Ir para o conteúdo
ou

Thin logo

 Voltar a JILS | Juliana Souza
Tela cheia

Curso Promotoras Legais Populares de Curitiba

28 de Março de 2014, 8:00 , por Desconhecido - 0sem comentários ainda | No one following this article yet.
Visualizado 338 vezes
Estão abertas as inscrições para a 3ª turma do curso "Promotoras Legais Populares de Curitiba e Região Metropolitana". O curso começa no próximo dia 05 de maio, com 60 vagas voltadas especialmente para mulheres organizadas no meio popular, nos sindicatos e em movimentos sociais.
O projeto teve início em Curitiba a partir da articulação de estudantes, militantes, sindicalistas, e tem como objetivo central a formação sobre o feminismo e os direitos das mulheres, para o fortalecimento das lutas nos diversos espaços de atuação.
O projeto Promotoras Legais Populares surgiu da necessidade de enfrentar as situações de violência, exploração, discriminação e desigualdade sofridas pelas mulheres.
É um projeto que já é construído em outros países da América Latina e em diversos estados e cidades do Brasil e está sendo realizado pela terceira vez em Curitiba. A proposta motora deste projeto são os cursos, que tem como objetivo contribuir para a igualdade de direitos e o exercício da cidadania das mulheres, possibilitando maior conhecimento sobre os direitos das mulheres e os mecanismos de sua efetivação, as lutas feministas, as leis que garantem direitos a mulher, especialmente sobre a “Lei Maria da Penha”.
O projeto busca oferecer às mulheres condições para superar as situações de discriminação e desigualdade vividas no cotidiano, formando-as para reconhecerem a ocorrência de violações e se empoderarem para enfrentar esses problemas. É um projeto que traz no seu bojo traços dos ideais de justiça, democracia e dignidade, a defesa dos direitos humanos e a construção de relações igualitárias e justas. Tem possibilitado a criação de novos espaços de união e articulação que abrem caminhos e rompem barreiras contra a discriminação e a opressão. As Promotoras Legais Populares são aquelas que podem orientar, dar um conselho e promover a função instrumental do direito na vida do dia a dia das mulheres.
Cada encontro do curso contará com facilitadoras de movimentos feministas e populares, profissionais da área do direito, da saúde, da comunicação, assistentes sociais, etc.

Quem pode participar? O curso é organizado apenas por mulheres e para mulheres do meio popular, trabalhadoras, de movimentos e organizações sociais e sindicais e de comunidades tradicionais, de qualquer idade.
Não há qualquer tipo de custo. 
Como se inscrever? Entregar a ficha de inscrição devidamente preenchida para uma das coordenadoras do projeto, enviá-la para o e-mail plpscuritiba@gmail.com ou deixá-la na Secretaria do Núcleo de Prática Jurídica da UFPR (NPJ) no prédio histórico da UFPR na praça Santos Andrade.
As inscrições vão até dia 21 de abril.

Vagas: Infelizmente dispomos de apenas 60 vagas. Por conta dessa limitação, as vagas serão prioritariamente destinadas a mulheres organizadas no meio popular, nos sindicatos e em movimentos sociais, público-alvo do projeto. A seleção se dará com base nos dados fornecidos na ficha de inscrição. Entraremos em contato com as selecionadas até dia 28 de abril.
Ressaltamos a todas as interessadas a importância do comprometimento com o projeto. Se você é selecionada e deixa de comparecer, está vaga poderia ser destinada a outra mulher que pode ter muita vontade e disponibilidade para participar.

Quando? Os encontros são semanais e acontecem todas as segundas-feiras das 18h30 às 21h.
Serão 21 encontros de 05 de maio a 29 de setembro.
Onde? No prédio Histórico da UFPR na praça Santos Andrade - sala 201 da psicologia 

Conteúdo:
Mulher, História e Ideologia (Apresentação do projeto / Educação Popular Feminista / A Construção dos papéis sociais da mulher e do homem na sociedade / O sistema capitalista e a divisão sexual do trabalho / A história do movimento feminista e o feminismo no Brasil: as lutas históricas das mulheres brasileiras / Mulher, mídia e representação cultural).
Para entender a sociedade (Relações Raciais / A Mulher Negra / Políticas para mulheres e mulheres na política / Laicidade do Estado e Religião)
Para entender o Direito (Os direitos da Mulher Trabalhadora / Direito à Cidade e à Moradia Digna / Direito das Famílias, da criança e do adolescente / Mulher, polícia e prisão)
Violência contra a mulher (Para entender a violência contra a Mulher / Uma conquista das Mulheres: a Lei Maria da Penha e os desafios de sua aplicação)
Saúde e sexualidade (Saúde da Mulher / Sexualidade e reapropriação do corpo pela mulher / Direitos reprodutivos e aborto / Diversidade sexual)
Avaliação do curso

Att, Coordenação do Curso de Promotoras Legais Populares de Curitiba.

Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/JuJils/~3/VHZCK1l3S-s/curso-promotoras-legais-populares-de.html

0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos realçados são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.