Ir para o conteúdo

Luiz Muller Blog

Voltar a Blog
Tela cheia Sugerir um artigo

Bolsonaro e embaixador judeu mandam borrar pratos de lagostas em foto de almoço

9 de Julho de 2019, 11:39 , por Luíz Müller Blog - | No one following this article yet.
Visualizado 14 vezes

Lagosta é cara pra cacete. Pobre não come. Mas o Bolsonaro come. E pra esconder manda borrar a foto em que comia com o Embaixador judeu no Brasil e ambos são desmascarados pela mídia israelense

Leia:

Lagostagate”: imprensa israelense zoa “farsa kosher” de seu embaixador no Brasil (Blog da Socialista Morena)

Para fugir das críticas ao consumo de frutos do mar, proibidos pelo judaísmo, embaixada recorreu a um péssimo photoshop

A LAGOSTA BORRADA DO EMBAIXADOR. FOTO: DIVULGAÇÃODa Redação08 de julho de 2019, 20h16   0

Os frutos do mar não são considerados kosher, ou seja, são impuros, segundo a Torá, livro sagrado do judaísmo. Claro que nem todos os judeus atualmente seguem ao pé da letra este preceito alimentar, que foi abandonado por muitos à medida que a forma de preparar e criar os animais foi se modernizando. Não se compara a criação de um porco hoje em dia, por exemplo, com a forma como era 2 mil anos atrás.

“Os pratos estavam borrados com marcas pretas –uma tentativa de esconder que Shelley estava comendo um almoço não-kosher. Mas a edição mal feita deixou os ofensivos crustáceos plenamente visíveis”, zoou o Times of Israel

Mas, para evitar críticas, o embaixador israelense no Brasil, Yossi Shelley, resolveu borrar, da forma mais tosca possível, as lagostas que estava comendo com o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, antes do jogo contra o Peru, no domingo. Para Bolsonaro o borrão também veio em boa hora, já que publicamente ele costuma bancar o pobre que passa leite condensado no pão. Lagosta, eu?Ver imagem no Twitter

Ver imagem no Twitter

Israel no Brasil✔@IsraelinBrazil

Antes da final da Copa América entre Brasil e Peru, o presidente @jairbolsonaro e o @embaixadoryossi almoçaram juntos em Brasília. Eles irão acompanhar a partida desejando sorte para a seleção brasileira em busca de mais um título. Vai Brasil!!2.78915:11 – 7 de jul de 2019 · Brasília, Brazil1.595 pessoas estão falando sobre issoInformações e privacidade no Twitter Ads

Em Israel, a “operação esconde lagosta” foi alvo de gozação da imprensa local. “A farsa kosher: o que a embaixada israelense não quer que você veja”, disse o Haaretz na manchete. “O embaixador e o presidente de extrema direita do Brasil almoçaram antes de um jogo de futebol, mas um mau photoshop não pôde esconder o que eles comeram. A embaixada tentou escurecer os pratos deles no post, mas a edição amadorística não foi bem sucedida em disfarçar seu prato não kosher de lagosta.”

No Jerusalém Post, a manchete foi: “Embaixada israelense tenta encobrir prato de lagosta de Bolsonaro no twitter”. Na primeira versão do texto, o imbróglio era inclusive chamado de LOBSTERGATE. “A imagem camuflada rendeu manchetes no Brasil com a mídia local observando que o crustáceo é um acepipe caro, e a mídia internacional observando que decididamente não é kosher”.

O jornal exibiu um meme do twitter em que um gozador “melhora” o photoshop da embaixada e explicou a piada para os leitores do país. “Em português, a palavra ‘laranja’ tem outro significado: alguém que ajuda um criminoso de colarinho branco a esconder seus crimes, uma crítica a Bolsonaro.”Ver imagem no Twitter

Ver imagem no Twitter

Xamander@andre_llucasRespondendo a @IsraelinBrazil e 2 outros

Ajudei vcs e fiz um trabalho melhor no photoshop. De nada. Tem até umas laranjinhas pro presida ficar saudável90716:46 – 7 de jul de 2019107 pessoas estão falando sobre issoInformações e privacidade no Twitter Ads

Já o Times of Israel publicou: “Enviado israelense ao Brasil tenta ‘censurar’ almoço com lagosta e é ridicularizado”.

The Times of Israel✔@TimesofIsrael

Israeli envoy to Brazil tries to ‘censor’ lobster lunch, is ridiculed https://www.timesofisrael.com/israeli-envoy-to-brazil-tries-to-censor-lobster-lunch-is-ridiculed/?utm_source=dlvr.it&utm_medium=twitter …1305:25 – 8 de jul de 2019Informações e privacidade no Twitter AdsIsraeli envoy to Brazil tries to ‘censor’ lobster lunch, is ridiculedBlack patches covering plates of Yossi Shelley and President Bolsonaro do little to hide nonkosher crustacean, much to Twitter’s amusementtimesofisrael.comVeja outros Tweets de The Times of Israel

“A missão diplomática israelense tuitou no domingo uma foto de Yossi Shelley e Bolsonaro almoçando antes de assistir a Brasil X Peru. Os pratos estavam borrados com marcas pretas –uma aparente tentativa de esconder o fato de que Shelley estava comendo um almoço não-kosher. No entanto, a edição mal feita não encobriu totalmente a comida, deixando os ofensivos crustáceos plenamente visíveis”, ironizou o jornal, citando os “milhares” de comentários ridicularizando a embaixada por seus esforços para “censurar” a lagosta e as “dezenas” de montagens tirando onda da dupla.Ver imagem no Twitter

Ver imagem no Twitter

PerguntarNaoOfende@MeAskMeAskMeAskRespondendo a @IsraelinBrazil e 2 outros

Shalom!17819:23 – 7 de jul de 2019


Fonte: https://luizmuller.com/2019/07/09/bolsonaro-e-embaixador-judeu-mandam-borrar-pratos-de-lagostas-em-foto-de-almoco/

Novidades