Ir para o conteúdo

Blog do Arretadinho

Tela cheia Sugerir um artigo

Postagens

3 de Abril de 2011, 21:00 , por Desconhecido - | No one following this article yet.
Licenciado sob CC (by-nc-sa)

Emissário do Papa Francisco é impedido de ver Lula

11 de Junho de 2018, 19:56, por Blog do Arretadinho

Assista: Emissário do Papa Francisco é impedido de ver Lula
Papa enviou um rosário ao ex-presidente e seu consultor foi impedido de visitar Lula na carceragem da PF onde Lula é mantido como preso político




O clipe oficial da campanha de Lula

10 de Junho de 2018, 11:20, por Blog do Arretadinho




Escorpiões invadem POA

10 de Junho de 2018, 9:22, por Blog do Arretadinho

Escorpião capturado em Porto Alegre pela SMS.
Foto: Cristine Rochol/PMPA
Com infestação de escorpião amarelo, Porto Alegre tem apenas uma bióloga em centro de vigilância

por Giovana Fleckno Sul 21

Em 2001, o primeiro escorpião amarelo de que se tem registro em Porto Alegre apareceu na Ceasa (Centrais de Abastecimento do Rio Grande do Sul), no bairro Anchieta. A espécie, no entanto, é originária de Minas Gerais. Segundo a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), a teoria mais provável é de que o animal tenha sido trazido em caminhões de hortifrutigranjeiros vindos do Sudeste para abastecer a Ceasa. O escorpião se reproduz em ambientes frescos e escuros; como frestas de paredes, entulhos, pedaços de madeira, e, inclusive, caixas de legumes ou frutas.

Desde então, os focos de infestação do escorpião só cresceram. Além da região do bairro Anchieta, ele já foi avistado nos bairros São Geraldo e Passo D’Areia e, com maior incidência, na Lomba do Pinheiro e no Centro Histórico. Uma das principais características da espécie é sua reprodução por partenogênese. Nos escorpiões, a fêmea é vivípara – carrega os ovos fertilizados dentro do seu corpo. Assim, cada fêmea coloca uma média de 20 ovos duas vezes ao ano. Por isso, mesmo que apenas um seja visto, já indica que há mais escorpiões na área.

Cientificamente conhecido como Tityus serrulatus, o escorpião amarelo é considerado uma das espécies mais perigosas para os seres humanos no Brasil. Sua peçonha induz resposta inflamatória local e sistêmica. Crianças de 0 a 14 anos correspondem ao principal grupo de risco, seguidas por idosos e pessoas com baixa imunidade. Em 97% dos casos, não é letal. Porém, pela possibilidade de alta incidência, a mera aparição do animal já caracteriza problema de saúde pública.

No entanto, a área de Vigilância em Saúde (CGVS) conta com apenas uma bióloga em atuação. Fabiana Ninov trabalha no setor desde que, em 2016, a vigilância municipal assumiu casos de acidentes com animais peçonhentos. Antes disso, essa era uma atribuição do Estado. Ao longo dos últimos anos, Fabiana passou a capacitar técnicos para que pudessem orientar a população e realizar a captura do escorpião; algo que, antes, cabia apenas a ela. Mesmo tento capacitado 100 pessoas, a demanda da cidade de mais de 1 milhão e 400 mil habitantes faz com que denúncias tenham que aguardar um ou dois dias até a confirmação. “Para que se faça a coleta, tem que haver a confirmação de que é um escorpião amarelo antes de tudo”, explica. Trinta e cinco escorpiões já foram avistados na Capital neste ano. Até o momento, não há registros de pessoas picadas em Porto Alegre. Em 2016, houve três casos, e, em 2017, cinco, de acordo com a SMS.


Dados sobre o escorpionismo em Porto Alegre. O escorpião preto, mais comum, apresenta veneno pouco prejudicial, ao contrário do amarelo – de menor incidência e possivelmente letal. Fonte: SMS/POA

Questão de saúde pública
No Brasil, já foram registrados mais de 24 mil casos; desses, 143 óbitos. “No estado de São Paulo, em maio, morreu uma criança por mês vítima do escorpião”, afirma Fabiana. Nenhuma morte foi registrada no Rio Grande do Sul até o momento. Fabiana afirma que isso se dá pela política de prevenção realizada nos últimos anos. “Nos empenhamos em orientar a população. Além disso, percebemos que, mesmo que o aconselhável seja encaminhar a pessoa picada ao HPS, muitos recorriam aos postos de saúde num primeiro momento. Por isso, capacitei enfermeiras para que elas reconhecessem os sintomas e a necessidade de encaminhar o paciente para o soro”, explica.

Em Porto Alegre, um alerta foi emitido no dia 9 de novembro de 2017 quanto ao risco de proliferação do escorpião. A orientação é que, ao avistar um escorpião amarelo, a pessoa ligue para o número 156 e reporte o ocorrido. Quando está em uma residência, é sinal de que está à procura de seu principal alimento: baratas. Ele apenas ataca em situações de ameaça, por isso, a orientação é evitar o contato.

