Ir para o conteúdo

Software Livre

Voltar a Blog
Tela cheia Sugerir um artigo

Você pode ajudar um projeto de Software Livre fazendo traduções

22 de Janeiro de 2018, 13:20 , por Feed RSS do(a) PSL-Brasil - | No one following this article yet.
Visualizado 43 vezes

Bandeiras eua br

Projetos de Softwares Livre que pretendem receber contribuições de pessoas de qualquer lugar do mundo adotam o inglês como língua padrão, por isso é comum ver os sites, os manuais, as trocas de mensagens entre seus contribuidores e os softwares originais em si, utilizando a língua universal. Os desenvolvedores de softwares livres já estão acostumados com esse ambiente internacional mas quando pensamos nos usuários, o uso de um software livre em inglês pode dificultar bastante a sua adoção, especialmente aqui no Brasil.

Para facilitar a utilização de softwares livres internacionais por usuários que tem dificuldades para ler em inglês é extremamente importante o trabalho de tradução realizado pelas comunidades. A tradução, também chamada de localização, é feita por pessoas que dedicam parte do seu tempo para converter os textos do inglês (en) para a língua do seu país. Como não poderia ser diferente, no Brasil existem várias comunidades que fazem as traduções para o português brasileiro (pt-br).

Em 2017 palestrei em alguns eventos mostrando como qualquer pessoa pode contribuir para o Projeto Debian de várias outras formas que não envolvem conhecimento técnico como empacotamento. Tem um vídeo disponível dessa palestra na Campus Party Brasília 2017 e um arquivo dessa apresentação. Decidi escrever esse texto para encorajar aquelas pessoas que gostariam de contribuir para um projeto de Software Livre internacional mas que não envolva o desenvolvimento de código. Se você é uma dessas pessoas, você pode ajudar com as traduções, para isso basta ter um conhecimento mínimo em inglês, uma vontade de trabalhar coletivamente e um espírito de colaboração. Os projetos de Software Livre precisam basicamente traduzir/localizar os seguintes itens:

  • O software propriamente dito;
  • O site oficial;
  • Manuais/tutoriais oficiais.

Uma terminologia importante para as equipes de tradução é a seguinte (crédito do Adriano Rafael Gomes):

  • I18N (internationalization): internacionalização é a modificação de um programa para que ele possa lidar com os múltiplos idiomas e culturas do mundo todo.
  • L10N (localization): localização é a implementação de um idioma específico para um programa já internacionalizada. Leia mais aqui.

Em todos os projetos você pode assumir dois papeis:

  • Tradutor: aquele que vai iniciar uma tradução do zero;
  • Revisor: aquele que revisar a tradução realizada por um tradutor e eventualmente propor correções.

Se você é um iniciante, algumas pessoas recomendam começar fazendo apenas revisões porque é mais fácil. Nas equipes de tradução também existem papeis que ajudam na organização interna, então alguém mais experiente com todo o processo pode assumir o papel de Coordenador para gerenciar os trabalhos.

Espero que esse texto te incentive a começar a contribuir com pelo menos um dos projetos que irei listar a seguir.

Debian

Dos projetos que citados aqui, o Debian é o que eu tenho mais conhecimento porque contribuo com a tradução do site (menos que eu gostaria). O time de tradução do Debian para o Brasil é conhecido como: debian-l10n-portuguese.

Para ajudar o time de tradução o primeiro passo é se inscrever na lista de discussão debian-l10n-portuguese porque é lá que você poderá obter ajuda com os outros tradutores. O próximo passo é ler wiki do time para ter todas as informações necessárias para começar.

Dos itens que você pode traduzir do projeto Debian, dá para destacar as descrições de pacotes e as páginas web. Para traduzir as descrições dos pacotes é utilizada uma ferramenta web própria do Debian chamada DDTSS (Debian Distributed Translation Server Satellite). Já a tradução das páginas web envolve a troca de mensagens na lista de discussão que no início pode parecer um pouco complicada porque envolve pseudo-urls mas depois fica muito mais fácil de entender.

O Adriano Rafael Gomes fez uma palestra no FISL16 explicando o trabalho da equipe de tradução. Vídeo e slides.

Estatísticas:

Existem várias estatísticas que mostram o quanto ainda precisa ser traduzido ou revisado.

Página com status das traduções em andamento.

Contatos:

GNU

O site gnu.org é a principal porta de entrada para quem quer saber mais sobre Software Livre. Lá está todo a história do Projeto GNU, do Movimento Software Livre, das licenças, etc. Nesse site também é publicados os textos escritos pelo Richard Stallman onde ele dá a sua opinião sobre temas diversos.

