Go to the content

News

Full screen Suggest an article

Sociedade

Febbraio 28, 2014 13:45 , by Blogoosfero - | No one following this article yet.

CNT/MDA: Haddad sobe e empata com Bolsonaro

Ottobre 1, 2018 7:52, by Unknown

Fernando Haddad (PT) continua crescendo nas intenções de voto e agora empata tecnicamente com Jair Bolsonaro (PSL) segundo a última pesquisa CNT/MDA, divulgada neste domingo (30). O capitão aparece numericamente à frente, com 28, 2%, e o petista com 25,2%.

A pesquisa foi feita nos dias 27 e 28 de setembro.

Desde o último levantamento, feito no dia 17 de setembro, Bolsonaro continua exatamente com a mesma porcentagem, enquanto Haddad subiu 7,6 pontos percentuais.

Nas projeções de segundo turno, o petista bate o capitão por 42,7% a 37,3%. Na pesquisa anterior o cenário era inverso: Bolsonaro ganhava de Haddad por 39% a 35,7%.

Em 3º lugar também estão empatados tecnicamente o candidato do PDT, Ciro Gomes (9,4%), e o tucano Geraldo Alckmin (7,3%).

Bolsonaro continua liderando os índices de rejeição. Ele aparece com 55,7% e Haddad com 48,3%.

 

 

O post CNT/MDA: Haddad sobe e empata com Bolsonaro apareceu primeiro em Nocaute.



Cebolinha não sabe falar, mas diz tudo

Settembre 24, 2018 23:08, by Unknown

Cebolinha elenao



Onde esse pessoal esteve escondido durante tanto tempo?

Settembre 24, 2018 14:01, by Unknown

O final de semana que passou foi marcado por manifestações de apoio aos dois principais candidatos à presidência da república este ano. Enquanto Fernando Haddad (PT) era recebido em várias cidades do Nordeste, com manifestação de milhares de pessoas nas ruas apoiado e gritando o nome dele e do ex-presidente Lula. A turma que quer ver Jair Bolsonaro como mandatário do país também fez carreatas de adesão e mobilizou gente para isto.

No Recife Haddad juntou Petistas, simpatizantes e a turma do governador Paulo Câmara (PSB). Uma multidão percorreu o centro da cidade, que foi comparada ao desfile do Galo da Madrugada no período momesco. Na divisa entre Juazeiro na Bahia e Petrolina em Pernambuco, a ponte presidente Dutra, que separa os dois estados, foi invadida por manifestantes e mostrou que no Nordeste o Petista já é o mais popular entre os candidatos.
Em algumas das cidades nordestina pessoas saíram em seus carros em grandes carreatas mostrando seu apoio a Bolsonaro.


Entre esses dois grupos distintos há algo a ser destacado para cada um. Enquanto a turma de Haddad cantava suas músicas de campanha, gritava o seu nome e faziam juras de amor e paz para o Brasil. No domingo, 23, em Recife durante uma caminhada dos Bolsonaristas, em um carro de som tocava um funk com uma letra, no mínimo desrespeitosa, “dou para CUT pão com mortadela e para as feministas, ração na tigela. As mina de direita são as top mais belas, enquanto as de esquerda têm mais pelos que as cadelas”. Uma versão do “baile de favela”. Composição do MC João.


Nas redes sociais o que se viu foi um festival de frases prontas, quase sempre agredindo moralmente o adversário, fotos com homens e, inimagináveis antes, mulheres fazendo o gesto com as mãos, de uma arma atirando. Esta é a principal marca da campanha do candidato. Mais inacreditável foi ver evangélicos fazendo o mesmo gesto nas fotos. Pessoas que antes viviam pregando a paz e o amor, que falam em nome de um deus, (minúsculo mesmo), que antes era desconhecido de todos nós. O evangelho que essa turma lê não deve ser aquele em que Lucas 2:29 diz “Ao que te bate numa face, oferece-lhe igualmente a outra”. Jesus Cristo deve estar envergonhado dessa turma que leu, mas não entendeu o que ele pregou.


O envenenamento político atualmente no Brasil se deve ao PSDB – Partido da Social Democracia Brasileira, e mais especificamente ao candidato derrotado na última eleição para presidente, Aécio Neves. Que intoxicou a classe política ao não reconhecer a vitória de Dilma Roussef e trabalhou no congresso nacional a aprovação de Leis que inviabilizaram a administração pública.


Mas onde estavam essas pessoas que saem às ruas para agredir moralmente e com ataques a pessoas que discordam do pensamento delas? Porque antes não víamos essas manifestações tão espontâneas na sociedade? Na verdade elas sempre estiveram presentes. Só que agora, com o silêncio complacente das policias e da justiça, os bichos estão soltos e cada um que queira, pode expressar seus desejos adormecidos. Atacar nas redes sociais, fazer gestos que configuram uma arma, só reforça a ideia de que todos esses sentimentos animais já estavam dentro de cada pessoa. Eles só estão extravasando o que sentem pelo próximo. Assim são as mulheres, negros, homossexuais e tantos grupos minoritários que sempre foram desprezados pelo candidato da direita e que agora vão às ruas pedindo para que votem nele.


