Ir para o conteúdo

Software Livre

Tela cheia Sugerir um artigo

Blog

3 de Abril de 2011, 21:00 , por Desconhecido - | 1 person following this article.

10 coisas que não existiriam se não fosse o Linux

13 de Junho de 2012, 21:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Linux.

Muita gente treme só de ouvir falar no sistema operacional criado por Linus Torvalds e divulgado ao mundo a partir de 1991. Contudo, essa história de que “Linux é difícil de usar” tem ficado dia a dia mais para trás, vide distribuições cada vez mais funcionais e amigáveis para o usuário final como Fedora e Ubuntu.

Contudo, o sistema operacional livre mais usado no mundo não corresponde apenas às várias distribuições que milhões de pessoas usam ao redor do globo terrestre. Ele está em lugares que você, provavelmente, nem imagina, comprovando toda sua robustez e versatilidade.

Ele é usado em diversas funções diferentes e o Tecmundo lista agora dez coisas que provavelmente não existiriam se não fosse o Linux.

Grandes servidores

Serviços que você utiliza todos os dias, como Google e Facebook têm Linux rodando em seus servidores para armazenar muito conteúdo. Todos os serviços de web da Google, como Docs, Agenda e Calendário, ficam hospedados em máquinas com o sistema operacional do pinguim.

Sistemas de controle de tráfego aéreo

Para que as pessoas viajem em segurança de uma parte a outra do mundo, há a necessidade de controle de tráfego aéreo. A maioria das máquinas operadas pelos controladores de voo usa Linux para garantir que o avião que carrega você de um ponto a outro decole e pouse em segurança.

Sistemas de alta tecnologia para controle de tráfego

Segundo o site LinuxforDevices.com, a cidade de San Francisco, uma das mais populosas dos Estados Unidos, usa um sistema de alta tecnologia para controle de tráfego terrestre. O município tem um trânsito caótico e é com Linux rodando em seus computadores que a prefeitura local pretende reduzir esse problema.

Android

Android também é Linux.

O Android é o sistema operacional desenvolvido pela Google para dispositivos portáteis. Ele é um dos mais usados do gênero e cada vez mais novos aparelhos de grandes fabricantes são lançados com ele instalado. Pois se você ainda não sabia, agora é a hora: Android é desenvolvido tendo como base o Linux.

Trem de alta velocidade japonês

Outra ajuda que o Linux dá ao mundo dos transportes é funcionando nos computadores que operam o sistema de trens de alta velocidade no Japão. Sempre que nessas enormes e velozes máquinas de ferro embarcam passageiros e eles partem rumo ao seu destino, é o sistema criado por Linus Torvalds demonstrando a sua versatilidade.

Bolsa de Nova York

A Bolsa de Valores de Nova York também usa Linux. Desde 2007, o local que é o ponto nevrálgico do sistema financeiro estadunidense optou por instalar o sistema livre em suas máquinas. Os motivos são simples e claros: redução de custos (afinal, Linux é de graça e não se paga licença) e aumento de flexibilidade (não à toa o sistema é chamado de “livre”).

Supercomputadores

Outra informação recorrente no mundo do software livre é a preferência de desenvolvedores de supercomputadores pelo Linux. Estimativas apontam para cerca de 90% das supermáquinas existentes hoje rodando alguma variação de Linux. A explicação talvez seja a mais óbvia: o sistema livre é gratuito e flexível.

Carros inteligentes da Toyota

Recentemente, de acordo com o site LinuxInsider, a Toyota aderiu à Linux Foundation, a fundação criada em 2007 e que é responsável pela colaboração para aprimoramento do sistema. A justificativa, segundo o gerente geral de projetos da empresa Kenichi Murata, foi o fato de o sistema Linux possuir “a flexibilidade e a maturidade tecnológica” de que eles precisam para desenvolver veículos inteligentes.

Acelerador de partícula

A Cern, Organização Europeia para a Investigação Nuclear, maior laboratório de física de partículas do mundo e referência global no assunto, faz uso do sistema em suas pesquisas relacionadas a partículas de energia. O famoso acelerador de partículas do laboratório funciona com Linux.

Submarinos nucleares

A Lockheed Martin, maior produtora de produtos aeroespaciais para fins militares do mundo, apresentou, em 2004, a linha de submarinos nucleares BAEs Astute-class. O sistema central dessas máquinas subaquáticas possui a distribuição de Linux Red Hat instalada.

. . . . .

Se você ainda procurava motivos para se tornar fã de software livre e do Linux, um dos maiores expoentes desse campo da tecnologia, aí estão mais dez.

Fonte: http://goo.gl/bJsGX



FLISOL 2012, Santos - Quase nao rolou...