Quando o Stallman esteve no Brasil em junho do ano passado conversamos sobre a onda de hackathons que estavam acontecendo pelo país, e ele ficou de escrever um texto explicando porque era importante que os trabalhos produzidos fossem liberados sobre uma licença livre. E em setembro o Stallman publicou o texto Why hackathons should insist on Free Software. Sugeri que a Adriana Costa fizesse a tradução desse texto como forma de contribuir para o projeto GNU e também para aprender a dinâmica da equipe de tradução do site. Em novembro a tradução foi publica em: Por que os hackathons devem insistir em Software Livre.

O time de tradução para o português do Brasil do site do projeto GNU, também chamado de www-pt-br utiliza a lista de discussão www-pt-br-general para trocar informações, então é imprescindível que você se inscreve nela. Você também deve criar um usuário na ferramenta savannah que é utilizado para gerenciar as traduções e revisões. O  savannah é um servidor de hospedagem disponível para projetos de software livre do GNU e não-GNU.

Para entender melhor a dinâmica do time e começar a contribuir, acesse a página do time e leia especialmente a parte de documentação.

Estatísticas:

No final do ano passado o Rafael Fontenelle (que assumiu a função de Coordenador da equipe brasileira de tradução em novembro) publicou uma mensagem informando que o foi alcançado 19% da tradução das páginas do projeto GNU web. Veja o quando ainda precisa ser traduzido e revisado no link: https://www.gnu.org/software/gnun/reports/report-pt-br.html

WordPress

Wordpress brasil

A comunidade WordPress realizada periodicamente um evento chamado WordPress Translation Day para que pessoas no mundo todo possam contribuir com tradução durante um dia. A última edição aconteceu em 30 de setembro de 2017 e como o pessoal de Curitiba fez um encontro para fazer as traduções, fui conhecer a dinâmica, mas infelizmente fiquei pouco tempo e não pude contribuir muito.

A ferramenta usada para tradução é GlotPress que fica acessível no sistema oficial de tradução do WordPress. Lá você deverá criar o seu usuário e após fazer o login escolher qual time (locale) você irá ajudar, no nosso caso Português do Brasil. Depois é só escolher o que você quer traduzir: WordPress, Themes, Plugins, Meta ou Apps.

A Sheila Gomes publicou um tutorial bastante detalhado ensinando a fazer a tradução. Ela também tem os slides de apresentações realizadas sobre esse tema.

Diferente de outros projetos de Software Livre que utilizam lista de discussão, a comunidade WordPress usa um grupo do Slack para comunicação.

Gnome

Gnome brasil

Ano passado gravamos um episódio do podcast Papo Livre com o Georges Stavracas (a.k.a feaneron) - colaborador do projeto GNOME, que comentou um pouco sobre o trabalho do time de tradução.

A equipe utiliza a ferramenta Mentiras Cabeludas (Damned Lies) para gerenciar as traduções do GNOME.

Na página do time brasileiro é possível encontrar todas as informações necessárias para contribuir e também é importante se inscrever na lista de discussão gnome-pt_br-list para entrar em contato com os tradutores.

KDE

Texto retirado do site da comunidade KDE Brasil:

O KDE usa uma ferramenta personalizada chamada Lokalize para fazer a tradução dos seus arquivos GUI e DOC. Para entender um pouco melhor sobre como funciona esse processo de tradução você pode visitar a página The Translation HowTo.

Se você deseja se tornar um membro do time de tradução do KDE Brasil, basta entrar em contato com a nossa equipe através da lista de discussão kde-i18n-pt_br

Na página principal do nosso projeto de tradução, você também poderá encontrar tutoriais e um FAQ com dicas sobre como configurar um ambiente de tradução no seu computador e começar a colaborar com o KDE.

LibreOffice

Não achei muitas informações sobre como contribuir com a tradução do LibreOffice. Na página da comunidade LibreOffice Brasil tem uma relação de listas de discussão, e entre elas está a lista de documentação (produção e tradução). No site diz:

Pelo que descobri, a ferramenta usada para a tradução se chama Pootle.

Existem muitos outros projetos de Software Livre que também precisam de ajuda. Agora é só escolher um projeto e coloca a mão na massa!


Fonte: http://softwarelivre.org/portal/noticias/voce-pode-ajudar-um-projeto-de-software-livre-fazendo-traducoes