicado.

Secretário-geral da ONU, António Guterres (esquerda), e o presidente do Grupo Banco Mundial, Jim Yong Kim, em Washington. Foto: Banco Mundial/Grant Ellis

Secretário-geral da ONU, António Guterres (esquerda), e o presidente do Grupo Banco Mundial, Jim Yong Kim, em Washington. Foto: Banco Mundial/Grant Ellis


Fonte: https://nacoesunidas.org/em-washington-chefe-da-onu-assina-acordo-com-banco-mundial-e-se-reune-com-trump/

Rio+20 ao vivo!