Ir para o conteúdo

News

Voltar a Sociedade
Tela cheia Sugerir um artigo

A dona do restaurante, o desprezo pelos pobres e a culpa da Dilma

27 de Outubro de 2016, 0:00 , por carlos motta - | No one following this article yet.
Visualizado 254 vezes

 

A garçonete que usualmente me atende no restaurante onde almoço com mais frequência aqui em Serra Negra avisa que está na sua última semana de trabalho.


- O que houve? - pergunto.


- É que aqui pagam muito mal e a dona não quer nem me registrar. Disse que o movimento caiu - ela responde.


A garçonete fabrica pães caseiros e já começou a construir uma padaria/mercadinho num terreno que possui no bairro onde mora.


Continuamos a conversa. 


- Se o movimento está mais fraco agora, imagine só daqui a alguns meses, com essa recessão toda no país. Tem muita gente desempregada e mais gente vai perder o emprego - digo.


- Mas parece que ela [a dona do restaurante] não liga para os pobres. Outro dia, feriado na cidade, quando vêm muitos turistas, ela mandou colocar salsicha e batata no cardápio, dizendo que é disso que as crianças gostam. E para os adultos, perguntamos? Aí ela respondeu que eles eram pobres, que não tinha problema servir salsicha e batata.


Disse a ela que infelizmente muitos empresários pensam assim, justamente eles que nunca ganharam tanto como na última década, principalmente por causa desses "pobres" que detestam.


E perguntei:


- E o que eles fizeram com o dinheiro, investiram no seu negócio?


- Claro que não, seu Carlos. Ficaram viajando, postando fotos no Facebook. Agora estão com medo de ir à falência.


Terminamos a conversa.


Não sem antes a garçonete me dizer que, para a dona do restaurante a culpa pela queda do movimento era da Dilma.


Bingo!


(Carlos Motta)


Fonte: carlos motta

Notícias

News

Minha rede