Ir para o conteúdo

Blog do Arretadinho

Tela cheia Sugerir um artigo

Postagens

3 de Abril de 2011, 21:00 , por Desconhecido - | No one following this article yet.
Licenciado sob CC (by-nc-sa)

13 razões para absolver Lula no caso do Tríplex

22 de Junho de 2017, 20:42, por Blog do Arretadinho

Foto Joaquim Dantas/Blog do Arretadinho
Foto Joaquim Dantas/Blog do Arretadinho
Ninguém pode ser condenado sem provas, com base apenas nas palavras de réus
1) A defesa provou que Lula não é e nunca foi dono do Triplex no Guarujá, que continua registrado em nome da OAS. 

2) Lula nunca teve a posse do imóvel, nunca recebeu as chaves; nem ele nem sua família passaram sequer uma noite ou um dia no Triplex. Lula esteve uma única vez no edifício, para verificar se tinha interesse em comprar o imóvel, mas não quis.

3) A defesa de Lula provou com documentos que Leo Pinheiro e a OAS não poderiam doar ou transferir o tríplex a ninguém, pois desde 2009 os direitos econômicos do imóvel estão alienados a um fundo gerido pela Caixa Econômica Federal.

4) Lula não teve qualquer participação no contrato com a Granero para o armazenamento de documentos do acervo presidencial; o contrato é perfeitamente legal.

5) Lula não nomeou os diretores da Petrobrás investigados e condenados na Lava Jato; todos os diretores foram eleitos pelo Conselho de Administração, que inclui representantes dos acionistas privados.

6) Lula não participou da licitação, elaboração, assinatura ou execução dos 3 contratos da Petrobrás com a OAS em que a Força Tarefa aponta – sem provas – que teriam sido objeto de desvios ou pagamento de propina.

7) 73 testemunhas, da defesa e da acusação, negaram em juízo ter conhecimento da suposta participação de Lula em atos ilícitos na Petrobrás ou em qualquer outra esfera de governo.

8) As empresas internacionais de auditoria externa da Petrobrás KPMG e PWC atestaram em juízo que não identificaram nenhum ato ilícito ou desvio praticado pelo ex-presidente Lula na administração da estatal.

9) Controladoria Geral da União e do Tribunal de Contas da União também não identificaram qualquer desvio ou ilegalidade do ex-presidente Lula na Petrobrás.

10) Em seu governo, Lula aumentou os controles externos e internos da Petrobrás e de toda a administração federal, combatendo a corrupção, e não o contrário, como alega sem provas a Força Tarefa.

11) Depois de quebrar os sigilos bancário, fiscal e telefônico de Lula, de seus familiares e colaboradores, a investigação não encontrou 1 centavo recebido ilegalmente por Lula, nem da OAS nem de qualquer outra empresa ou pessoa no Brasil e no exterior. 

12) Os promotores da Força Tarefa reconhecem que não há provas para condenar Lula e apelaram para teses esdrúxulas (domínio do fato, probabilismo, contexto de corrupção sistêmica) que não conseguiram demonstrar na acusação. 

13) Toda a acusação se sustenta em delações premiadas, algumas delas ilegais, e ninguém pode ser condenado sem provas, com base apenas nas palavras de réus. A ação contra Lula não se baseia na lei nem nos fatos: é um processo político, que visa excluir Lula e o PT do processo eleitoral.

do Instituto Lula



CTB-DF mobilizada para o 4° Congresso Distrital

22 de Junho de 2017, 20:30, por Blog do Arretadinho

A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) do Distrito Federal realizará o seu 4° Congresso, nos dias 23 e 24 de junho, na Escola de Aperfeiçoamento dos Profissionais de Educação (EAPE).

O evento leva o nome de Congresso João Lopes, em homenagem ao ex-dirigente, falecido recentemente. Joãozinho, como era conhecido, foi o primeiro secretário-geral da CTB-DF e cumpriu destacado papel na construção da seção estadual da central.

