Go to the content

Luiz Muller Blog

Go back to Blog
Full screen Suggest an article

Renda dos trabalhadores é menor que a 10 anos atrás, mostra PNAD/IBGE

December 1, 2021 16:55 , by Luíz Müller Blog - | No one following this article yet.
Viewed 36 times

Agora, imagina este trabalhador ganhando menos que a 10 anos atrás e tendo que comprar coisas e pagar contas com uma Inflação de mais de 10% só neste ano. O Aumento galopante da pobreza e da miséria veio junto com o Golpe de 2016 e com a eleição de Bolsonaro para Presidente, mostra a mesma pesquisa. Leia:

Segundo registro da Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua) divulgados nesta terça-feira (30), a renda média do trabalhador brasileiro no terceiro trimestre atingiu níveis tão baixos quanto a 10 anos atrás.

Agora, imagina este trabalhador ganhando menos que 10 anos atrás e tendo que comprar coisas e pagar contas com uma Inflação de mais de 10% ano ano. (Comentário do Blogueiro)

Publico a seguir, na íntegra, o artigo Renda do brasileiro retrocede 10 anos, lido no Brasdangola Blogue, com informações do DCO

Segundo registro da Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua) divulgados nesta terça-feira (30), a renda média do trabalhador brasileiro no terceiro trimestre atingiu níveis tão baixos quanto a 10 anos atrás.

O rendimento real habitual dos ocupados foi estimado em R$2.459,00. Em relação ao terceiro semestre do ano passado (R$2.766,00), a queda foi de 11,1%. O menor valor para o período de julho a setembro havia sido registrado em 2012, com R$2.462,00.

Além disso, os dados também registram considerações acerca do nível de ocupação da população do Brasil. A população ocupada com algum tipo de trabalho foi estimada em 93 milhões de pessoas.

Por mais que represente um aumento em relação ao mesmo período de 2020 (9,5 milhões a mais) e ao trimestre anterior a este (3,6 milhões a mais), o número leva em conta as pessoas com trabalhos informais.

De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e de Estatística), dessas 3,6 milhões de pessoas a mais na população ocupada, cerca de 54% (1,9 milhão) atuam na informalidade, ou seja, sem carteira assinada ou CNPJ.

Os dados apresentados não são coincidência no que diz respeito à linha temporal dos acontecimentos. O fato é que o processo golpista no Brasil, que levou à derrubada da presidente Dilma e à eleição de Bolsonaro, devastou completamente a economia e o patrimônio do País.

Vemos uma situação que se aproxima cada vez mais ao panorama do governo de FHC, com a ditadura neoliberal se acirrando e esmagando a classe operária nacional de forma violenta. A única forma de reverter este processo é por meio da luta pelo Fora Bolsonaro e Lula Presidente. Caso contrário, o processo do golpe continuará se aprofundando.


Source: https://luizmuller.com/2021/12/01/renda-dos-trabalhadores-e-menor-que-a-10-anos-atras-mostra-pnad-ibge/

Novidades