Ir para o conteúdo

News

Tela cheia Sugerir um artigo

Política

25 de Fevereiro de 2014, 16:14 , por Blogoosfero - | No one following this article yet.
Licenciado sob CC (by)

Sobre o impedimento à presidencia da república e a situação atual

9 de Agosto de 2015, 9:57, por Pedro Alem Santinho

Tenho a certeza que muitos sabem quem é Aluísio Nunes. Senador pelo PSDB do Estado de São Paulio. Alem disso é um  ex-militante do PCB, atuou junto com Carlos Marighela, era chamado de Mateus. Dirigia e fazia também sua segurança. Penso que seja óbvio que nunca foi um agente menor na política. Penso mesmo que todos consigam imaginar que era alguém de confiança.

Penso que para a análise da situação atual é fundamental que lembremos de suas analises nos últimos meses:

“Collor era um político sozinho, sem partido e teve um comportamento pessoal chocante, como presidente. Era um personagem burlesco no poder. Dilma tem respeitabilidade pessoal, tem um partido e tem o apoio de movimentos sociais", afirmou.

Disse também: "Muita gente no PMDB está excitada com a hipótese de a Dilma sofrer impeachment e o Temer assumir. Talvez seja o ideal para o Lula. A gente entra no governo, e ele fica livre para fazer oposição e sair candidato em 2018".

Ainda sobre a questão do golpe afirmou:

“Golpismo é quando se dá um movimento contrário à Constituição ou às instituições. Vamos aguardar com muita serenidade as decisões do Tribunal de Contas da União, do Tribunal Superior eleitoral e, se for o caso, do Supremo Tribunal Federal. O que há de golpismo nisso? São as instituições funcionando. É natural que o PT na defesa que faça lance essa imagem de golpismo, que não existe. A ordem constitucional traz remédios para resolver problemas que porventura surjam”, afirmou na entrevista.

Para mim tudo fica muito claro, inclusive a posição da Globo, Fiesp e FIERJ. Nada de Novo no Front.

A condição para a vitória da classe trabalhadora continua sendo sua organização independente. E a condição é derrotar os setores burgueses mais atrasados.



Observações sobre a esquerda

5 de Agosto de 2015, 10:08, por Pedro Alem Santinho

Estou um pouco preocupado com a rasterice das discussões que "as esquerdas" tem feito no último período. Acho que diversos partidos, tendencias e organizações que se colocam a esquerda no espectro político nacional estão míopes, ou, têm desenvolvido uma tática que me arrojo a dizer está no mínimo estranha diante da conjuntura.

Vejamos algumas ausencias:

É sabido, público e notório, que a CIA, e outras agencias de inteligências internacionais, atuam a soldo de seus governos na política internacional.

É sabido, público e notório, para se encontrar em qualquer livro didatico aprovado pelo MEC que a CIA atuou para desestabilizar o governos que não lhes foram 100% serviçais em toda a America Latina. E aqui é preciso dizer a coisa de maneira clara. A CIA não atuou apenas contra governos de "esquerda", ou nacionalistas, mas contra qualquer um que não estava totalmente a interesses de fraçam de suas elites. E mais, é preciso saber, que a CIA ja atuou, inclusive contra seus governos, pois ela é uma agencia com independente, isto quer dizer, que ela não é escolhida pelo presidente e desta forma pela fração da burguesia que governo. E atualmente é sabido que tem exercido esse direito legal de maneira mais clara. Inclusive por isso a NSA, outra dessas agencias de inteligencias, tem servido cada vez mais aos mesmos objetivos de política internacional atuando mais diretamente a fração governista dos EUA.

É sabido que a CIA desestabilizou os governos de João Goulart e de Salvador Allend com métodos conhecidos como Covert Action e Spoling Actions. Sabotagens econêmicas e materiais, infintrações de agentes em organizações de diversos carizes politicos, propaganda e contrapropaganda. Criação de ongs e institutos de apoio e financiamento aos "estudos" dos grupos de direita.

É sabido que a burguesia, mesmo que sendo uma única classe mundial, tem suas frações nacionais, inclusive com interesses contraditórios, e suas frações internacionais. É sabido que não há um superimperialismo que tudo domina, e também, que não há uma superburguesia que tudo controla.