“O Congresso Distrital da CTB acontece no curso da construção da greve geral, em um período de grande ativismo da CTB/DF, junto da CTB nacional, na luta contra as reformas trabalhista e previdenciária”, informou o dirigente nacional da central, Paulo Vinícius (PV).

O presidente da CTB no Distrito Federal, Aldemir Domício disse que o Congresso João Lopes vai reunir os principais sindicatos que conta com a atuação da militância da CTB, como agentes comunitários de saúde e ambiental, auxiliares de escolas particulares, professores, bancários, urbanitários, entre outros.

Aldemir também informou que a CTB está vivenciando um importante momento de ampliação da sua base de atuação, tanto no DF como no entorno. “O processo de preparação ao Congresso envolveu diversas atividades de luta e debates sobre os temas da atualidade, como a luta contra as reformas, além de debates específicos sobre a questão de gênero, empresas públicas, educação e até a realização de curso de formação”, contou Aldemir Domício.

“O evento da próxima sexta e sábado será o coroamento desse processo, que espera reunir a militância para renovar a direção e ampliar o protagonismo no DF e entorno”, disse Paulo Vinícius (PV).

Nesta terça-feira (20) a CTB/DF convoca para o “Esquenta Greve Geral”. A concentração será às 9h no Setor Comercial Sul (SCS) e a militância deve levar suas bandeiras, bonés, cartazes, etc.

De Brasília, Sônia Corrêa - Portal CTB



Diretas Já e Fora Temer

21 de Junho de 2017, 21:25, por Blog do Arretadinho



Saiba como obter 30% de desconto na compra do carro zero

19 de Junho de 2017, 21:14, por Blog do Arretadinho

30 doenças garantem 30% de desconto na compra do carro zero – Lei pouco conhecida!
Uma lei pouco conhecida pelos brasileiros pode te dar direito a comprar carro com desconto e nunca mais pagar IPVA. Não é novidade que deficientes físicos tem direito a comprar carro com desconto. O que você não sabe é que talvez a Receita Federal te considere deficiente e você também tenha direito ao benefício.

Tal benefício está previsto na Lei nº 10.690 de 16 de junho de 2003, que expandiu o número de patologias, as quais os portadores podem requerer o direito.

Todos achamos terrível pagar o preço cobrado nos carros aqui no Brasil, ainda mais quando sabemos que grande parte disso é imposto.

Uma saída é lutar pelo direito de isenção fiscal, onde metade da população pode finalmente se livrar dos impostos cobrados nos carros.

Existe uma lista de doenças extremamente comuns que dão direito a esse maravilhoso benefício, como Hérnia de disco, escoliose, LER, Linfomas, Câncer de Mama. Você mesmo pode ser um dos beneficiados e está gastando dinheiro a toa, podendo nunca mais pagar IPVA.

Algumas empresas oferecem a realização do processo, cobrando valores enormes e reduzindo a vantagem do seu benefício. Em alguns casos chegam a R$6.000,00.

Mas existe uma forma mais barata de conseguir o desconto? SIM! E o melhor, por um valor até 5x menor.

Testamos o Guia da Isenção (download) um passo-a-passo rico em detalhes de como realizar todo o processo sem depender de nenhuma empresa ou despachante.

É um verdadeiro passo-a-passo a prova de falhas capaz de auxiliar na luta por esse direito tão valioso e escondido de você por anos.

Nele nós encontramos dicas essenciais para evitar as armadilhas da burocracia nacional.

COMO FIZEMOS
Para ter certeza de que realmente funciona, convidamos nosso editor para realizar todo o processo, sem pedir ajuda de ninguém.

CNH Especial – Em cerca de 40 dias ele já estava com a CNH Especial.

Laudos – Com a sequência apresentada no guia, não foi difícil conseguir os laudos.

