Ir para o conteúdo

Cúpula dos Povos

Voltar a Notícias da ONU
Tela cheia Sugerir um artigo

Prêmio Jovem Pesquisadores incentiva a publicação de dados ecológicos

19 de Maio de 2017, 13:15 , por ONU Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 25 vezes
Pesquisa da Floresta Nacional Chugach, Alaska. Foto: USDA Forest Service Alaska Region/CC BY 2.0

Pesquisa da Floresta Nacional Chugach, Alaska. Foto: USDA Forest Service Alaska Region/CC BY 2.0

Realizado anualmente pela Plataforma Global de Informação sobre Biodiversidade (GBIF, na sigla em inglês), o prêmio “Jovem Pesquisadores” visa a incentivar a inovação científica na área de tecnologia da informação para a biodiversidade. Serão premiados, cada um com 5 mil euros, dois projetos a nível mundial, sendo um de mestrado e outro de doutorado.

No Brasil, a seleção será realizada pelo Sistema de Informação sobre a Biodiversidade Brasileira (SiBBr), iniciativa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), com suporte técnico da ONU Meio Ambiente e apoio financeiro do Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF).

Desde a sua criação em 2010, o prêmio objetiva incentivar usos inovadores de dados sobre a biodiversidade mobilizados por meio da rede GBIF. A edição de 2017, pretende estimular a publicação de conjuntos de dados e metadados que forneçam informação de espécies observadas ou coletadas, ou seja, podem ser dados ecológicos ou de coleções provenientes de eventos de amostragem.

Os dados ecológicos de presença e ausência, e também de abundância de espécies, fornecem um recurso importante para a modelagem de padrões de biodiversidade e para detectar mudanças e tendências populacionais.

Os candidatos deverão preparar conjuntos de dados mostrando mensurações de abundância para um conjunto de espécies de múltiplos locais e/ou datas. Os metadados do conjunto de dados devem estar completos e permitir aos usuários compreender o conteúdo e as limitações do conjunto de dados.

Para concorrer ao prêmio, o conjunto de dados provenientes de pesquisas ecológicas deve estar publicado no GBIF. No caso do Brasil, os candidatos podem publicar via o IPT (Integrated Publishing Toolkit, na sigla em inglês) do SiBBr e contar com o suporte da equipe do sistema para esclarecer dúvidas de padronização e publicação dos dados. Os conjuntos de dados serão considerados elegíveis mesmo que o processo usual de endosso do GBIF não tenha sido concluído.

Seleção

– Como representante do GBIF no país, o SiBBr irá receber inscrições para o prêmio até o dia 20 de junho. Após uma avaliação interna, o SiBBr irá encaminhar para o GBIF os dois projetos de pesquisa selecionados.

São elegíveis para o edital mestrandos e doutorandos regularmente matriculados em programas universitários públicos ou privados no Brasil. O anúncio final do prêmio será realizado pelo GBIF em setembro, em Helsinque (Finlândia), durante o 24o Congresso de Governança do GBIF.

O júri, formado por representantes da rede GBIF, do Comitê Científico do GBIF e por especialistas em dados ecológicos, avaliará os conjuntos de dados apresentados com base na integridade e qualidade dos dados e metadados descritivos associados. Para concorrem ao prêmio, os projetos de pesquisa devem preencher o seguinte formato:

1. Sumário do Projeto (até 200 palavras)
2. URL do conjunto de dados – local a partir do qual é possível acessar o conjunto de dados, que deve incluir metadados completos descrevendo os dados e ser estruturado como um conjunto de dados de evento de amostragem válido.
3. Curriculum Vitae do estudante, incluindo contatos na instituição de origem.
4. Documentos de suporte:
i. Uma carta oficial do orientador do aluno atestando que o requerente é um estudante em boa posição no programa de pós-graduação da universidade.
ii. Pelo menos uma, e não mais do que três cartas, de apoio de pesquisadores estabelecidos ativos em um campo que engloba e integra informática da biodiversidade (por exemplo, a genética, a composição de espécies e características, biogeografia, ecologia, sistemática, etc.).

Os projetos de pesquisa devem ser encaminhados em inglês para o SiBBR/MCTIC até o dia 20 de junho de 2017, pelo e-mail: sibbr@sibbr.gov.br.

Mais informações: http://www.gbif.org/newsroom/news/2017-young-researchers-awards-call-for-nominations

Sobre o SiBBr

Iniciativa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), com suporte técnico da ONU Meio Ambiente e apoio financeiro do Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF), o Sistema de Informação sobre a Biodiversidade Brasileira (SiBBr) é o primeiro passo para o Brasil consolidar uma sólida infraestrutura nacional de dados e conteúdos em biodiversidade.

O SiBBr é uma plataforma online que pretende reunir a maior quantidade de dados e informações existentes sobre a biodiversidade do Brasil. Seu objetivo é apoiar a produção científica e processos de formulação de políticas públicas e tomada de decisões associadas à conservação ambiental e ao uso sustentável dos recursos naturais, por meio do estímulo e facilitação à digitalização, publicação na internet, integração de dados de livre acesso e uso de informações sobre a biodiversidade brasileira. Saiba mais em www.sibbr.gov.br


Fonte: https://nacoesunidas.org/premio-jovem-pesquisadores-incentiva-a-publicacao-de-dados-ecologicos/

Rio+20 ao vivo!