Ir para o conteúdo

Nocaute

Voltar a Blog
Tela cheia Sugerir um artigo

Vkhutemas: a incrível usina de criação da Rússia

17 de Agosto de 2018, 11:58 , por Nocaute - | No one following this article yet.
Visualizado 19 vezes

A Vkhutemas reflete muito a riqueza desse período da história russa, final do século 19 até 1930, que ficou conhecida como a Era de Prata. A Rússia teve uma explosão de criatividade artística espontânea em praticamente todas as áreas.

Em uma daquelas coincidências históricas bastante interessantes, na Europa, na primeira metade do século 20, houve duas escolas artísticas simultâneas. Elas funcionaram quase ao mesmo tempo. E as duas foram fechadas também quase na mesma época por regimes de força.

Uma que é mais conhecida no Brasil é a Bauhaus, do Walter Gropius da Alemanha que abriu em 1919 e o Hitler fechou em 1933. A outra que agora está sendo divulgada aqui no Brasil, porque está tendo uma exposição no Sesc Pompéia, é a Vkhutemas, da Rússia. Foi criada em Moscou em 1920. Em 1926 ela virou Vkhutein, mudou de nome. E em 1930, sob o stalinismo, ela foi fechada.

Vkhutemas é um desses acrônimos que na Rússia soviética tinha tanto. Era Vysshiye Khudojestvenno-Tekhnicheskiye Masterskiye, ou seja, mais ou menos, Escola Superior de Arte e Técnica.

Isso foi uma incrível usina de criação. Reflete muito a riqueza desse período da história da Rússia. Que é sem paralelos para a própria Rússia e não sei se tem em muitos lugares do mundo. Ficou conhecida como a Era de Prata, final do século 19 até 1930, a Rússia teve uma explosão de criatividade artística assim espontânea em praticamente todas as áreas.

Na Vkhutemas a gente vê o reflexo técnico, o reflexo artístico disso aplicado à questão técnica. E justamente aí no começo, três anos depois da Revolução, a gente vê essas artes aplicadas à construção da nova sociedade, à construção do novo mundo. Isso como reflexo de uma época em que se achava, se sonhava que arte revolucionária e forma revolucionária deviam caminhar ao mesmo tempo. Para você construir a sociedade do amanhã, você tem que usar as formas do amanhã. E não ficar voltando e dependendo do que já existia antes.

O que é essa exposição do Vkhutemas que está em São Paulo, no Sesc Pompéia até dia 30 de setembro, então dá tempo, até se você está fora de São Paulo de se planejar para vim para cá se for o caso. Exposição com curadoria de Celso Lima e Neide Jallageas.

Eles trouxeram criações do Vkhutemas para o Brasil? Não, eles não trouxeram nenhuma peça da Rússia. Eles pegaram uns trezentos projetos dos russos e fizeram aqui, materializaram aqui. Trezentos projetos de 75 artistas das mais diversas áreas. Então lá tem umas estamparias penduradas, tem maquete, tem mobiliário.

Só para a gente falar de alguns artistas que são mais conhecidos aqui no Brasil. Por exemplo, o Malevich, o pintor líder da escola suprematista, daquele quadro chamado Quadrado Negro, tem umas porcelanas do Malevich e de seus discípulos. O cineasta Serguei Eisenstein tem cartaz de filme dele, o filme Outubro. Tem a  revista LEF, que foi editada pelo poeta Vladimir Maiakovski.

E tem até uma reprodução do maior castelo noir jamais construído, o chefão do construtivismo era o Tatlin. E o Tatlin imaginou uma torre para celebrar a Internacional Comunista. Uma torre que teria 400 metros de altura se tivesse sido construída. Aqui no Sesc essa torre é materializada com proporções um pouquinho mais modestas.

Então, toda aquela arquitetura do Sesc Pompéia que já, do seu jeito diferente, revolucionária, está ocupada por esses sonhos revolucionários da Rússia. Eu acho que talvez a gente devesse dar uma olhada para ver como isso ficou.

Mais Nocaute:

Lula é candidato à Presidência com Haddad de vice, Dodge tenta acelerar julgamento de registro de Lula.

Boulos: “Para resgatar esperança tem que botar o dedo na ferida.”

O post Vkhutemas: a incrível usina de criação da Rússia apareceu primeiro em Nocaute.


Fonte: https://nocaute.blog.br/2018/08/17/vkhutemas-a-incrivel-usina-de-criacao-da-russia/

Nocaute