Ir para o conteúdo

Organização no Local de Trabalho

Voltar a Blog
Tela cheia Sugerir um artigo

OLT e o Sindicato

10 de Janeiro de 2018, 12:58 , por Flavio Casas de Arcega - | No one following this article yet.
Visualizado 45 vezes

Em uma conversa de um grupo de algum aplicativo de mensagens instantâneas por  aí...

 

[trabalhador 1]

Clientelismo!

As pessoas não vêem o sindicato como sendo uma instância delas, a ser disputada.

 

[trabalhador 2]

Entendo que sindicato deve nos atender sim!

Pra isso q ele existe, não?

A insatisfação se dá exatamente por ele não cumprir sua obrigação.

 

[trabalhador 1]

Errado.

O sindicato somos nós!

A nossa união, a nossa coesão, a nossa disposição para lutar é que faz o sindicato.

Se a gente não tem coesão na base, se a gente está fragmentado, se a gente não participa das assembleias, se a gente não se organiza e pauta a campanha, se a gente não vai lá em grupo bater na porta da diretoria do sindicato exigindo que se faça o que foi decidido em assembleia, não há sindicato.
Se a gente não consegue se reunir dentro da empresa, no nosso local de trabalho, para lutar contra chefias imediatas que abusam do poder e tratam nossos colegas de forma injusta, não há sindicato!

A CLT ao formatar os sindicatos, transformá-los em verdadeiras instâncias do estado, acabaram com o sentido do sindicato.

Sindicato não é um CNPJ, não é uma carta sindical, muito menos um prédio ou uma diretoria.

Sindicato é, por exemplo, isso aqui que fazemos nesse grupo. Debater e refletir sobre nossas condições de trabalho e como podemos nos organizar para mudar a nossa realidade, tanto como categoria, quanto como classe.

Trabalhadores unidos fazem o sindicato. A entidade, a diretoria, são apenas percepções superficiais da realidade...