Ir para o conteúdo

Software Livre

Tela cheia Sugerir um artigo

Blog

3 de Abril de 2011, 21:00 , por Desconhecido - | 1 person following this article.

Software Livre em séries de TV no Brasil

6 de Maio de 2019, 9:33, por Feed RSS do(a) PSL-Brasil

Venho utilizando Softwares Livres, sistema GNU/LINUX e o Blender para criação de motion design em séries de TV do Brasil. A primeira fora lançada ainda em 2017, e outras estão acontecendo neste ano 2019.

As séries “Minha Rua”, veiculada no canal Futura; “Sob Traçantes”, veiculada no Futura Play; são duas séries que já foram ao ar e têm o Blender em parte de sua produção. Estão sendo produzidas mais duas séries para o lançamento este ano: “Futuro em movimento” e “Quem mandou me convidar?”

Na série “Minha Rua”, utilizei o Blender para a Abertura, Créditos finais, e para motion traking afim de esconder marcas e placas nas filmagens de rua.

[imagens]:

https://drive.google.com/drive/folders/1G11kDACL9sJ4pRnYaEx1pg8OIIh1ON67?usp=sharing

A série pode ser assistida no Futura Play :http://www.futuraplay.org/serie/minha-rua/

Na série “Sob Traçantes” utilizei o Blender para a criação da abertura, créditos finais, e todos os “lower thirds”.

[ imagens ]:

https://drive.google.com/drive/folders/1G11kDACL9sJ4pRnYaEx1pg8OIIh1ON67?usp=sharing

Você pode assistir a série no Futura Play : http://www.futuraplay.org/serie/sob-tracantes/

Nas séries “Minha Rua” e “Sob Traçantes” trabalhei desde o conceito até o motion; e nas próximas séries, os créditos do conceito de design, arte são de Camila Campos para a série “Futuro em Movimento”, e de “Paulo Mariotti”, também como concept designer e ilustrador, para a série “Quem mandou me convidar”. Nestes próximos lançamentos estou trabalhando nas abertura, Créditos finais e lower thirds. Infelizmente não posso revelar imagens até que as séries estejam publicadas nos canais.

Para finalizar, e para sanar as possíveis dúvidas de qual "sabor" do Gnu/Linux eu Utilizo... : Ubuntu Studio( por todos os pacotes e o kernel ), Elementary( pela extrema elegância ), e o Debian ( pela paixão ).



Lançamento da apostila de Python da Caelum totalmente aberta e com código executável

6 de Maio de 2019, 9:33, por Feed RSS do(a) PSL-Brasil

A Caelum, escola de tecnologia e inovação, acaba de disponibilizar o material completo usado em seus cursos de python, uma apostila de python com código executável. É também uma base do material que é utilizado no braço online da empresa, a Alura.com.br, que também possui cursos de Python e Data Science.

A empresa nasceu dentro do IME-USP e participou do CCSL em diversos momentos. 



Florianópolis: LaKademy, De Quinta-feira, 11 de Outubro de 2018 às 00h00 até Domingo, 14 de Outubro de 2018 às 23h59.

7 de Setembro de 2018, 13:55, por Feed RSS do(a) PSL-Brasil

O LaKademy ‒ abreviação para Latin-America Akademy ‒ é o encontro dos usuários e colaboradores latino-americanos do KDE, uma das maiores comunidades de software livre do mundo.

A região é de grande importância para o projeto pois conta com uma grande comunidade de desenvolvedores e usuários, bem como diversas empresas e instituições governamentais que utilizam, desenvolvem, e adotam políticas para o software livre ‒ muitos deles utilizando os softwares desenvolvidos pelo KDE.

O principal objetivo do LaKademy é realizar o encontro presencial desta comunidade de usuários e colaboradores, possibilitando a troca de ideias sobre projetos e iniciativas entre os diferentes membros, viabilizando discussões sobre o futuro do KDE, e planejando futuras ações para o KDE na América Latina, além de apresentar o projeto para novos e potenciais colaboradores.

Para tanto, o LaKademy é composto de atividades como palestras sobre os principais tópicos relativos ao KDE, sessões de hacking pra você aprender como colaborar com código-fonte, tradução, arte gráfica e promoção, além de reuniões sobre temas específicos e happy hours.