É sabido que a única politica que interessa ao proletariado nacional e internacional deve prever sua independencia e ação politica organizada e consciente.

É sabido que cada luta serve ao trabalho de consciencia dos trabalhadores e em particular das classes oprimidas, sim, isso mesmo, classes no plural, mais do que qualquer "processo" de educação não formal pela educação popular. No entando mais sabido ainda é que a condição para isso é que não se escondam os interesses táticos com afirmações sem fundamento, ou simplórias, do tipo esse governo interessa a burguesia e blablabala. Isso é sabido, o estado é burgues, logo não haverá governo que não lhe interessa e lhes preste seus serviços, ao menos a uma das suas frações, desta maneira é preciso explicar de maneira mais clara. A questão é qual fração, e diante de cada analise, qual tarefa cabe ao comunistas, fração mais resoluta do proletariado internacional, qual tarefa cabe as outras frações das classes oprimidas. E mesmo o lugar que ocupará as frações da burguesia nacional e internciona. Sem explicar estas questões o simplismo, a expicação simplória em nada serve a luta nacional e internacional dos trabalhadores. Serve apenas aos grupos e agrupamentos e seus parcos interesses imediatos.

Fico assombrado com miltantes simplistas afirmando-se revolucionários que não se colocam questões. Que comem com farinha seca a pior das analises com o simples objetivo de ganhar um desavisado critico do governo e com isso conquista um voto ou apoiador

Assim vamos longe, bem longe de avançar.



A imprensa golpista faz tudo por dinheiro público?

27 de Julho de 2015, 17:54, por ACMDSilva

Lembram do post anterior que os coxinhas paneleiros não amam sua propria pátria? A imprensa golpista do país está sendo comemorada pelos revoltados online, eles ainda mantém as assinaturas dos impressoos que cada dia passam pelos seus dias de inferno astral.

Recentemente, a maior do esgôto da imprensa golpista - a revista Veja publicou a matéria (Para que serve um Pan?) No conteúdo a Veja de esgôto esnoba a importância dos jogos de Toronto e incluí o país na condição de desperdiçar tempo, dinheiro e energia.

A reportagem da Veja de esgôto ensejou uma replicação da Rede Record que adquiriu praticamente todos os direitos de transmissão dos jogos. Mas, a Veja que integra a Editora Abril sempre atuou como um partido político golpista. O ódio incontrolável dos Civitas estrapolou todos os limites desde os tempos de LULA, continuou com Dilma e segue uma via crucis pela total extinção do PT.

Compartilho com todos o link do  DCM - Diário do Centro do Mundo que explicita por onde percorre o sangue venesoso nas arterias e veias dos Civitas (proprietários da Editora Abril). Leia:

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/uma-questao-de-dinheiro-a-origem-do-odio-assassino-da-abril-pelo-pt-por-paulo-nogueira/

 



Eles que não amavam o Brasil deles.

27 de Julho de 2015, 11:31, por ACMDSilva

A campanha odiosa contra o governo segue a jato com anuência total da lava jato. Os coxinhas revoltados online descontentes com suas regalias de classe média já se inclinam por um novo ato com cheiro e recheio de golpe. Eles já avisaram que irão poupar Eduardo Cunha e todos os tucanos. Ou seja, irão livrar a oposição vagabunda e corrupta que tem todos os dedos das mãos e dos pés metidos em lamas como: privataria tucana, HSBC, Zelotes, Lista de Furnas, Escândalo dos trêns do metrô de São Paulo, Banestado, releição de FHC e por vai.

O país vive uma campanha desenfreada de ódio contra o governo e seu principal partido -, o Partido dos Trabalhadores (PT), que vive um dilema com seus principais líderes fazendo política com o frei de mão puxado. Muitos dos coxinhas bradam que nem cão raivoso que se pudessem mudariam de país. Falar em mudar-se para os EUA, outros para a EUROPA. Acho que ao passar a excitação e euforia dos destilados e outros derivados de drogas ingeridas por eles, logo lhes vem a dura realidade que os EUA vivem situação de desemprego fortissimo e o canto da sereia que era só chegar em solo americano e viver no paraíso acabou faz tempo. Quando os coxinhas olham o mapa da europa o desespero deve ser maior, pois não há lugar para eles, não há emprego suficiente nem para os europeus imagina para coxinhas brasileiros revoltados pela derrota eleitoral de 2014.

