Ir para o conteúdo

News

Voltar a Tecnologia
Tela cheia Sugerir um artigo

Computadores com Windows 8 dificultam a instalação de sistemas livres. Saiba como resolver isso!

27 de Abril de 2013, 21:00 , por Lerd - 0sem comentários ainda | No one following this article yet.
Visualizado 1372 vezes

Se você adquiriu, mesmo contra sua vontade,  ou ganhou um computador com o Windows 8 instalado, é possível que não consiga instalar nele um Sistema Operacional Livre como o Linux.

Em nome da "segurança", a Microsoft dificultou a instalação do Linux ou qualquer outro sistema operacional, incluindo as versões mais antigas do próprio Windows e  tornou praticamente impossível instalar Linux em dispositivos Windows RT, tais como Microsoft Surface RT.

Isso porque estas máquinas com Windows 8 vem com um recurso chamado Secure Boot, que só permite a execução de sistemas operacionais assinados digitalmente com uma chave reconhecida pelo fabricante do SO, que no caso das máquinas com o Windows 8 é a Microsoft, a dona da chave configurada de fábrica.

Quando usado corretamente, o "Secure Boot" deveria proteger o computador contra malwares, impedindo os computadores de carregar programas binários não autorizados durante a inicialização. Ou seja, deveria impedir que programas maliciosos e vírus entrassem em ação, evitando assim a contaminação do sistema operacional. Porém, na prática, isso significa que os computadores com o Secure-Boot instalado não permitem a inicialização de sistemas operacionais não autorizados pelo fabricante do SO original (instalado de fábrica), incluindo aí até sistemas inicialmente autorizados, mas que foram modificados pelos usuários e não foram reaprovados pela Microsoft.

Mas nessa verdadeira Guerra Fria entre sistemas proprietários fechados e Sistemas Livres e Abertos, a galera do Softwre Livre não descansa e Matthew Garret  desenvolveu o Shim (um dos softwares que permitem o boot nessas condições) e preparou uma lista das distribuições que já o suportam.

A versão de 64 bits do (K)Ubuntu 12.10 vem com uma versão mais antiga do Shim que foi assinado pela Microsoft e deve dar boot na maioria das máquinas afetadas.

A instalação do Saboyan 64-bits em máquinas com Secure-Boot ativo mostrou-se um processo trivial. O Fedora tem uma versão em desenvolvimento e o Suse tem a chave assinada pela Microsoft, mas que ainda não está disponível em todas as versões de pré-lançamento.

Nos PCs, o problema é contornável. Usuários que buscam outros sistemas operacionais certamente são capazes de desabilitar o Secure-Boot na BIOS. O problema está nos dispositivos equipados com processadores ARM (notebooks, celulares, tablets e outros dispositivos móveis) onde o Windows RT bloqueia o dispostivo permanentemente.

O que a Microsoft está fazendo é, para variar, no mínimo condenável. Seu verdadeiro objetivo é matar qualquer possibilidade de uso de um sistema operacional diferente daquele por ela produzido, não permitindo que você instale algo diferente do Windows do momento. Note-se que o recurso proibe inclusive a instalação de versões mais antigas do próprio Windows!!!

Tal exigência é a uma imposição de restrição desastrosa aos usuários de computador e à sua Liberdade de escolha e não um recurso de segurança. Só se for a segurança comercial da Microsoft!!!

Então, se você não quer ficar escravo de uma marca, de uma empresa, de um sistema operacional, as coisas mais concretas que você pode fazer são:

  • não comprar uma máquina nova que não permita que o Secure-Boot seja desabilitado na BIOS. 
  • comprar um PC, tablet, celular, notebook, etc, com Linux já instalado (no caso dos tablets e celulares com Android, Firefox OS ou Ubuntu)
  • comprar um PC, tablet, celular, notebook, etc, sem Windows 8

Fonte: Lerds em Ação

0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos realçados são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar

    Notícias

    News

    Minha rede