Em caso de picada, deve-se lavar o local atingido com água e sabão e encaminhar o paciente diretamente para o Hospital de Pronto Socorro (HPS), único dispositivo municipal que possui estoque de soro específico. Assim como o soro antiofídico, o soro com a peçonha do escorpião é feito a partir de coleta local. “As amostras são enviadas e o soro produzido no Instituto Butantan (centro de pesquisa biológica em São Paulo)”, diz Fabiana.

A picada não é visível, mas a dor local é intensa, segundo a bióloga. “O principal sintoma é a dor abundante, que começa no local da picada e se espalha para o corpo todo. O veneno é neurotóxico, é insuportável. Ainda assim, varia de pessoa para pessoa. Alguns aguentam horas antes de chamar o socorro, outros desmaiam na hora”, relata. Em crianças, os sintomas vêm de forma muito mais rápida, podendo evoluir para náusea, vômito e taquicardia em questão de horas. Em outubro de 2017, uma criança de cinco anos ficou três dias na UTI do HPS depois de ser picada por um escorpião amarelo, no bairro Lomba do Pinheiro.

Fabiana reconhece que o empenho em informar e atender às demandas da população é grande. Diversos grupos de capacitação seguem sendo formados, especialmente para atender áreas de risco. Além disso, um portal foi criado para dar conta de reunir toda informação e orientação sobre o animal. Ainda assim, segundo ela, haveria demanda para ao menos mais 10 biólogos, considerando o tamanho da população e a possibilidade de capacitação de novos técnicos e profissionais de outras áreas.

A última chamada registrada em Porto Alegre, até o fechamento desta reportagem, foi realizada no Centro Histórico, na quinta-feira (7). A SMS foi procurada para responder sobre contratações referentes à área de Vigilância em Saúde, mas não retornou o contato.



Juninho Pernambucano manda recado aos paneleiros

9 de Junho de 2018, 17:40, por Blog do Arretadinho

Foto: Reprodução/YouTube
Juninho Pernambucano, aos paneleiros: “Podem recuar e pedir o direito de Lula ir às urnas”


Sempre politizado, o ex-jogador mandou seu recado aos "manifestoches" pelo Twitter: "Só no voto vamos recuperar o rumo"

O ex-jogador de futebol Juninho Pernambucano, que passou a ser odiado pela direita depois que começou a se posicionar politicamente, voltou a falar de política no Twitter e saiu em defesa do direito do ex-presidente Lula ser candidato nas eleições deste ano.

Em postagem na noite desta quinta-feira (7), Juninho disparou: “Paneleiros e simpatizantes que viraram manifestoches, não precisam aumentar o ódio ao Lula. Podem recuar um pouco e pedir o direito dele de ir às urnas. Deixe o ódio a imagem, voz, escolha de vida de fora. Só no voto vamos recuperar o rumo. Desfaçam o apoio ao golpe”.

Confira.




13º salário é antecipado no MA

9 de Junho de 2018, 17:08, por Blog do Arretadinho

Foto Joaquim Dantas/Blog do Arretadinho
Foto Joaquim Dantas/Blog do Arretadinho
Em meio a uma das maiores crises do país, Maranhão antecipa 13º para funcionários públicos

Em fevereiro deste ano, Flávio Dino divulgou que o salário inicial dos professores estaduais passava para R$ 5.750,00

Por Julinho Bittencourt   na Revista Fórum

O Brasil de Temer passa por uma das maiores crises econômicas de sua história. O Maranhão, no entanto, parece estar fora dela. O governador Flávio Dino (PCdoB-MA) anunciou nesta sexta-feira (8), em sua conta no Twitter, que antecipará a primeira parcela do 13º do funcionalismo público estadual na próxima quinta-feira (14).

“Pagaremos a metade do 13º salário dos servidores do @GovernoMA, relativo a 2018, no próximo dia 14 de junho.”

O Maranhão parece ser mesmo um ponto fora da curva descendente da atual economia nacional e a antecipação do 13º dos servidores do estado não é um fato isolado. Em fevereiro deste ano, Flávio Dino divulgou, também em sua conta no Twitter, que o salário inicial dos professores estaduais passava para R$ 5.750,00.


“Com a medida que editei ontem, o salário inicial do professor de 40h no Maranhão passará para R$ 5.750,00. Acreditamos que esse grande investimento é fundamental para desenvolver o nosso Estado.”

Flávio Dino vence no 1º Turno

O bom desempenho do Estado aparece nas pesquisas eleitorais. Levantamento do instituto Exata, contratado pelo Jornal Pequeno, divulgado no último dia 3 de junho, mostra que se as eleições fossem hoje o governador do Maranhão seria reeleito com 57% dos votos válidos.

O percentual de intenções de votos em Flávio Dino é quase o dobro da pré-candidata do MDB, Roseana Sarney, que aparece com 30%, na segunda colocação.