Ir para o conteúdo

Cúpula dos Povos

Voltar a Notícias da ONU
Tela cheia Sugerir um artigo

Língua francesa aproxima culturas diferentes e tece laços de solidariedade no mundo, diz UNESCO

20 de Março de 2017, 16:06 , por ONU Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 19 vezes
Para UNESCO, língua francesa é ferramenta para a paz e para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Foto: ONU

Para UNESCO, língua francesa é ferramenta para a paz e para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Foto: ONU

Por ocasião do Dia Internacional da Francofonia, lembrado nesta segunda-feira (20), a diretora-geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), Irina Bokova, afirmou que a língua francesa consegue “aproximar continentes e comunidades de diferentes origens, culturas e crenças”, sendo responsável por “tecer laços de solidariedade” entre diferentes países. Mais de 220 milhões de pessoas falam francês no mundo.

“A língua francesa cristaliza séculos de cultura e de história. Ela também carrega valores universais de dignidade e liberdade”, disse. O francês é ainda, segundo Bokova, “a base de um sentimento comum de pertencimento para os seus falantes, que podem exprimir seu pensamento segundo seu coração, sem recorrer a estrangeirismos na linguagem”.

“A UNESCO expressa seu compromisso irredutível em promover a diversidade linguística e cultural como princípio inerente à dignidade humana, como motor do diálogo e da paz”, garantiu a diretora-geral.

Foi em francês que Pascal, Voltaire e Rousseau lideraram a luta pela tolerância, pela democracia e pelos direitos humanos #Francofonia

— UNESCO no Brasil (@UNESCOBrasil) 20 de março de 2017

A chefe da agência da ONU lembrou que foi em francês que “a escritora argelina Assia Djebar defendeu os direitos das mulheres, que o autor martinicano (Aimé) Césaire, o senegalês (Léopold Sédar) Senghor e tantos outros lançaram os fundamentos da consciência humanista moderna”.

Indo ainda mais longe no passado, “foi em francês que Pascal, Voltaire e Rousseau lideraram a luta pela tolerância, pela democracia e pelos direitos humanos”, completou Bokova.

Atualmente falado em todos os cinco continentes, o francês tem “um potencial imenso como ferramenta para a paz e para a realização plena dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”, concluiu a chefe da UNESCO.

20 de março. Dia Internacional da #Francofonia. pic.twitter.com/qlL57w7afb

— UNESCO no Brasil (@UNESCOBrasil) 20 de março de 2017


Fonte: https://nacoesunidas.org/lingua-francesa-aproxima-culturas-diferentes-e-tece-lacos-de-solidariedade-no-mundo-diz-unesco/

Rio+20 ao vivo!