Gehe zum Inhalt

Blogoo!

Zurück zu Colunistas@Blogoosfero
Full screen Einen Artikel vorschlagen

Notas rápidas internacionais 15/05/18

May 15, 2018 9:24 , von Ana Prestes - 0no comments yet | No one following this article yet.
Viewed 124 times
Lizenziert unter den Bedingungen von CC (by-nc-sa)

por Ana Prestes
por Ana Prestes

- Israel abriu fogo ontem (14) contra protestos na Faixa de Gaza e assassinou 58 palestinos e deixou mais de 2700 feridos. Um verdadeiro massacre. Os funerais que já começaram e se dão no mesmo dia em que se completam 70 anos da Nakba, nome que se dá ao deslocamento forçado em massa de palestinos após a criação do Estado de Israel. Os protestos se deram contra a inauguração da embaixada dos EUA em Jerusalém.

- Chanceler Aloysio Nunes está na China desde ontem (14). Pauta das conversas será comércio e Acordo de Paris. Da China o chanceler vai ao Japão e ainda retorna a Xangai no dia 21 para assinar um acordo com Novo Banco de Desenvolvimento dos BRICS para a instalação de um escritório do banco em São Paulo.

- Grupo de Lima (Argentina, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Guatemala, Honduras, México, Panamá, Paraguai, Perú e Santa Lucia) emitiu ontem (14) novo comunicado de condenação da Venezuela por “violentar a institucionalidade democrática, o estado de direito e o respeito aos direitos humanos”. Acusam também o governo Maduro de convocar processo eleitoral ilegítimo e sem credibilidade. Na verdade, o comunicado vem no bojo de uma ofensiva americana preparada para esta semana que antecede as eleições venezuelanas. Autoridades americanas se instalaram na OEA e estão fazendo corpo a corpo com os governos da América Latina para isolarem a Venezuela.

- Assessor de segurança nacional dos EUA, John Bolton, afirmou em entrevista que possivelmente serão aplicadas sanções contra empresas europeias que realizem negócios com o Irã. EUA querem um novo acordo e pressionarão a UE para sair do acordo com Irã.

- O NAFTA, em vigor desde 1994, está sendo renegociado há 8 meses por EUA, Canadá e México. O término das negociações está marcado para daqui dois dias, 17 de maio. Um dos maiores entraves é sobre a produção de peças automotivas. O México pode ser o maior prejudicado do novo NAFTA sob a liderança de Trump. O presidente americano culpa o acordo por destruir empregos industriais no seu país.

- A Rússia condenou a medida de instalação a embaixada americana em Jerusalém. “Não se deve revisar de maneira unilateral nenhum acordo internacional referente ao status de Jerusalém”, disse o ministro de relações exteriores Serguei Lavrov.

- O governo da África do Sul retirou seu embaixador de Tel Aviv em protesto contra o massacre de palestinos por Israel no dia de ontem (14).

- Está marcado para amanha (16), em Manágua, na Nicarágua, o início de um diálogo nacional pela estabilização social do país que vive uma grande tensão desde o dia 18 de abril provocado por grupos que tentam desestabilizar o governo de Daniel Ortega.

- Organizações sociais argentinas estão organizando um grande ato contra os “tarifazos” (elevação das tarifas de serviços públicos) e contra o acordo com o FMI para o dia 25 de maio próximo.

- Novo presidente do parlamento regional espanhol da Catalunha, Quim Torra, toma posse e diz que o presidente legítimo é Carles Puigdemont que se encontra exilado. Enquanto isso, o primeiro-ministro espanhol Mariano Rajoy convocou líderes dos principais partidos para um acordo sobre uma possível nova intervenção na Catalunha.

- Campanha presidencial no México segue marcada por muitos episódios de violência.

- Presidente russo, Vladimir Putin, inaugura hoje (15) uma ponte (a maior do país com 19 kilometros) com a Criméia.

- Começa hoje (15) em Astana, no Cazaquistão, a nona rodada de negociações do governo sírio com a oposição armada do país. Negociadores dos países garantidores do processo de paz, Rússia, Turquia e Irã, participam do encontro que recebeu 24 representantes da oposição síria para esta rodada.

- O FMI informou que haverá reunião em sua sede na próxima sexta-feira (18) para analisar o pedido de empréstimo argentino.


0no comments yet

    Einen Kommentar schreiben

    The highlighted fields are mandatory.

    Wenn Sie ein registrierter Nutzer sind, dann können Sie sich anmelden und automatisch unter Ihrem Namen arbeiten.

    Abbrechen