Ir para o conteúdo

News

Voltar a Comunidades
Tela cheia Sugerir um artigo

Dados “meio” abertos – sobre o uso e reuso dos dados governamentais brasileiros

21 de Outubro de 2013, 11:54 , por Desconhecido - 0sem comentários ainda | No one following this article yet.
Visualizado 1141 vezes

15-06-2013_okfnAs leis têm de ser continuamente atualizadas para acompanhar as mudanças tecnológicas e as situações resultantes que não eram previstas anteriormente.

Um caso exemplar foi a proliferação do acesso à Internet, seguida da promulgação da Lei de Acesso à Informação (LAI) e de sua regulamentação.  Ambos foram passos importantes na caminhada rumo a um governo brasileiro mais transparente.  

Recentemente foi dado mais um passo tecnológico significativo, quando o governo federal estabeleceu o Portal Brasileiro de Dados Abertos, facilitando a abertura técnica de dados de transporte, ambientais, meteorológicos, estatísticos, financeiros, científicos, culturais e geo-espaciais.  

Agora faz-se necessário um passo legislativo que acompanhe tal esforço, dando amparo para a abertura legal no uso e reúso desses dados.  Somente assim teremos alcançado abertura plena.  

A Infraestrutura Nacional de Dados Abertos (INDA) permanece equilibrada em ambas sustentações técnica e legal.

Para esclarecer e ilustrar que tipos de dados são considerados, a Open Knowledge Foundation (OKF) identificou os seguintes exemplos em um censo mundial (relação não exaustiva):

  • mapas e limites político-administrativos

  • orçamento e gastos do governo

  • texto de leis e decretos

  • estatísticas econômicas e demográficas

  • banco de dados de CEP

  • horários e itinerários de transportes públicos

  • resultados das eleições

  • ocorrências policiais

  • dados da educação pública

  • ocorrências de trânsito

  • estatísticas de saúde

  • qualidade da água e do ar

  • contratos de aquisição

  • alvarás de construção

  • tarifas de serviços públicos

Dados governamentais como esses podem ser classificados como ostensivos ou sigilosos, com base na possibilidade ou impossibilidade do acesso ser franqueado ao público externo. O estudo completo você encontra no site da Open Knowledge Foundation Brasil.

Com informações da Open Knowledge Foundation Brasil.


Fonte: http://blogoosfero.cc/espiritolivre/blog/dados-%E2%80%9Cmeio%E2%80%9D-abertos-%E2%80%93-sobre-o-uso-e-reuso-dos-dados-governamentais-brasileiros

0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos realçados são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar

    Notícias

    News

    Minha rede