13 de Junho de 2012, 21:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

FLISOL 2012 Santos

Cheguei ate a pensar que não teriamos o FLISOL Santos neste ano, pois apesar de muito trabalho e esforco do Paulo Kretcheu, Fernanda, Infog, Coragem, Guarini, Wallace, Gustavo, e demais participantes do Grupo de Compartilhamento do Conhecimento - Santos Dummont (com sede na baixada paulista), aconteceram imprevistos durante a ultima semana que antecedia o evento, motivo este nao pretendo entrar em detalhes aqui, limitando a comentar basicamente como que foi evento, na qual tive a grata oportunidade de participar e contribuir.

Sendo assim, vamos ao evento e algumas fotos.

Evento realizado dentro da Estacao Cidadania na Av Ana Costa, em Santos, um lugar maravilhoso repleto de charme e historia onde eh realizado um serie de atividades culturais para a sociedade durante a semana.

Devido a mudanca de endereco do evento ter sido de ultima hora e por motivos alheios ao controle e contra a vontade dos organizadores, o evento foi realizado com um numero reduzido de participantes, em contrapartida, todos que puderam participar tenho certeza de que se sentiram confortaveis e parte integrante do evento, dado que as palestras e debates eram feitos de maneira bem informal e descontraida, convidando a todos a participarem e contribuirem com suas respectivas opinioes.

Cheguei cedo, pois como era a primeira vez que o projeto openSUSE participava do FLISOL Santos, entao sabia que seria um longo dia para um embaixador openSUSE, dado o fato de que aproximadamente 90% dos participantes, ou nunca tinham tido a oportunidade de conhecer o projeto, ou nao sabiam como que andava o projeto nos dias atuais, entao fui cedo e consegui um espaco ate que bacaninha para preparar o territorio.

 Dentre as atividades planejadas tivemos pela manha a palestra do Paulo Kretcheu, abordando a importancia do software livre e de padroes abertos em ferramentas de escritorio, muito boa palestra por sinal, e que serviu perfeitamente de base e apoio para a segunda parte do periodo da manha, onde evoluimos para temas e assuntos referentes a edicao de imagem e video utilizando software livre bem como a maior penetracao da comunidade de software livre dentro de areas do conhecimento que nao a tecnologia. Aproveitei para comentar e apresentar o Protocolo de Brasilia, que tem como principal objetivo, permitir que a troca de documentos eletrônicos de escritório (textos, planilhas e apresentações) possa ser feita sem a necessidade de que todos os envolvidos possuam o mesmo programa de computador.

Apos o almoco, tivemos uma otima palestra com o Álvaro Justen – Turicas, sobre hardware livre e as funcionalidades e potenciais envolvendo a plataforma Arduino. Foi fantastico ver tamanha simplicidade para desenvolvermos ambientes realmente inteligentes, como por exemplo, acender ou apagar as luzes conforme e deteccao da presenca de alguem no ambiente, ou ainda a flexibilidade de acender ou apagar esta mesma luz, ou um led atraves de uma simples mensagem no Twitter.

"Ele fez um exemplo que fica esperando tweets para poder acender ou apagar um LED. Quem me acompanha pelo Twitter deve ter visto uns tweets estranhos dizendo “lâmpada on @CursoDeArduino” e “lanpada off @CursoDeArduino”. E o mais legal é que alguns segundos após meu tweet, lá estava o LED aceso ou apagado! Fiquei imaginando as possibilidades: “cafeteria on” heheheh." by InFog

Para o fechamento do FLISOL 2012 - Santos, tive a oportunidade de falar e apresentar sobre o projeto openSUSE, uma rapida demonstracao do OBS e fechando com uma demonstracao do SUSE Studio tambem, distribuindo ao final aproximadamente 30 midias de DVD do openSUSE 12.1, adesivos e stickers de computador.

 

Apresentacoes:

Introducao ao openSUSE

OBS em 10 minutos 

Fotos 

 

Referencias:

InFog, Kretcheu Video Blog, Forum da Cidadania,



Ao vivo: Governador do RS Tarso Genro recebe Richard Stallman

3 de Junho de 2012, 21:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda



Estratégias de comunicação

1 de Junho de 2012, 21:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

O portal Software Livre "aconteceu" como um recurso comunitário, é um grande recurso de comunicação da comunidade SL, ponto de encontro e referência, e muita gente já percebeu esse potencial.

Diariamente são dezenas de solicitações de publicações de artigos, e um grupo não tão pequeno de administradores decide, meio instintivamente, o que é aceito ou não, geralmente rejeitando apenas o que é evidentemente spam.

O que deve e o que não deve ser aceito para publicação no portal? Quais notícias merecem destaque? Empresas podem publicar lançamentos no portal? Pensaremos em explorá-lo comercialmente? O que faríamos com os recursos obtidos?

Está na hora de começar a conversar sobre o que queremos deste portal, e todos os interessados estão convidados a opinar, se envolver, e dar ao portal o valor que ele merece.