A escolha do carro – Além de como conseguir as isenções, o guia também trouxe dicas fundamentais na negociação do carro PCD.

Nosso editor escolheu um Corolla Automático, que saiu por menos de 50 mil reais… Mais barato que muito carro popular manual.

COMO POSSO SABER SE TENHO DIREITO?
Listamos mais de 30 patologias que dão direito ao benefício. Veja abaixo as mais comuns:

Amputações

Artrite Reumatóide

Artrodese

Artrose

AVC

AVE (Acidente Vascular Encefálico)

Autismo

Alguns tipos de câncer

Doenças Degenerativas

Deficiência Visual

Deficiência Mental

Doenças Neurológicas

Encurtamento de membros e más formações

Esclerose Múltipla

Escoliose Acentuada

LER (Lesão por esforço repetitivo)

Linfomas

Lesões com sequelas físicas

Manguito rotador

Mastectomia (retirada de mama)

Nanismo (baixa estatura)

Neuropatias diabéticas

Paralisia Cerebral

Paraplegia

Parkinson

Poliomielite

Próteses internas e externas, exemplo: joelho, quadril, coluna, etc.

Problemas na coluna

Quadrantomia (Relacionada a câncer de mama)

Renal Crônico com uso de (fístula)

Síndrome do Túnel do Carpo

Talidomida

Tendinite Crônica

Tetraparesia

Tetraplegia

Obs.: Doenças como Síndrome de Down e Autismo também dão direito como Não condutor.

Fonte: blogdobg.com.br



Caminhada Lésbica e bissexual reúne mil pessoas em SP

18 de Junho de 2017, 10:55, por Blog do Arretadinho

Ato também foi contra políticas públicas adotadas pelo
prefeito de São Paulo,
Foto João Dória. / Juliana Gonçalves
Organizada de forma autônoma, ato contou com a presença de diversos coletivos de Mulheres
A 15a Caminhada das Mulheres Lésbicas e Bissexuais trouxe, em sua faixa principal, o nome de duas mulheres lésbicas assassinadas: Luana Barbosa e Katiane Campos de Gois.

Segundo Elizandra Delon, da organização da Caminhada e da Coletiva Luana Barbosa, a caminhada deste ano "vem lembrar o caso de mulheres que morrem simplesmente por amar outras mulheres". O ato deste sábado (17) reuniu cerca de mil pessoas em São Paulo, de acordo com a organização.

As mulheres também demonstraram descontentamento às políticas públicas dos governos municipal e federal. Gritos de ordem contra João Doria, prefeito de São Paulo e pelo fim das reformas trabalhista e da previdência também foram marcas da marcha.




Rita Quadros, feminista, militante do Movimento de Mulheres e Lésbicas acredita que realizar uma caminhada como essa é dar uma resposta política à visibilidade dada à Parada do Orgulho Gay, evento que ocorre neste domingo (18) na capital paulistana:

“Há um viés econômico com a Parada Gay, que é vista como um momento de arrecadação para a cidade sem discutir a lgbtfobia que vivemos no cotidiano”.  Segundo ela, a Caminhada das mulheres “ é um momento de luta e resistência perante a violência que a mulher sofre com o machismo e o patriarcado”.

Andreia Alves, Lésbica da Marcha das Mulheres Negras afirma que “A caminhada é de fundamental importância, principalmente para nós mulheres negras que corremos riscos constantemente”. Segundo ela, esse é o momento de ampliar a voz das Mulheres. 

A bissexual Fernanda Cury acredita que as pessoas bissexuais são invisibilizadas no movimento LGBT e não são alvo de discussões e políticas públicas. “É importante falar das nossas especificidades”, afirma. “ As pessoas têm dificuldade de entender a bissexualidade e tendem a rotular de forma binária”. 

A Caminhada, que iniciou-se na praça Roosevelt, foi finalizada na Praça da República com apresentação de Obinirim e Slam das Minas.

por Juliana Gonçalves no Brasil de Fato