Eles que não amam sua propria pátria, o fato mais triste dos coxinhas foram os jogos PAN Americano de Toronto com o resultado significativo do terceiro lugar de nosso país, mas o que observamos são as redes sociais dos mesmos desdenhando do grande feito dos atletas brasileiros.

O resultado do PAN Americano de Toronto desesperou os coxinhas dos revoltados online, no total das 141 medalhas conquistas, a grande maioria são de atletas bolsistas, são 121 medalhas conquistadas de atletas bolsistas que recebem incentivo do governo para as modalidades esportivas. O lado bom do Brasil não é mostrado pela imprensa golpistas e os coxinhas preferem desdenhar e caçoar do seu proprio país rasgando elogios para os americanos e canadenses. Lamentável.

Como brasileiro que amo minha pátria afirmo que o resultado do PAN de Toronto deixa bem claro que aprovar a maioridade penal é outra aberração desse congresso comandado pelo ídolo dos coxinhas Eduardo Cunha.

A nossa juventude precisa cada vez mais dispor de políticas públicas voltada para os esportes nas escolas públicas desde a infância. O esporte promove saúde de qualidade, cultura, educação física, nutrição, fisioterapia, artes, tecnologia social. Esse resultado propicia a construção de mais escolas com infraestrutura para os esportes, ponto de cultura, telecentros, campeonatos de robótica, games, jogos oficinas temáticas de desenvolvimento de software e harware livre.

Essa é a melhor maneira de evitar que a juventude se perca nas drogas, se torne explorado pelo tráfico e pelos políticos cretinos como Eduardo Cunha e todos aqueles que acreditam que a solução é encarcerar a juventude construindo mais presídios e a alienação política.

Parabéns a nossa delegação do PAN de Toronto e que a Pátria Educadora agregue valor com as modalides esportivas no espectro de verdadeiras políticas públicas.

 

 

 

 



Itaipu, os militares e os ignorantes da direita

25 de Maio de 2015, 16:42, por Pedro Alem Santinho

Semanas atrás me surpreendi com uma postagem em apoio aos militares ao afirmar que eles fizeram a Usina Hidrelétrica de Itaipu. É verdade que mesmo o pior dos governos deve realizar algo que nos sirva depois. No entanto a história diferentemente do que muitos dizem, e inclusive setores da esquerda gostam de falar em milagre brasileiro nos anos 70, quase em apoio a politica econômica da ditadura, é toda uma farsa. Os militares simplesmente afundaram o Brasil. E há diversos livros a mostrar isso. E quanto ao “crescimento” foi feito da pior maneira, estragando os importantes projetos construídos nos anos 50 e inicio dos 60 pelos setores progressistas brasileiros.

Ano passado a usina Hidrelétrica de Itaipu completou 40 anos. A data considerada é a da criação da empresa para o inicio das obras. Mas na realidade o projeto é do Governo de João Goulart. Abatido a tiros pelo imperialismo com os rifles dos militares brasileiros golpistas, o apoio da direita serviçal à época e o desarme da esquerda desorientada para resistir. Muito se assemelha a hoje no Brasil.

O projeto chamado ‘Sete Quedas’ de João Goulart foi orçado em 1,3 bilhão de dólares. No inicio dos anos 70 foi retomado pelos militares e seu orçamento substituído por outro que custou dez mais, R$ 13 bilhões de dólares. Dez vezes mais para alimentar com corrupção os bolsos dos milicos.

O projeto de João Goulart tinha o compromisso de ser financiado com apoio do governo da URSS de então e estava ligado ao projeto da Eletrobrás de eletrificação do Brasil que ia da usina de Sete Quedas a criação de empresas estatais de bens de consumo, como liquidificadores, maquinas de lavar roupa e louça;

Acho que deveríamos olhar melhor para o que houve em nossa história. Um projeto abreviado. Estamos 50 anos atrasado. A prova disso é que o projeto do submarino nuclear é desta época.

Vídeo

https://www.youtube.com/watch?v=AcVhqqMXZI4

http://zonacurva.com.br/corrupcao-na-construcao-da-usina-de-itaipu-pode-ter-motivado-morte-embaixador-jose-jobim/



Notícias

News

Minha rede

Faça uma doação