Ir para o conteúdo
ou

Quero Me Ver Na TV

Em Defesa da Diversidade Cultural com Produção Local e Independente

Apoiam a Campanha

 Voltar a REPERCUSSÃO
Tela cheia Sugerir um artigo

Blog do deputado Jorge Bittar/ Pela regionalização democrática da produção de rádio e TV

16 de Agosto de 2013, 12:46 , por Christiane Peres - 0sem comentários ainda | No one following this article yet.
Visualizado 662 vezes

Participei na terça-feira (6/8), no Salão Verde da Câmara, de um evento pela regionalização dos conteúdos de rádio e TV aberta, que reuniu parlamentares e representantes da sociedade civil.

O encontro foi, também, um protesto contra a aprovação, pela Comissão Especial Mista de Consolidação da Legislação Federal e Regulamentação de Dispositivos da Constituição Federal (CMCLF) do Senado, de um Projeto de Lei sobre o tema. O texto do senador Romero Jucá (PMDB/RR) – precedido de sub-relatório do deputado federal Sérgio Zveiter (PSD/RJ) – apresenta uma proposta de regulamentação do artigo 221 da Constituição Federal que é um enorme retrocesso.

Além de ter sido aprovado a toque de caixa e sem debate, o PL 5992/2013 tem pontos inaceitáveis como a redução do tempo de programação regional; pronunciamentos em rede nacional e propaganda eleitoral para cumprimento da cota e exclusão da obrigatoriedade de contratação da produção independente.

“Estou trabalhando na elaboração de um substitutivo que garanta uma regionalização plural da produção de rádio e TV aberta que, de fato, represente a diversidade cultural do país. Fiz o mesmo como relator da Lei 12.485/2011, a chamada Lei da TV por Assinatura, que marcou uma nova era para o setor audiovisual brasileiro, ao definir cotas de exibição de conteúdo nacional e abrindo o mercado para os nossos profissionais”, declarou Bittar.

Fonte: Site do deputado Jorge Bittar 


Tags deste artigo: quero me ver na tv pl 5992/2013 regionalização comissão de cultura jorge bittar democratização da comunicação

0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos realçados são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.