Ir para o conteúdo

jurubebadigital

Tela cheia

JurubebaDigital

3 de Abril de 2011, 21:00 , por Desconhecido - | No one following this article yet.

VEM AI O TERCEIRO TURNO ELEITORAL

27 de Outubro de 2014, 18:13, por ACMDSilva - 0sem comentários ainda

silvamarinabobfreireagripino mais

Todos derrotados pelo PT, LULA, DILMA e partidos aliados

 

Encerrado o segundo turno das eleições presidenciais com a vitória da presidenta Dilma Rousself, tudo indica que as batalhas não terão fim. Apenas, há dúvidas se haverá algum intervalo para comemorações do natal e ano novo.

 

No dia 26 (ontem), ao ser anunciado a releição da presidenta Dilma pelo ministro Dias Toffoli (TSE), o Partido da Imprensa Golpista (PIG) através da Globo já iniciava suas ilações a respeito do discurso da presidenta vencedora. Talvez! Muito em função da militância ter entoado um coro de “o povo não é bobo abaixo a rede globo”. Hoje, nesta segunda de ressaca já se observa vários jornais torcendo contra o próximo governo que ainda nem tomou posse.

 

A presidenta Dilma, o ex-presidente LULA e o PT vem sendo sistematicamente atacados nos últimos 2 anos. As tão cantadas em verso e prosa manifestações de julho/2013, foi o estopim para a mídia golpista tentar destrocar e transformar em pó – o Partido dos Trabalhadores. Foi o que vários analistas denominaram de antecipação do pleito eleitoral.

 

Com a conclusão dos 2 turnos das eleições, um balanço preliminar do resultado da tentativa insana do PIG de exterminar essa raça chamada PETISTA indica que mais uma vez a bala de prata falhou consideravelmente. Mesmo com os resultados das bancadas federais reduzidas em São Paulo, Pernambuco, Brasília, Rio Grande do Sul, PR e Pará, além das perdas de governos importantes, como: RS e DF, o PT continua na vida partidária como um grande partido, além de ter 16% de aceitação no país. O partido mais próximo é o PMDB com 6%. Além de conquistarmos o governo central pelo quarto mandato, 2 com LULA e 2 com Dilma. Nenhum aprtido tem a inserção nos movimentos sociais que o Partido dos Trabalhadores.

 

No entanto, a mídia golpista vai destilar parte de sua alegria momentânea comemorando

redução da bancada do PT, apesar de sermos o maior partido e termos conquistado Estados grandes eleitoralmente, como: BA e MG. Não podemos subestimar a midia golpista, já fomos um partido com 30% de aceitação no país, a campanha sistemática de desconstrução do partido através do processo AP470 (vulgo mensalão) e que eu chamo de MENTIRÃO, e a pecha de corrupção em nosso partido a partir dos mafiosos Paulo Roberto Costa e Alberto Youssef (Petrobrás) arranharam em parte nossa imagem partidária. Não há como negarmos essa campanha sórdida que funcionou fortemente, só não foi mais eficiente pelo sangue militante que corre em nossas veias e saímos em defesa de nossa agremiação partidária.

 

A tese de país dividido vai ser a alimentação preferida da mídia golpista afirmando que a presidenta Dilma, o PT e seus partidos aliados terão muita dificuldade para governabilidade. Discordo dessa tese de país dividido. São Paulo que tornou-se a grande trincheira do ódio mortal anti-petista é um espaço de avaliação que não se pode desprezar. A elite conservador sempre nutriu um ódio mortal contra o PT, CUT, PCdoB e todos os movimentos sociais. Essa elite conservadora resiste as mudanças políticas e econômicas na nova geografia brasileira. Eles insistem em não contabilizar a importância das regiões norte e nordeste. Reitero, São Paulo e todas regiões do Brasil com uma campanha sórdida ao estilo da dobradinha Globo/Veja, os resultados não podem ser festejados pela mídia golpista, muito menos criar dúvida em nosso projeto político que o país está dividido. Em condições normais e transparente de disputas, de preferência de projeto de país (oposição nunca teve projeto), afirmamos que 70% do povo brasileiro aprovaria a releição da presidenta Dilma, o PT e os partidos aliados.

 

A mida golpista é a verdadeira oposição nesse país. DEM, PPS, PSDB, Marina e a família do finado Eduardo Campos são apenas ventríloquos. Toda essa campanha de ódio e o velho método da contrainformação como instrumento tosco de ganhar as batalhas eleitorais foram alimentados nas páginas dos jornalões e nos vários grupos preconceituosos das redes sociais. Ou seja, a campanha do ódio e do preconceito foram totalmente patrocinadas pela mídia golpista. Isso é fato absolutamente inquestionável.

Como a mídia golpista odeia o PT, Dilma e Lula não esperemos nenhuma trégua por parte deles. A próxima batalha que se aproxima será a tentativa alucinante de não deixar Dilma governar até 2018. A retomada dos movimentos sociais na campanha 2014, principalmente neste segundo turno, enseja que possamos manter 24 horas o nosso espírito mobilizador nas ruas e nas redes sociais. Talvez, tenhamos apenas um pequeno intérvalo para comemorar o natal e o ano novo.

 

 

 



Tags deste artigo: inclusão digital software livre linux política