Ir para o conteúdo

Nocaute

Voltar a Blog
Tela cheia Sugerir um artigo

Chile: Advogado que nega ditadura é convidado a se retirar de programa de TV

3 de Dezembro de 2019, 18:06 , por Nocaute - | No one following this article yet.
Visualizado 11 vezes

Enquanto no Brasil, Jair Bolsonaro homenageia em rede nacional o maior torturador que o Brasil já teve, onde seu filho fala em volta do AI-5, no Chile, a história é outra. A apresentadora do programa Bem-Vindos 13, Tonka Tomicic, simplesmente convidou Hermógenes Pérez de Arce, um advogado que sempre esteve ligado ao ditador Augusto Pinochet, a retirar-se do programa de debates que ela apresenta.

Enquanto Arce argumentava que não houve tortura durante a ditadura de Pinochet, que durou 17 anos, a apresentadora disse: “Não se pode compartilhar o espaço televisivo com uma pessoa que está negando parte da história do Chile”.

Arce levantou-se e foi embora, para alívio de todos no estúdio. Cerca de 40 mil pessoas foram torturadas durante a ditadura militar, que durou de 1973 e 1990.

Assista:

Conductora de televisión chilena cruza a un abogado que reivindica la dictadura. Esto expresa un cambio de época, sin dudas. pic.twitter.com/3Gsf8DA7xL

— Augusto Taglioni (@TaglioniAugusto) 1 de dezembro de 2019

O post Chile: Advogado que nega ditadura é convidado a se retirar de programa de TV apareceu primeiro em Nocaute.


Fonte: https://nocaute.blog.br/2019/12/03/chile-advogado-que-nega-ditadura-e-convidado-a-se-retirar-de-programa-de-tv/

Nocaute