O LaKademy 2018 será a 6ª edição do evento, seguindo as realizadas em Porto Alegre (2012), São Paulo (2014), Salvador (2015), Rio de Janeiro (2016) e Belo Horizonte (2017).



Roadsec 2018 | Porto Alegre

31 de Julho de 2018, 13:12, por Feed RSS do(a) PSL-Brasil

 Bem-vindo ao Roadsec 2018 \ o /

O Roadsec é o maior evento sobre hacking, segurança e tecnologia do continente, levando a diversas cidades brasileiras uma mistura única de conhecimento, atividades, campeonatos, diversão e networking. Em 2018 o evento completo 5 anos de estrada , com mais de 40 edições realizadas por quais passaram mais de 30.000 participantes de todas as regiões do Brasil.

E pra comemorar 5 anos de história 2018 vai ser recheado de novidades: novos lugares para universidades, praças de lazer, crescimento de público, duas trilhas de conteúdo simultâneas, oficinas repaginadas, uma nova loja oficial! Mas, com o clima único de comunidade que só o Roadsec tem, além de todos os olhos voltados pro Hackaflag , um dos maiores campeões presenciais de invasão de sistemas do planeta!

Veja uma programação completa em: roadsec.com.br/portoalegre2018/

Keynote speaker confirmado: Joaquim Espinhara

Joaquim Espinhara é só um cara que gosta de computadores e (in)segurança. Durante o dia, é Principal Security Researcher na Threat Intelligence Pty, fazendo incontáveis testes de invasão em redes, aplicações e aplicações web e revisão de códigos com foco em segurança para várias organizações ao redor do mundo, incluindo governos, bancos, varejo etc. Também atua como Chief Hacking Officer no Bitwise Labs, um grupo de pesquisa em segurança focado em pesquisa de vulnerabilidades e desenvolvimento de exploits. Por último, mas não menos importante, é um jogador de CTF do time TheGoonies. Finalmente, como um palestrante "profissional", palestras recentes incluem Infiltrate, H2HC, YSTS, Confidence, Black Hat USA, Black Hat Brazil Summit, HITB Kuala Lumpur, HITB Amsterdam, Roadsec, Ruxmon, Ruxcon, Turbo Talks, Silver Bullet, Secure Brasil e outras.



Marcado pela resistência, FISL18 reúne mais de 1,5 mil participantes

14 de Julho de 2018, 21:37, por Feed RSS do(a) PSL-Brasil

42686830814 c1f0a411be z
Terminou neste sábado, às 20 horas, o FISL 18 - Fórum Internacional Software Livre -, um dos mais importantes eventos de tecnologias livres da América Latina.

Realizado em Porto Alegre desde o ano 2000, o FISL reuniu nesta edição um público de mais de 1.565 pessoas e 45 caravanas, todas ligadas à tecnologia e suas aplicações. Foram 334 palestras, desde aspectos técnicos de desenvolvimento e programação de software livre, até medicina 4.0, passando por segurança na internet, preservação de dados pessoais, privacidade e vários outros temas.


O Coordenador da ASL - Associação Software Livre, Sady Jacques, destaca que o FISL18 a excelência do evento apesar das dificuldades.

“Dado o cenário, principalmente da crise economia, ficou muito difícil fazer o FISL que fazíamos antes. No entanto, fizemos este FISL fruto da participação e compreensão de uma série de pessoas e instituições parceiras locais e de fora de Porto Alegre e até fora do Brasil”, destaca Jacques.


A ASL, juntamente com o PSL - Projeto Software Livre Brasil -, é responsável pela organização e realização do FISL. A partir de agora, já inicia a preparação para o FISL19, que ocorrerá de 10 a 13 de julho de 2019.

Números do FISL18

Palestras: 334
Palestrantes: 302
Horas de palestras: 398
Participantes: 1565 (5 países e 17 estados brasileiros)
Expositores: 72

Percentual de participantes por gênero
19% Feminino
81% Masculino

Horas de palestras gravadas e transmitidas: 180 horas