Essa eleição será a disputa de um projeto de desenvolvimento e a retomada dos programas sociais para as pessoas de baixa renda e o daqueles que, sem projeto se escoram nos bichos escrotos que vivem dentro de cada um deles.




Polícia Federal desmonta versão de que atentado a Bolsonaro seria ‘trama política’

Settembre 23, 2018 18:36, by Unknown

Um dos pontos principais da trama foi identificada, por analistas políticos independentes, nas publicações de diários identificados com o segmento mais extremista das forças conservadoras, entre eles O Antagonista e O Estado de S.Paulo.

 

Por Redação – de São Paulo

 

As investigações sobre o suposto ataque a faca, de autoria do suspeito Adélio Bispo de Oliveira contra o candidato neofascista Jair Bolsonaro (PSL), tem servido, até agora, com uma barreira contra o possível uso político do ato denunciado.

Adelio Bispo, suspeito de um provável atentado contra Jair Bolsonaro, sofreria de graves problemas emocionaisAdelio Bispo, suspeito de um provável atentado contra Jair Bolsonaro, sofreria de graves problemas emocionais

Forças da extrema-direita estariam tentando criar uma farsa, às vésperas do segundo turno das eleições, com vistas a favorecer o representante do segmento político. O objetivo seria levantar uma “trama política”; com o objetivo principal de atingir o PT, a exemplo de outros eventos ocorridos, ao longo das últimas campanhas eleitorais.

Um dos pontos principais da trama foi identificada, por analistas políticos independentes, nas publicações de diários identificados com o segmento mais extremista das forças conservadoras, entre eles O Antagonista e o Estado de S.Paulo. Ambos alimentam a versão de que haveria uma série de “depósitos suspeitos” na conta bancária de Adélio. Entre eles um “cartão internacional”. A investigação policial, no entanto, desfez a suspeita infundada.

Cartão internacional

O “dinheiro suspeito”, boato que pretendia lançar a ideia de que alguma organização política de esquerda do país estaria patrocinando Adélio, segundo a investigação, tem “origem sustentável”. Trata-se de uma rescisão trabalhista por um emprego em Santa Catarina, e remuneração pelo trabalho de garçom, pelo qual recebia cerca de R$ 70 por dia, segundo apurou o inquérito policial.

Já o “cartão internacional”, que teria como objetivo criar uma história de uma ação da “esquerda mundial” contra Bolsonaro, na realidade, segundo apurou a PF, nunca foi utilizado. O cartão foi emitido, automaticamente pelo banco, em uma conta-salário de outra empresa em que ele trabalhou.

Adélio teria tentado assassinar Bolsonaro em Juiz de Fora (MG), no último dia 6. Trata-se, porém, de uma pessoa com graves problemas emocionais.



PF vai empurrar até o dia da eleição o inquérito da facada em Bolsonaro. Aí tem?

Settembre 21, 2018 12:46, by Unknown

A pedido da Polícia Federal, a Justiça concedeu no fim da tarde desta quinta-feira a prorrogação por mais 15 dias do inquérito que investiga a facada em Jair Bolsonaro, candidato à Presidência da República pelo PSL. Isso significa que o resultado das investigações sairá no dia 05 de outubro, uma sexta-feira, antevéspera das eleições, marcadas para o dia 7 de outubro.

Segundo reportagem do G1, de acordo com o delegado Regional de Combate ao Crime Organizado de Minas Gerais, Rodrigo Morais, perícias ainda estão sendo feitas no material que foi apreendido em posse do agressor confesso Adélio Bispo de Oliveira – um notebook, quatro aparelhos celulares e documentos, além de computadores.

É inevitável associar esse pedido de adiamento a dois fatos históricos e trágicos: o suposto ataque ao jornalista Carlos Lacerda na rua Tonelero, no Rio de Janeiro, que culminou no suicídio de Getúlio Vargas em abril de 1954, e a cobertura da mídia dada ao sequestro do empresário Abílio Diniz, às vésperas da eleição presidencial de 1989 – segundo a qual teria sido encontrado material de propaganda política do PT com os sequestradores.

O agressor de Bolsonaro, Adelio Bispo de Oliveira, foi indiciado pela PF pelo crime de “atentado pessoal por inconformismo político” com base no artigo 20 da Lei de Segurança Nacional.

Bolsonaro está internado desde o dia 7 de setembro. Nesta quinta-feira (20) ele estava com febre de 37,7 °C e foi submetido a uma drenagem após exame de tomografia indicar a presença de líquido ao lado do intestino, segundo boletim médico do Hospital Israelita Albert Einstein.

O post PF vai empurrar até o dia da eleição o inquérito da facada em Bolsonaro. Aí tem? apareceu primeiro em Nocaute.



Notícias

News

La mia Rete