Ir para o conteúdo

Luiz Muller Blog

Voltar a Blog
Tela cheia Sugerir um artigo

“Foi um massacre que se viu no debate da RBSTV”, diz jornalista sobre a “surra” de Manuela D’Ávila em Melo (assista)

28 de Novembro de 2020, 10:34 , por Luíz Müller Blog - | No one following this article yet.
Visualizado 19 vezes

Assista todo o Debate clicando neste link https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/eleicoes/2020/ao-vivo/debate-da-rbs-no-segundo-turno-com-os-candidatos-a-prefeitura-de-porto-alegre.ghtml

Manuela mostrou que conhece a cidade, que tem as melhores soluções e que em muitos casos, Melo não sabe bem nem do fala e tasca o jargão “E o PT? , e O Lula?” Não se furtou nem em falar do Porto de Mariel em Cuba com a velha cantilena de que o PT financiou o comunismo?

Mas Melo não explicou por que. mesmo tendo em caixa UM BILHÃO DE REAIS do Governo Dilma, para fazer as obras para a Copa de 2014. ele e o Fortunatti não as fizeram e até hoje, 6 anos depois da copa, nem a Orla, nem a Avenida Tronco estão terminados e o Porto não foi revitalizado. E pior, mesmo sendo a fundo perdido, muito dinheiro foi devolvido, por que sequer projeto apresentaram.

Melo falou até a velha ladainha da Ford, que Olivio Dutra como governador teria mandado embora…no século passado.

O De- Bate foi da Manuela. Que os porto alegrenses acertem no voto pra colocar Porto Alegre de volta ao caminho do desenvolvimento econômico e social.

Segue do artigo do Jornalista Paulo Germano que parece no entanto manietado pela censura da RBS, já que tem dificuldade de chamar Manuela de CandidatA, se referindo a ela como “um dos candidatos”.

Foi um massacre o que se viu no debate da RBSTV (Por Paulo Germano)

Vamos ser racionais, ok? Não importa se você é de esquerda, se é de direita, se detesta Melo, se odeia Manuela, se idolatra Bolsonaro, se adora Lula, nada disso importa, nada disso está em jogo se formos estritamente racionais ao analisar o debate desta sexta-feira (27) na RBS TV. Um candidato foi melhor que o outro, essa é a verdade. E foi muito, mas muito melhor.

Aliás, já quero deixar claro: neste texto, chamarei Manuela e Melo de candidatos, no masculino, não de candidatxs nem candidates, como alguns julgariam mais adequado. Dito isso, somente um dos candidatos argumentou, explicou, esclareceu, esmiuçou, desenvolveu, aprofundou. O outro se apequenou. Apelou para frases de efeito. Para generalidades. Não conseguiu transmitir conteúdo, consistência, nada – parecia até torcer para o reloginho passar depressa.

Repito, vamos ser racionais. Não há problema algum em admirar alguém ou seguir um líder. O problema é mergulhar em um servilismo cego que glorifica um sacerdote e abre mão de qualquer senso crítico. O problema é amaldiçoar com fúria assassina o representante de um ideário que difere do seu. Isso é extremismo, isso é burrice.

Reconhecer quem foi melhor no debate, em primeiro lugar, não significa abdicar das próprias convicções. Também não significa que o correto seria votar no candidato que se saiu melhor – é legítimo votar no outro candidato, levando em conta uma série de questões que vão muito além de um programa de TV.

Reconhecer quem foi melhor no debate é apenas ser livre. É pensar por conta própria. É exercer a capacidade de refletir, de questionar, de avaliar uma situação com independência e honestidade. Fazia anos que eu não via um debate tão desparelho – até estranhei, porque nos debates anteriores houve certo equilíbrio entre Manuela e Melo.

Talvez esta sexta-feira, para o candidato que se saiu pior, tenha sido só um mau dia. Ou talvez esse candidato seja, mesmo, pior que o outro.

Essa segunda opção é a que para mim, racionalmente, faz mais sentido.

Paulo Germano, ZH 28/11/2020, sobra debate entre Melo e Manuela.
Para ele, Manu se saiu melhor no debate porque é a melhor candidata.


Fonte: https://luizmuller.com/2020/11/28/foi-um-massacre-que-se-viu-no-debate-da-rbstv-diz-jornalista-sobre-a-surra-de-manuela-davila-em-melo-assista/

Novidades