Ir para o conteúdo

Luiz Muller Blog

Voltar a Blog
Tela cheia Sugerir um artigo

14 anos depois do Crime cometido, Lava Jato tenta usar Serra para continuar respirando por aparelhos

3 de Julho de 2020, 10:18 , por Luíz Müller Blog - | No one following this article yet.
Visualizado 15 vezes

A força-tarefa Lava Jato tenta reavivar-se deflagrando nesta sexta-feira (3) operação contra o senador José Serra (PSDB-SP). A movimentação contra o tucano ocorre em um momento que procuradores de Curitiba são acusados de trair a Pátria e servir os Estados Unidos.

Segundo denúncia do Ministério Público Federal (MPF), Serra usou o cargo de governador entre 2006 e 2007 para receber da Odebrecht pagamentos indevidos em troca de benefícios relacionados às obras do Rodoanel Sul.

De acordo com a força-tarefa Lava Jato, a Odebrecht pagou milhões de reais por meio de uma rede de empresas no exterior, para que o real beneficiário dos valores não fosse detectado pelos órgãos de controle.

Ainda de acordo com a operação, o empresário José Amaro Pinto Ramos e Verônica Serra, filha do ex-governador, constituíram empresas no exterior, ocultando seus nomes, e por meio delas receberam os pagamentos que a Odebrecht destinou ao então governador de São Paulo.

Feito o registro factual da notícia, voltemos à realidade.

A Lava Jato foi flagrada em mensagens da Vaza Jato, no ano passado, afirmando que se sentia constrangida por denunciar políticos do PSDB e DEM. O Código Penal chama isso de “prevaricação” cujo crime é tipificado pelo art. 319.

Numa reportagem de 25 de agosto de 2019, O site The Intercept Brasil divulgou uma lista dos intocáveis no âmbito da Lava Jato: os bancos, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), o senador Alvaro Dias (PODE) e o chefe da Casa Civil Onyx Lorenzoni (DEM).

As conversas privadas dos procuradores e do ex-juiz Sérgio Moro, divulgadas pela série Vaza Jato, deixam clara a obsessão para tirar Lula da disputa de 2018 e de livrar o aliado FHC de investigações, mas, segundo as mensagens, o tucano era “apoio importante” que não podia ser constrangido.

Retornemos aos dias atuais.

Do Blog do Esmael


Fonte: https://luizmuller.com/2020/07/03/14-anos-depois-do-crime-cometido-lava-jato-tenta-usar-serra-para-continuar-respirando-por-aparelhos/

Novidades