Ir para o conteúdo

News

Voltar a Blog
Tela cheia Sugerir um artigo

Uma nação que caminha para a Idade Média

16 de Maio de 2017, 10:22 , por segundo clichê - | No one following this article yet.
Visualizado 138 vezes


As sessões da Câmara Municipal de Serra Negra se iniciam com os vereadores rezando o "Pai Nosso" (foto), contrariando a laicidade do Estado brasileiro.

A maior obra da cidade é um centro de convenções que a Igreja do Evangelho Quadrangular está construindo, com capacidade para abrigar 15 mil "fiéis".

Evangélicos lotam os hotéis em diversos encontros distribuídos ao longo dos anos.

O município, de 28 mil habitantes, tem ruas nas quais se vê mais templos e igrejas que casas comerciais.

Serra Negra, a 140 quilômetros da capital paulista, faz parte do chamado Circuito das Águas Paulista, supostamente formado por estâncias hidrominerais.

Há ainda várias fontes na cidade, mas há muito elas deixaram de atrair turistas - semiabandonadas, diversas apenas gotejam o líquido.

O balneário municipal, parte do enorme e também quase abandonado Centro de Convenções, foi reformado recentemente, mas continua fechado - ninguém, nem a Prefeitura, se dispõe a fazê-lo funcionar.


O interesse dos evangélicos pela cidade, que vive basicamente do setor de serviços, comércio à frente, desperta otimismo em setores empresariais locais.

E inquieta algumas pessoas, que temem que essa iminente "invasão" de evangélicos transforme o município numa espécie de "Aparecida", ou seja, que altere profundamente o perfil não só dos visitantes, como da própria cultura local, baseada numa forte colonização italiana - e, portanto, católica.

Essa aura de religiosidade que envolve a pequena Serra Negra não é exclusiva dela.

O Brasil, antes conhecido como a maior nação católica do mundo, está rapidamente mudando seu perfil para se tornar a maior nação religiosa do planeta, tal o avanço, nos últimos anos, das igrejas evangélicas, que dominam grande parte dos meios de comunicação e possuem bancadas fortes no Congresso Nacional.

Sob a influência de milhares de "bispos" e "pastores", a quase totalidade de baixíssima formação intelectual e muitos dos quais simples aproveitadores da fé dos humildes, cresce exponencialmente o número de brasileiros ignorantes de seus direitos e deveres, do funcionamento e importância das instituições e dos Poderes - do seu papel de cidadãos.

Junto a esse cenário paira uma mídia totalmente comercial e um sistema educacional falido, quando público, e elitista, quando privado.

O resultado dessa mistura é facilmente detectado - quando uma instituição de ensino superior da tradição e importância da Universidade Mackenzie abre um espaço para discutir a "teoria" do design inteligente, que contesta o evolucionismo, é porque a razão bateu no fundo do poço no Brasil.

E as trevas avançam, inexoravelmente.

Falta pouco para o Brasil voltar à Idade Média. (Carlos Motta)


Fonte: http://segundocliche.blogspot.com/2017/05/uma-nacao-que-caminha-para-idade-media.html

Notícias

News

Minha rede